Semana do Dungeon Incomum – Dungeon Meshi

Vai querer fritas com seu Double Cheddar Wyvern?

Nunca gostei muito de dois tipos de programas que na teoria deu deveria achar interessantes, os survival e de cozinha tipo Master Chef e semelhados. Talvez por notar que o fator que menos parece importar é justamente aquele que aparentemente seria o destaque, a sobrevivência e a comida. Do pouco que vi, as picuinhas sempre tiveram mais destaque nesses programas.

O que talvez explique porque o unico reality show que vi mesmo foi The Osbournes.

Mas estou divagando. Porque nunca imaginei ver esses dois elementos misturados num dungeon crawler japones.

Um grupo de aventureiros está em uma missão dentro de um dungeon, lutando contra um dragão vermelho imenso. A batalha não vai bem, pois estão feridos e enfraquecidos. A irmã do cavaleiro Laius se sacrifica para teleportar o grupo de volta à superfície e acaba devorada pelo dragão.

_20170731_090943

Laius então resolve voltar, pois seria possível ressuscitar a irmã, se pudessem recuperar os restos dela antes de serem totalmente digeridos, o que lhe daria alguns dias apenas. Mesmo sem tempo para se preparar adequadamente, comprar mantimentos ou até juntar dinheiro para isso ele resolve voltar, acompanhado dos únicos dois membros do grupo que permanecem com ele, a feiticeira elfa Marcille e o ranger halfling (em fantasia é outro nome para hobbit, usado para evitar processinhos) Chilchack.

Ele analisa que um fator da derrota deles foi justamente os mantimentos, que estavam acabando e não os mantinham bem alimentados. A solução de Laius é de uma simplicidade assustadora. É só comer os monstros.

a7c853af77be88c8bcec44ee326a42bc1cdeb1d1_hq

Essa conversa chama a atenção do anão Senshi que se dispõe a acompanha-los e é o principal responsável pelo cardápio conforme eles vão descendo até o nível onde está o dragão.

A história e os personagens acabam se mostrando muito interessantes, em especial o estranho Senshi, que transformou um escudo, herança de família, feito de um metal raro em uma panela. E a sempre relutante em comer coisas estranhas, Marcille, que não raramente se fode, como quando foi petrificada por um cocatrice  e até o efeito passar, foi usada pelos outros para pressionar picles.

A+well+meant+gift+source+is+dungeon+meshi_d46509_5730833

Outro destaque é para a criativa ecologia do dungeon, desde a razão de porque feitiços de ressurreição funcionam ali, passando em como as paredes estão inteiras mesmo com gente soltando bolas de fogo por ali, até em como o lugar fica limpo e onde ficam os banheiros.

E chegamos ao estranho motivo principal, a comida.

A cada novo encontro com monstros fica a possibilidade de ver como os dois mais empolgados com a perspectiva de um prato exotico, Laius e Senshi, vão aproveitar os recursos à mão e que prato vão produzir com o monstro, uma vez derrotado claro. E o negocio alem de ter belos desenhos dos pratos, não poucas vezes mostra o modo de preparo e o valor nutricional do negocio.

dungeon-meshi-6101017

Senshi em particular leva isso muito a sério, sempre insistindo que devem equilibrar alimentos caloricos com proteinas e tal, coisa bem de nutricionista de combate, por assim dizer. E na verdade, esse tipo de cuidado está permitindo o grupo avançar melhor que outros grupos até maiores, simplesmente por evitar a repetição diaria de carne, pão, frutas secas, vinho e agua, comuns entre aventureiros.

Então temos um mangá bem humorado e leve, com uns bons momentos de ação também e um uso muito criativo de monstros e sua ecologia, coisa fina que poderia aparecer em algum Monster Manual da vida.

Delicious-In-Dungeon-Vol-01_01

É uma boa recomendação para ler, em particular para aqueles que sempre quiseram saber o sabor de um Cubo Gelatinoso ou quantos servem um prato de Pantera Deslocadora. Afinal, o unico direito dos monstros é de serem gostosos.

  • Frogwalken
  • Frogwalken

    Será que VERMES DE CARNIÇA teriam ” Nutrientes Essenciais ” ?

  • [Better Call Harvey]

    Esse mangá é foda, pena que os scans atrasam muito pra publicar o cap e pra traduzir.

    No começo, parece que tudo é zueria, com eles apenas comendo os monstros, mais ai a história vai sendo contada aos poucos, sobre o Rei Louco, o reino enterrado e como algumas paradas funcionam.

    • Frogwalken

      Opa, maneiro!

      E vai ser uma AFRONTA se o Zweist falar de Dungeons sem alguma coisa sobre LODOSS! =P

    • Anubis_Necromancer

      Por isso eu leio em inglês^^
      Pra não demorar tanto em relação ao pt-br

  • O_Comentarista

    Cubo Gelatinoso seria sobremesa?

    Alcatra de gigante seria só tamanho do prato do Tudo Pelo Social?

    Posso fazer sopa com Elemental de Água?

    • Frogwalken

      Pastel de Vento com Elemental de Ar ?

      Tiamat daria um Churrascão de Uma Semana ?

    • [Better Call Harvey]

      Sopa com elemental da água rolou no mangá!!

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Cozinhar dragão é fácil! Quero ver quando só encontrarem aqueles esqueletos com espada e escudo!
    Vão aprender a fazer sopa de OSSO!!

    Ou a cozinhar espada e escudo…

    • Frogwalken

      Tá suave, as caveirinhas só atacam OTACOS FEDIDOS! =P

      • o Inconcebível Bob Balburdia

        E eles iam comer o quê?

        • Frogwalken

          O VELO DE OURO, é óbvio!

          #MasQueBalburdiaHeinBob

          • o Inconcebível Bob Balburdia

            vão comer a pele de ouro? Não era melhor comer a ovelha mesmo?

          • Frogwalken

            nada, o Velo é rico em MINERAIS! =P

  • Canoa Furada

    Na Discovery tem um programa chamado Menu Selvagem, seria “mais ou menos” um Masterchef survival.

    Dungeon Meshi é mais um daqueles mangás bacanas de ler, mas que tenho que me relembrar de acompanhar. Tem um outro da bruxa preguiçosa que chegou ao level máximo só matando “slimes”. E o do garoto que usou a espada amaldiçoada que deveria proteger sem querer. São muitos títulos.

    • Frogwalken
    • Anubis_Necromancer

      Leia It’s My Life^^
      É muito bom.

    • T.K cabeça de vento

      Existem muitos mangas legais que não foram traduzidos pra nenhuma lingua ainda (só vejo os desenhos das Raw), e fico ansioso pra eles serem traduzidos.

      Aproveitando a deixa qual o nome do manga do moleque usando uma espada amaldiçoada?

      • Canoa Furada

        Desculpa a demora na resposta, porque pra lembrar o título do mangá foi difícil. O nome é Tsugihagi Quest.

        Sinopse: Em Tsugihagi Quest, Ribi é um zumbi particularmente desmotivado que gasta seus dias à toa, em vez de impedir que heróis desembainhem uma espada mágica de poder lendário, que ele é encarregado de proteger. Os problemas de Ribi começam quando ele desencaixa acidentalmente a própria espada um dia, atraindo a ira tanto de seus superiores do mal quanto de um futuro guerreiro da luz.

    • O Impronunciável Zweist

      Não nos deixe sem saber o nome desses dois mangás que você mencionou e concorra a fantasticos premios.

      • Canoa Furada

        Eu tenho que me relembrar de acompanhar mesmo.

        1 – While Killing Slimes for 300 Years, I Became the MAX Level Unknowingly. Nome sugestivo, é uma light novel, mas tem versão mangá também.

        2 – Tsugihagi Quest.

        • O Impronunciável Zweist

          Muito grato pela resposta. Você ganhou um brinde exclusivo, a ser dado com copos cheios de Serra Malte em um futuro Encontrulão dos Amiches.

  • Grinch Gundamlino

    as melhores piadas de dungeon meshi são com os elfos

    outra, CLASSICO DO /tg/