Rocketeer – O Fogueteiro do Passado

therocketeer

Esses dias lembrei de um comentario do Frogwalken e resolvi rever Rocketeer.

 

Baseado numa Graphic Novel de Dave Stevens (que aparece no filme. É o piloto de testes alemão que explode) publicada em 1982, é o primeiro filme de super herois da Disney e sobrevive relativamente bem até hoje e é bem lembrado. Isso apesar de ter tomado um sacode nas bilheterias na época.

A historia se passa em Los Angeles, 1938 onde o piloto de corridas aéreas, Cliff Secord, acaba encontrando um prototipo de foquete portátil. Ele ia inicialmente usar para fazer apresentações, mas acaba sendo perseguido pela máfia, pelo FBI e por nazistas, e esses querem criar um exercito de nazistas voadores.

imgd52

Há uma quantidade absurda de detalhes, alguns alterados para o filme, como o marco “Hollywood” perdendo o “land” alguns anos antes do que ocorreu realmente. A moeda alemã era o Reichmark. O Marco Alemão não existia ainda. Ou Sinclair desejando ao gangster Valentine um feliz dia de São Valentino. Houve um famoso massacre de gangsters nessa data, alguns anos antes. E o fato dos nazistas ainda usarem dirigiveis, quando isso foi abandonado um ano antes, no desastre do Hindenburg.

Como a equipe da editora foi deixada no controle do dirigivel, os resultados foram os esperados

Como a equipe da editora foi deixada no controle do dirigivel, os resultados foram os esperados

O proprio fato da mochila ser chamada o tempo todo de “foguete”. Poucos na época saberiam reconhecer que aquilo é um propulsor à jato.

Já o capanga de Neville Sinclair (Timothy Dalton), Lothar, era interpretado pelo ator Rondo Hatton. que na época achei ser um cara de mascara e posteriormente descobri que era portador de uma doença chamada Acromegalia, um tipo de Gigantismo que acometeu entre outros o lutador Antônio “Bigfoot” da Silva e os wrestlers Big Show e O Grande Khali e o lendário André o Gigante.

lothar

O próprio Sinclair é claramente inspirado no ator Errol Flynn, que inclusive foi falsamente acusado de ser um espião nazista. No caso de Flynn pelo menos, foi infundado.

Já Jennifer Conelly é claramente inspirada na Rainha das Pinups, Betty Page. E ficou, previsivelmente, ótimo, tanto visualmente quanto como personagem mesmo. Jenny não é uma mocinha assim tão indefesa.

54be2e4e2d9014db0dfc887cb6826ffa

Outro personagem importante, e esse chamado pelo nome, é Howard Hughes, o inventor do foguete. Ele e seu Spruce Goose (ainda hoje o avião de maior envergadura do mundo). Em uma cena, o Rocketeer escapa usando um modelo daquele avião. Não é possivel negar que Tony Stark foi inspirado em Hughes, da riqueza, o fato de ser um engenheiro/inventor e até o bigodinho.

howard-hughes

O Rocketeer é uma homenagem aos velhos personagens voadores da Era de Ouro, em especial o Rocket Man. É quase igual a esse na verdade. O Rocket Man estrelou o classicaço “Zumbis da Estratosfera”.

cody2

Visualmente é muito bem feito. Claro, boa parte dos efeitos de voo ficaram meio prejudicados, mas para um filme de 1991 está ótimo. O visual do Rocketeer em si, com uma pesada influencia art-deco também é algo que o identifica na hora. E a trilha sonora era do competente pra caralho James Horner.

No ano passado, a Disney anunciou um novo filme do personagem, que tudo indica, será óó, uma bosta. O diretor, até agora é Max Winkler, de um monte de coisinhas ruins e esqueciveis. Mas quem sabe, se eles continuarem seguindo a formula Marvel à risca pode acabar ficando bom.

Uma parte já foi marvelisada, já que vai ser uma sequencia-reboot e estrelado por uma mulher negra, nos dias atuais. Se o nome Bessie Coleman for ao menos mencionado, menos mal.

Apesar de ser um filme bem legal e teoricamente, caberia uma continuação ou o que seja, sempre me pareceu algo que, nos cinemas pelo menos, seria melhor deixada onde está.

Nos quadrinhos já rolaram uns crossovers fodas

Nos quadrinhos já rolaram uns crossovers fodas

Zweist
16/01/2017