Voltron – Legendary Defender

voltron-poster-social-620x324

Ok… não parece ser dificil fazer bons reboots então…

 

 

Há muito tempo (1985, 1986, algo assim), numa região não tão longínqua da Zona Leste, surgiu um garoto, que após ter assistido um comercial do SBT, pediu para seu genitor, Zweist Senior, Ancião do Universo Anterior, uma fita do desenho Robotech.

Ao invés disso, eu ganhei a fita do Voltron.

Mas não foi uma perda de tempo. No fim das contas, acabei gostando pacas do desenho e até ganhei algum tempo depois o boneco da Glasslite, e nem tive que comprar os leões separados, que vinham com os humanos de merda.

voltron glasslite

Enfim.

E essa foi praticamente toda minha história com Voltron. A fita arrebentou eventualmente e o boneco acabou destruido após uma árdua batalha contra Mumm-ra.

Sei que nos EUA houveram várias continuações e tals, mas nunca me importei de correr atrás, tanto por esse tipo de caçada ser muito dificil por muito tempo, quanto porque, no fim das contas, meu interesse era Macross mesmo.

Descobri posteriormente que Voltron era a versão editada americana do anime GoLion, e na verdade os gringos tinham pedido pra Toei mandarem o anime Daltanious. Como no dialogo com o Moisés, os japoneses não entenderam e mandaram outro desenho de um robo com leões (e é de surpreender que havia mais de um?).

Daltanious, Defensor do Vasco

Daltanious, Defensor do Vasco

As continuações de Voltron variavam loucamente de qualidade, e de boa, danem-se elas.

Foi então que a Netflix e a Dreamworks anunciaram o lançamento de uma nova série, esse um reboot mesmo, mas com alguns elementos das outras séries. E da mesma forma que Yamato 2199, feito de modo a atrair novos e respeitar os velhos fãs.

Para isso foram convocados Lauren Montgomery e Joaquim dos Santos, fazedores de coisas como Avatar, Liga da Justiça Ilimitada de várias outras coisas.

Voltron_teaser

Os humanos estão na borda de seu sistema solar, e uma equipe exploratória espera encontrar em Cérberos, uma lua de Plutão, alguns micróbios para comprovar a possibilidade de vida fora da Terra. Eles acabam achando algo ligeiramente maior. Ou melhor, uma imensa nave alienigena os encontra e dá um sumiço neles. Eles acabam sendo considerados mortos.

Um ano depois, três cadetes da Academia Galática (muito arrogante da parte dos humanos que nem sairam de seu sistema solar ainda… galatica…), Lance, Pidge e Hunk, testemunham a queda de um ovni e descobrem que um dos caras que sumiram, Shiro, está ali, gritando alucinadamente sobre uma ameaça.

voltron-legendary-defender-still-1

Com a ajuda de Keith, um sujeito havia sido expulso da Academia eles resgatam Shiro dos militares e seguindo uma estranha leitura de energia, encontram o Leão Azul, que os leva até o distante, muito distante planeta Arus. Lá eles entram no Castelo dos Leões, onde despertam a princesa Allura de Altea e seu mordomo/assistente/estrategista Coran.

legendary_defender_allura_by_bluelion4-da4qnb9

Allura explica que apenas encontrando os outros Leões eles poderão formar Voltron, a única força do universo que pode derrotar Zarkon, governante do Império Galra, que governa quase todo o universo conhecido com mão de ferro há dez mil anos.

voltron-legendary-defender-still-3

Ao longo dos 13 episodios nessa primeira temporada, é possivel notar algumas coisas. Ao contrário de Macross, o desenho original se sustenta muito pouco, principalmente a mutilada versão americana, então, usando a formula de sucesso em Avatar, ou seje, misturar ação com comédia, o remake faz um bom trabalho criando uma história coerente, na maioria do tempo.

Há vários detalhes que usam elementos das séries anteriores, mas a maior mudança que percebi foi que desta vez, o cara que usa a roupa preta, Shiro, é o lider e piloto do Leão Preto (ou Leão Afro, as normas politicamente corretas atuais ainda me confundem), ao invés do cara de roupa vermelha, Keith, e o fato da princesa Allura ter um papel muito mais ativo aqui. Se bem que, na série original, ela assume o comando do Leão Azul depois da morte de Sven (o nome americano de Shiro, que inclusive não morre, claro, fica ferido e é levado para um planeta distante para se tratar, junto com o menino do Radio Flyer).

Voltron-Legendary-Defender-Trailer

De toda forma, é uma animação muito boa mesmo e com excelente potencial. A ação é extremamente bem feita e a animação em si é muito bonita, o CG dos Leões e o acetato dos personagens e cenários com uma excelente mistura. Os designs, tanto dos personagens quanto dos mechas ficou ótimo, principalmente se pensar em como foram maltratados desde a série original.

voltron-legendary-defender-still-5

Então, depois de tanto tempo, foi realmente bom rever essa parte do passado tratada de forma tão boa.

 

Zweist
27/06/2016
  • O_Comentarista

    Conhecido meu encheu o saco pra ver esse desenho, falando que tá muito bom. Mas nem dei bola.

    Agora se até o Zweist tá falando bem, o negócio deve ser bom mesmo.

  • Estaria Hollywood aprendendo a fazer reboots? Já era hora, a anos eles vivem só de fazer isso.

    • Anubis_Necromancer

      Espero que com isso, o filme live action de Voltron saia finalmente do papel.

    • O Impronunciável Zweist

      Ai que está a pegadinha. Até agora os feitos para cinema não deram certo, nem os de quadrinhos.

  • [Better Call Harvey]

    Eu vi no catálogo mas não tive coragem de assistir.

    Principalmente porque assisti a 1ª temporada e Knigths of Sidão (léééshhhoOooOOoo) então fico com o pé atras em ver essas novidades :/

    Ai pra contrabalancear, reassisti a saga de York Shin e Greed Island de Hunter x Hunter e putauqepariu como issso continua bom =D

    • PCB

      Incrível como a saga das Formigas-quimeras é bad vibe em relação às anteriores.

      • [Better Call Harvey]

        Sem dúvidas!! ela é bad vibe com as anteriores e com as posteriores.

        O arco da irmã do Killua é bem tranquilo e bacana!! a Eleição Hunter segue o mesmo tom (Leório Fodolaummm) e agora essa da Viagem tmb.

        Mas mesmo assim, nessa saga tivemos o Killua monstrando o Kanmuru, o Gon dominando a Emissão e a Materialização e a luta fodolona do Netero com o Meruem

  • Anubis_Necromancer

    Me demorei novamente^^
    Bom post.

  • Bob Balburdia

    Quer dizer que é feito por um estúdio americano?
    Vou dar uma olhada.

    • Anubis_Necromancer

      Na verdade o Studio Mir é situado na Koreia so Sul…

      • Bob Balburdia

        Então por isso parece tanto um anime…

        • Anubis_Necromancer

          Eu acredito que escolheram ele por parecer mais com o traço original.

          Ou fazer esquecer a serie anterior que teve uma char desing tão escroto quanto a história…

  • Thomas, The Pink Lantern

    Então!
    Fiquei com vontade de ver esse seriado esses dias, mas fiquei com preguiça esse FdS… acho que vou dar uma chance, então

  • Pingback: xmt85c4wx5ctwxw3tcerthve56()

  • Pingback: x78bn5t37bc45rtb3x45ctbwxds()

  • Pingback: cnwy54wy54wy54wy5435te4c5t34()