Review Vingativo: I Saw The Devil

i-saw-the-devil-5083b71d1157f

“A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena!”

-MADRUGA, Seu

As famosas palavras acima, proferidas por um dos maiores nomes da humanidade, cairiam como uma luva na chamada do filme Coreano “I Saw The Devil”, ou “Eu Vi o Diabo”, título literal que ganhou no Brasil. Este é mais um daqueles filmes que você ouve falar uma, duas, três vezes mas não lhe interessa muito…até que você FINALMENTE resolver assistir e acaba por se perguntar “como eu demorei tanto  pra ver isso?”. Sim, este foi o meu caso!

I-Saw-the-Devil

Ao contrário do que o título possa sugerir em um primeiro momento, o filme não é uma obra de terror sobre espíritos, possessões e afins. O mal está, sim, presente no longa, mas de forma muito mais assustadora, pois é palpável e assustadoramente real.  A trama gira em torno do psicopata assassino Kyung-chul, que tem o hábito de estuprar, matar e esquartejar jovens moças. Até que Kyung-chul comete um erro fatal, assassinar friamente a noiva do agente secreto Kim Soo- hyeon. A partir de então, Kim resolve se vingar, mas dentro de seus termos, sem a interferência da lei, e ao invés de apenas matar Kyung-chul, ele decide transformar a vida do assassino num inferno em um jogo de caça onde o predador agora é a presa.

"Seu pesadelo só começou a ficar pior"

“Seu pesadelo só começou a ficar pior”

Se você adorou a “Trilogia da Vingaça”, composta por Old Boy, Lady Vingança e Simpatia Pelo Sr. Vingança, vai adorar I Saw The Devil! O filme poderia muito bem se unir a Trilogia da Vingança tonado-o uma quadrilogia  se fosse dirigido pelo sensacional Park Chan-wook. No entanto, a direção fica a cargo das não menos competentes mãos de Kim Jee-woon, o qual tem em seu currículo “A Tale of Two Sister” (no Brasil foi lançado como “Medo” e recebeu um remake americano chamado “O Mistério das Duas Irmãs”), “The Good, The Bad and The Weird” ( no Brasil foi lançado como “Os Invencíveis”) e, pasmem…”The Last Stand” ou “O Último Desafio”, filme de retomada as telonas do senhor Arnold Schwarzenegger.

kimjeewoonschwarzenegger

O filme é extremamente violento tanto física quanto psicologicamente. E se no cinema Hollywoodiano sempre temos aquela amenizada nas cenas de maior  violência, com a câmera desfocando ou saindo do enquadramento, aqui o diretor Kim Jee-woon não deixa o espectador olhar para  outro lado. A violência é crua e perturbadora para pessoas mais sensíveis, mas não é gratuita. Ela serve a dois propósitos, retratar a crueldade e frieza de Kyung-chul além da ira e sede de vingança de Kim Soo-hyeon.  E, aliás, que elenco…

No papel do cruel Kyung-chul temos o sensacional Choi Min-sik, o Oh Dae-su de Old Boy, em uma interpretação tão miseravelmente incrível que te faz torcer pra que o personagem dele morra toda hora em que ele está em cena. O bom e velho vilão que “adoramos odiar”.

02-25-i-saw-the-devil-oldboy

Já o agente especial vingativo, Kim Soo-hyeon, temos o não menos incrível Lee Byung-hun, que esteve (feliz ou infelizmente) nos dois G.I. Joe no papel do ninja branco Storm Shadow, e foi o T-1000 em Exterminador do Futuro: Gênesis além de Billy Rocks em Sete Homens e um Destino. E o cara é uma máquina de vingança silenciosa tão implacável que te faz até ponderar relevar um Justiceiro coreano em uma adaptação Marvel…

maxresdefault (1)

O filme tem 2:23 hr de duração, o que pra mim tem sido sinônimo de filmes chatos e arrastados, mesmo sendo entupidos de cenas de ação como o último Velozes e Furiosos. Mas I Saw The Devil tem um clima de tensão tão crescente que não te deixa perceber o passar do tempo. A trama é genialmente construída e a reviravolta perto do final é angustiante. O final…bem, eu não vou dar spoiler por que esse filme MERECE ser visto, mas posso dizer que é pesado em muitos aspectos.

Clama, essa NÃO É uma cena do final do filme. Ainda tem MUITA ÁGUA pra rolar depois dessa cena.

Clama, essa NÃO É uma cena do final do filme. Ainda tem MUITA ÁGUA pra rolar depois dessa cena.

Pra fechar esse review rápido e rasteiro (sim, tem menos de 1000 palavras, então é curto pros meus padrões), vale citar que, assim como Old Boy ganhou um remake indiano chamado Zinda (sobre o qual falei AQUI), I Saw The Devil também ganhou sua versão Bollywoodiana, chamada Ek Villain. Ao contrário de Zinda, esse eu não vi e talvez nem verei, pois dei uma olhada no trailer e, ao contrário de Zinda, que se distancia muito do que é comum nos filmes de Bollywood em prol de uma fidelidade maior ao clima pesado de Old Boy,  Ek Villain tem TUDO que os filmes Bollywoodianos mais presam, transformando uma sombria trama de vingança em um High School Musical multi-colorido com toques de conto de fadas e uma pitada de vingança pra lembrar a fonte original vez ou outra. Vejam os dois trailers e vejam se notam as “sutis” diferenças…

 

Enfim, I Saw The Devil é um excelente filme que, como já foi dito, MERECE ser visto. Ele já esteve na grade da Netflix mas não sei dizer se continua lá, porém vale a procurada. Um filme forte, chocante, que te prende e te faz pensar: Será que o prato frio da vingança tem mesmo um gosto doce no final?

Nota: 10

PS: Agora estou na pilha de assistir mais filmes coreanos…esse pessoal manja mesmo de cinema!

PS 2: Infelizmente um remake americano já foi anunciado…socorro…

  • Anubis_Necromancer

    Considerado por muitos como uma 4ª parte da trilogia da Vingança XD
    (comentei antes de ler a resenha)

    • PCB

      Tem essa parte! Na resenha! Premonição!

      • Anubis_Necromancer

        Pois é, depois de comentar eu a li….
        (achei que ele não fosse tecer essa comparação, já que o filme poderia se encaixar na trilogia da Vingança com facilidade)

  • Frogwalken

    Já tinha visto o Trailer e é muito foda sabagaça, poderia de boas ser a parte 4 da vingancinha! =D

    E pra virar uma PENTALOGIA só falta um filme com Oliver Queen se vingando da Salvat pelas Lombadas Cagadas! =D

    • hellbolha2

      Seria o filme mais cruel e sádico de todos! Com participação do Sir Vinnie em uma cena igual a do Laranja Mecânica, só que ao invés de ser obrigado a assistir vídeos violentos, ele seria torturado sendo obrigado a olhar as lombadas desalinhadas na prateleira do Oliver Queen.

      • Frogwalken

        Isso junto com o episódio mais cagado em qualidade da animação de Berserk em replay infinito! =P

        • hellbolha2

          AAAAAAAAAARRRGH…essa doeu em mim…

          • Frogwalken

            E dois videos, um sobre a animação cagada e outro do cara explicando os pontos pros bazingueiros

            Com comparações de qualidade com o manga e outras animações

          • hellbolha2

            Esse cara manja das manjarias! N]ao entendo como tem gente que se conformar e, menos ainda, que ADORE E DEFENDA essa nova série com essa qualidade merda!

          • Frogwalken

            Enquanto isso, traços cagados como os de Shingeki no Kyojin recebem animações fodelonas.

            Pode isso, Arnaldo?

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Vingança vingativa sempre foi uma grande fonte inspiração pros cinemovies.

  • O_Comentarista

    O filme me interessou, agora vou procura-lo.

    O pior mal é o do próprio homem, afinal, “quando tu contemplas o abismo, o abismo a ti contemplas”.

  • Fábio H.F.Castro

    Vi já tem um tempo e indiquei pros amigos, filmão. Chegou a ver o “A criada”? Gostei bastante dele também, é outro filme longo, mas que vale a pena.