Thor Ragnarok – resenha

karl-urban-as-skurge-in-thor-ragnarok

O pior melhor filme da Marvel. Ou o contrário.

Minha intenção original era ver o filme e participar do podcast, o qual espero que tenham ouvido à essa altura.

Acabou que não fiz nenhuma das duas coisas. Mas por algum acaso estranho, terminei por ver o filme no dia seguinte e pude tirar minhas conclusões.

Vou ser como o diretor e não ser muito detalhista, fazendo apenas um post corrido e com pontos básicos de entendimento. Então vou numerar, sem uma ordem exata, o que me incomodou e o que me agradou no filme.

O HUMOR 

Thor-Ragnarok-Trailer-Surtur

O filme marca a separação final do Thor dos quadrinhos com o do filme. Thor sempre foi bem humorado, mas não engraçado. O dialogo dele com Surtur no começo do filme já me causou um “ugh”, uma previsão do que estava por vir.

Já que estamos aqui, as piadinhas inadequadas e fora de hora continuam, em grau menos intenso, mas ainda um tanto incomodas.

 

OS PERSONAGENS

skurge-thor-ragnarok-1-600x316

Ok. Hela como filha de Odin é dificil de descer, mas eles não podiam desapontar as fujoshi fãs do Loki e dizer que o waifu delas já tinha familia.

Não foi agora que apareceu um vilão decente. Uma ameaça fisica terrivel? Certamente. Bem construida? De forma alguma. E que lobo era aquele? Garm? Fenrir?

A Valkiria tem o mesmo tipo de personalidade que tornava Lara Croft insuportável, uma arrogancia desdenhosa e pouco justificada ainda tinha o balançar constante de cabeça.

 

O TEXTO 

Parte do problema que afetou os personagens são os dialogos ruins. Há momentos que são bem feitos, como as conversas do Grão Mestre. Mas é perceptivel que são os atores melhores que conseguem extrair algo de melhorzinho do texto. Os medianos como Chris Hnesiworg  sofrem mais.

As mortes à toa, tanto de Odin quanto dos Três Guerreiros fazem a morte do Ciclope em Xmen 3 parecer poética e elaborada.

Fandral o Galante, Volstagg o Volumoso e Hogun o Constipado. Mortos como baratas

Fandral o Galante, Volstagg o Volumoso e Hogun o Constipado. Mortos como baratas

 

TRILHA SONORA INADEQUADA

Poucas vezes vi Led Zeppelin tão mal utilizado. O contexto nas cenas ficou ruim. E como sempre, a trilha original é esquecivel.

 

No entanto, há pontos positivos no filme:

AÇÃO

Realmente as cenas de ação foram bem dirigidas, com bons efeitos e execução. A luta do Thor contra o Hulk na arena poderia ser melhor no entanto e como se esperaria desses dois, derrubar meio mundo. Digam o que quiserem, mas numa briga de duas coisas como Thor e Hulk, o modelo de destruição deveria ser Superman contra Zod. Nada deveria ficar inteiro num raio de quilometros.

Mas a fraqueza dessa luta é compensada pelas outras, em particular quando Hela manda um Dinasty Warriors contra a soldadesca de Asgard.

Dynasty-Warriors-8-9

 

EXECUTOR DE WALT SIMONSON

É isso. O personagem novo mais interessante. E apenas porque botou pra fuder no final.

A PIADA DO THOR, HULK E A PAREDE DE ENERGIA

O momento que ri mesmo, e não apenas uma risadinha.

E é isso.

Duas chances se perderam aqui.

Esse era um filme que poderia ter uma pegada mais séria, principalmente se considerarmos o clima que a visão de Thor em Vingadores 2 transmitiu. Ali pareceu grave e urgente. Mas isso acabou sendo colocado em ultimo plano. A trama desse filme permitiria uma abordagem mais pesada.

E usaram a trama básica de Planeta Hulk, provavelmente uma das historias do Verdão mais facilmente tornadas em um épico. Claro que não deverá haver um filme solo do Hulk pelos proximos 50 anos, mas essa é uma historia com potencial.

Tem bastante fanservice para a nerdaiada ficar achando referencias, não prestar atenção ao roteiro vazio e tudo mais.

Nada contra cinema pipoca, sou defensor disso, mas tem que ser melhor que comédias do Cinema em Casa. No fim, é um filme que não me prometeu nada e não entregou nada. Como disse em outro lugar, não é ruim. É bobo apenas. Esquecivel em absoluto.

 

  • [Better Call Harvey]

    O 1º filme começou errado, na verdade não acertou em nada. O 2º conseguiu ser muito pior… acho dificil o 3º conseguir limpar a barra. Uma pena porque a Marvel conseguiu concertar o capitas no 2º filme e o Hulk nos vingadores (parando de querer fazer um filme solo com ele).

    O Thor podia ser um superman da Marvel, grandioso, heroico, sobre humano, um cara vindo de um mundo fantástico, que tem um pai fodão e é muito mais do que um humano. Asgard podia manter os conceitos do Kirby e do Simonson, mas lembrando as construções vikins, não uma cidade DORADA, TECNOLOGICA E MULTICULTURAL.

    Um pena esse dai espero passar na tv aberta…

    • Frogwalken

      Lembra da Aventura do Balder contra os Gigantes de Gelo na mão do Sal Buscema ? FODA PRA CARALHO!!!

      A Netflix podia fazer um bagulho BASEADO nisso! =D

      • [Better Call Harvey]

        Sim!!! Ele queima todo mundo e vira o novo governante de Asgard, e ainda leva quela piranha que lembro o nome

  • O_Comentarista

    Como eu disse no podcast, é o filme certo no momento errado.

    • Frogwalken

      É o filme certo com tudo errado!

      • [Better Call Harvey]

        é a certeza que o filme é errado

    • [Better Call Harvey]

      xiiuuuu ainda não ouvi o cast

    • O Pistola Polvo Aranha

      Diria que é o filme errado no momento certo, pois gostemos ou não, tá fazendo sucesso.

  • Anubis_Necromancer

    É um Lanterna Verde com uma direção melhor, simples.

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Thor perde o martelo, os três grandes amigos do Thor morrem e ainda assim o filme é cheio de piada.

    Já vi que esse filme é todo errado.

    • O Pistola Polvo Aranha

      Asgard é destruída, o Thor perde um olho…

      • o Inconcebível Bob Balburdia

        AAAAHHHHHHH

        • O Pistola Polvo Aranha

          Ele perde o olho pra descobrir que o poder do Mjolnir sempre esteve dentro dele 😓

  • O Pistola Polvo Aranha

    Me senti vendo um filme do Adam Sandler, e não um “bom”, mas algo como Pixels.

  • Dr. Manhattan

    Intrigante resenha, Polvo Ara-
    Ah não… Pera…

  • Mr_MiracleMan_Jr

    Li só mimimimimi.

    Resumo da resenha: O filme é uma comédia de ação no estilo Máquina Mortífera. “Aihn, mas eu queria algo sério… tô xatiadinho”