Semana da Nostalgia Reversa – Spawn

Spawn8

Só relerei quando o inferno congelar. E não falo do Cocytos.

Sei que esse é quase trapaça em comparação aos outros exemplos dessa semana, mas ainda é um caso interessante. Isso porque eu já havia notado como era ruim muito tempo atrás. Mas mesmo assim ainda vale um pouco. Muito pouco. Na verdade estou esticando as regras aqui, mas como sou eu mesmo que faço as regras é um crime perfeito.

Enfim.

No começo dos anos 90, Todd Mcfarlane trabalhava na Marvel e estava acompanhando a trozoba que a editora estava metendo não apenas em Jack Kirby, mas nos outros artistas que a criaram também. E pensou que isso poderia acabar acontecendo com ele. Quer dizer, ele era uma das estrelas da empresa, mas se os caras tratavam os criadores dos personagens como lixo, o que dirá dele, daqui algum tempo?

Então ardilosamente ele se aproximou de outros nomes grandes da Marvel na época e tramaram uma retirada que se chamou Image Comics.

Ali ele criou o Spawn. Criou modo de dizer, mas vamos ver.

A historia é a mesma que foi recontada várias vezes com mais talento através dos séculos, um cara que faz um acordo com o diabo e vende sua alma em troca de alguma coisa, no caso de Al Simmons, a chance de rever a esposa, Wanda.

maxresdefault (3)

Mas é verdade que tem uns detalhes interessantes aqui. Como de praxe, o Demonio distorce o acordo: Ressuscita Simmons 5 anos no futuro e num corpo todo fodido, irreconhecivel e praticamente sem memórias. Ele logo descobre que tem vários poderes, começa a lutar contra outros seres sobrenaturais e  contra agentes do governo.

Outra coisa interessante é que os poderes tinham um uso limitado. Ele podia fazer coisa pra cacete,  criação e alteração de matéria, regeneração, lançar raios de energia, mas era drenado a cada uso, num contador que aparecia nos quadrinhos.

14

A arte também era legal e deu uma melhorada quando Greg Capullo assumiu, mesmo emulando o traço de Mcfarlane, ele evitava alguns erros mais grosseiros de anatomia.

O problema é que, com exceção de algumas edições especiais, o roteiro era do próprio Macfarlane, e não era nenhum primor. As coisas pioraram justamente quando foi se aproximando do numero 50 e a partir daí descambaram de vez sem possibilidade de melhora.

1726641-omega_spawn

Eu já havia abandonado a revista na época da publicação original aqui, creio que lá pelo numero 50 e tantos e tentar reler isso atualmente foi quase excruciante. Se Mcfarlane tivesse apenas pego o conceito do Spawn, feito em várias séries fechadas, com Spawns diferentes, que é algo que é valido, já que o Spawn é um tipo de demônio, não o nome próprio de alguém, e com roteiristas melhores do que ele, poderia ser algo melhor do que um dos símbolos do pior dos anos 90.

  • O_Comentarista

    Qdo Brian Holgin assumiu os roteiros, ficou interessante, já q ele provocou o fim do mundo e o Spawn cumpriu seu destino.

    Depois dessa fase as histórias estavam estilo lendas urbanas e algumas eram boas, mas daí o Toddynho voltou a escrever e cagou-se tudo.

  • [Better Call Harvey]

    Bom era a série animada da HBO

  • O Pistola Polvo Aranha

    Sempre que conheço pessoalmente um nerd, o melhor jeito dele matar uma possível amizade é elogiar o Spawn e o MacFarlene.

    Pior que acontece com mais frequência do que imaginam.

    • SACANAGEM BICHO

      • O Pistola Polvo Aranha

        Sacanagem é ter que aguentar um puto quase gozando enquanto endeusa outro puto que nem de anatomia entende.

        Realmente é mais frenquente do que vocês imaginam.

  • EXCELENTE POST! PRECISAMOS DE MAIS E MAIS POSTS DE SPAWN NA PODOSFERA! OBRIGADO SUPERAMICHES!!!!!

  • QUE TAL UM POST SOBRE A MELHOR EQUIPE DE HERÓIS DE TODAS, A BRIGADA?

  • COMPREI TODAS AS NUMERO UM DA IMAGE QUANDO LANÇARAM NO BRASIL PRA ESPERAR VALORIZAR

    HOJE JÁ VALE 2 REAL NA TROCA NO SEBO…. CHUPA MARVEL

    • Glaydson Melo

      Efeito Wizard. Também quis ser “investidor” e me ferrei, hauhauhau

    • [Better Call Harvey]

      JÉNIO

  • Aquaman, O Lego Emo

    Sempre evitei esses quadrinhos doninício da Image…porque todo mundo sempre fala mal, principalmente do Spawn. Mas quandp era criança curtia o filme que passava sempre na TELA DE SUCESSOS do sbt. Era meio toscão mas dava pra assistir de boas. Hoje em dia que é complicado mesmo.

    O Toddynho tinha tudo pra virar tipo um Jim lee, que apesar das críticas, ainda hoje é um grande nome e sempre que sai pra desenhar algo a parada gera burburnho.

    • Eu gostei do filme quando vi a primeira vez, hoje vejo uns pedaços e só sinto tristeza e vazio!

      • Daniel Rocha

        Somos 2.

  • Anubis_Necromancer

    Spawn é o tipo de personagem difícil de se trabalhr a longo prazo.
    Assim, não que seja ruim, mas se apegar demais com ele torna cansativo o canon quando outra pessoa vai trabalhar com ele.
    Seria legal se ele tivesse sido feito baseado em arcos.
    Com um escritor diferente a cada 8 edições, como ocorre atualmente em editoras como a IDW ou mesmo Dynamite.

    Outro é a falta de visão sobre o mesmo adaptado as outras midias.
    Não que a serie animada que teve fosse ruim, mas foi uma bosta se comparada com muito trabalho da época, e se fosse revista hoje, seria bem fraca.
    Até mesmo trabalhos da Image “diferentões” como The Maxx é infinitamente melhor pela capacidade como foi feita, ou seja a conta-gotas de caixa, enquanto que com Spawn a grana toda investida não faz jus ao que se ver.
    Se fosse um estilo mais Gen¹³ (estilo Bruce Tiimniano mais pesado”), teria sido bem melhor.
    http://iv1.lisimg.com/image/4781099/698full-gen%C2%B9%C2%B3-screenshot.jpg
    Fairchild com farol aceso.

  • Barreto Barreto

    Gostava do jogo de Snes e do desenho da HBO. O resto é lixo.

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Tanto o traço do Mcfarlene quanto o do Capullo NÃO se salvam. Só naquela época de massaveísmo extremo.
    Putz, tinha história em que personagens pareciam envelhecer de um quadrinho para o outro…

  • Frogwalken

    A melhor coisa da Image pra mim ainda é GEN 13. IHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!

    MAS o barato animado do Spawn que passou na Band era maneiro! =D