Review Trash: O Justiceiro (1989)

IMG_1758 (1)

Ou “O Justiceiro que vale”!

Sabe aquele filme que é tão ruim, mas tão ruim…que dá a volta e continua ruim? Eis o caso de TODAS a produções  com personagens Marvel em seu período mais negro, quando vendia os direitos de muitos deles pra quem pagasse um refresco e uma mariola. Foi um período de agressão para os olhos dos fãs da “Casa das Ideias”, que amargaram filmecos como o HORRENDO Capitão América de 1990, a OFENSIVA série do Homem-Aranha dos anos 70, o EXCRUCIANTE Geração X e o TÃO NOJENTO QUE NEM APARECE NAS PESQUISAS DO GOOGLE QUANDO VOCÊ ESCREVE “FILMES MARVEL DOS ANOS 90” Nick Fury: Agente da S.H.I.E.L.D de 1998. Esse último ganha perdão por ser estrelado pelo Senhor da Atuação, David Hasselhoff…

E foi neste cenário tenebroso que um dos personagens que mais se adequaria a “era dos brucutus” por não precisar de um filme recheado de efeitos especiais, ganhou sua primeira versão. O grande problema é que entregaram O Justiceiro nas mãos do diretor errado…

The_Punisher_1989

Lançado em 1989, O Justiceiro (The Punisher nos EUA ou Fúria Silenciosa em Portugal. Cara…eu AMO Portugal!) é uma co-produção entre Austrália e EUA e traz no papel de Frank Castle o grandalhão sueco Hans Lundgren, mais conhecido por seu nome artístico, Doplh Lundgren além de Louis Gosset Jr. no papel de seu ex-parceiro. A história de origem do anti-herói é um tanto quanto diferente dos quadrinhos, coisa comum em todas as produções posteriores (acho que só Zona de Guerra manteve o lance do pique-nique no parque). Aqui, Frank Castle é um policial que vive feliz com sua esposa e suas duas filhas e tem em seu parceiro, o policial Jake Berkowitz, um melhor amigo e irmão.

MV5BZDlhYmI3ZjAtNWE5Zi00NjhmLWJkMmUtMGZmOGU3YmJlZjg4XkEyXkFqcGdeQXVyMDEwMjgxNg@@._V1_

Certo dia, após desmanchar uma negociação de cocaína do mafioso Dino Moretti, Frank e Jake acabam deixando Moretti escapar. No entanto, quando o sujeito estava pra sair do país, é alcançado por Frank que lhe entrega uma intimação, o que o impede de completar sua viagem. O que Frank não sabia é que Moretti havia plantando uma bomba em seu carro esperando que ele explodisse quando Frank estivesse nele. O plano falha justamente por que Frank não estava em seu carro quando foi entregar a intimação para Moretti, mas no carro de Jake. Infelizmente a mulher e as filhas de Frank entram no carro e tanto ele quanto Jake chegam bem na hora em que a bomba é detonada. Por alguma razão que a lógica não explica, o carro não se desfaz em pedaços de imediato e a mulher de Frank parece estar apenas desmaiada no banco do motorista. Sem se preocupar com a total falta de lógica da situação, Frank tenta quebrar o vidro e tirá-la de lá. Só que uma nova explosão ocorre, transforma o carro em paçoca e, por alguma razão, Frank Castle é dado como morto…mesmo que ninguém tenha encontrado o corpo. Vai ver os peritos concluíram que ele foi catapultado para a lua pela força da explosão…

p8

p9

Uma história de origem diferente, mas não tão ruim, certo? Pois é. O problema é que ela NÃO ESTÁ NO FILME! Sim, os 16 minutos que originalmente abririam o filme e mostrariam a origem do Justiceiro foram impiedosamente cortados da edição final e relegado a um flashback xumbrega no meio dele, com o contexto dado apenas por um repórter no inicio do filme. Eu assisti esses 17 minutos antes de assistir o filme que foi originalmente lançado e devo dizer que melhoraria MUITO a trama rasa do longa. Confiram vocês mesmos:

Mas não adianta chorar sobre o leite vingativo derramado. Vamos nos ater ao que chegou aos cinemas, então. O filme começa mostrando um jornalista dando a noticia de que Dino Moretti tinha sido absolvido da acusação de assassinato da família Castle. O que se segue é justamente o reencontro de Dino e Frank, agora sob a alcunha do misterioso Justiceiro. Frank não apenas mata Dino seus capangas  como explode toda a mansão do mafioso diante de uma multidão de repórteres. Em seguida, descobrimos que Frank Castle aproveitou sua suposta morte não apenas para sumir do mapa e voltar como o Justiceiro, que é quase uma lenda urbana, e matar 125 chefes da máfia (cacetada…é pouca máfia pra muito chefe), mas também resolveu virar uma Tartaruga Ninja, já que agora mora nos esgotos da cidade e tem o estranho hábito de meditar completamente nu neste ambiente nada salutar.

O cara é tão trevoso que até seu saco é preto...

O cara é tão trevoso que até seu saco é preto…

Enquanto isso, descobrimos que Jake Berkowitz continua trabalhando sozinho, em grande parte por ser o único que acredita não apenas que Frank Castle ainda esteja vivo como também que ele é o Justiceiro. No entanto, Jake não continuará mais solitário após conhecer a policial Sam Leary, pois ela também acredita que Frank Castle é o Justiceiro e ambos dão as mãos e saem, felizes e serelepes, a sua procura.

The-Punisher-1989-Louis-Gossett-Jr-Nancy-Everhard

Já do lado dos mafiosos, o medo está instaurado. Porém o mafioso Gianni Franco, grande amigo do falecido Dino Moretti, propõe que as diferenças entre as famílias sejam deixadas de lado e todos se unam não apenas para aumentar seus lucros como para dar um fim ao Justiceiro. É quando entra em cena a Yakuza chefiada por Lady Tanaka, uma misteriosa e violenta mulher. Tanaka quer o controle dos negócios e, para isso, sequestra todos os filhos e filhas dos chefes da máfia. Ante o sequestro de seu filho e sem opções, Gianni Franco resolve fazer um acordo com o Justiceiro, o qual já tinha batido de frente com a Yakuza e feito um belo estrago, para ter seu filho de volta. Agora ambos vão invadir o covil da Yakuza…e tentar sair  de lá inteiros (caramba…já posso escrever chamadas pra Sessão da Tarde! Quer dizer, se existir o filme de um cachorro matador, pois filme de cachorro é só o que passa hoje em dia…).

punisher-1989-movie-review-dolph-lundgren-frank-castle-jeroen-krabbe

Sim, o roteiro de Boaz Yakin (Príncipe da Pérsia, Truque de Mestre e tantos outros com roteiro mequetrefe) para O Justiceiro é bem básico e, honestamente, até que estava muito bom pra um filme baixo orçamento dos anos 80. Ele também era bem fiel as histórias do personagem nas HQs da época, com Frank sempre as voltas com famílias mafiosas e, muitas vezes, se vendo forçado a formar laços com elas ou se disfarçando para entrar nelas. O problema mesmo fica na direção tosca e capenga de Mark Goldblatt, mais conhecido por seus trabalhos como EDITOR em filmes como O Exterminador do Futuro 1 e 2, Rambo 2: A Missão e, mais recentemente, o remake de Desejo de Matar com Bruce Willis. É até irônico que, além da direção ruim, o filme tenha problemas sérios também em sua edição. Goldblatt faz questão de que, assim que um objeto é arremessado, tenhamos um corte com uma cena HORROROSA acompanhado tal objeto até que a cena corte de novo e já mostre o objeto atingindo alguém. Isso sem falar nas cenas de luta corporal, que já sofrem com a coreografia pobre e mal executada e ainda recebem cortes excessivos e desnecessários.

objeto 1

Close desnecessário…

Objeto 2

…em todo…

Objeto 3

…maldito objeto…

Objeto 4

…ARREMESSADO!!!

Quanto a Lundgren como o Justiceiro, é como eu já falei…o sujeito foi uma boa escolha para viver o personagem, fisicamente falando.Com 1,96m de altura e com cara de poucos amigos, não havia como dar errado. O problema é que o Justiceiro de Lundgren é desengonçado, corre como se fosse um obeso tentando correr numa maratona, é lento e isso acaba atrapalhando nas cenas de porradaria mano a mano. E isso é outra ironia, já que Lundgren é praticante de karatê, mais especificamente faixa preta 3º Dan de Karatê Kyokushin. Outro ponto que sempre gerou protestos foi o fato do personagem não usar a emblemática caveira branca na camisa. No entanto, o personagem usa SIM uma caveira. Se você prestar bem atenção ao rosto de Castle no filme, vai perceber que sua barba e suas olheiras escuras formam um suave desenho de uma caveira em seu rosto. Sútil… e mesmo não sendo a caveira na camisa, foi bem pensando…o problema é que nem todo mundo nota!

bscap0006-1

Ainda sobre o visual do personagem, ele não usa a caveira no peito mas veste preto, mais especificamente muito couro preto. E isso, unido a cara de modelo de Lundgren (que, sim, era modelo antes de se tornar ator) e seu cabelo sempre no gel, dá a impressão de que estamos vendo uma adaptação do Justiceiro estrelado por Elvis Presley.

DolphPUNISHERMK

bf8d0db80af883fb50040cbdf4d348b0--elvis-presley-black-leather

Ah, tavez eu deva fazer uma retratação aqui. Se vocês leram minha resenha sobre a série do Justiceiro na  Netflix, verão que eu disse que o protagonismo do filme ficava nas mãos do personagem de Louis Gosset Jr e isso me incomodava quando eu era moleque. Re-assistindo o filme percebi que não é bem assim, e que isso pode ter sido só birra da época de moleque mesmo, já que o filme não se foca tanto assim nele. No entanto, eu fiquei em dúvida se essa sensação de que eu estava errado não se deu ao fato de ver as cenas deletadas que citei acima e davam um background maior ao personagem título. Agora estou confuso…

Enfim, O Justiceiro de 1989 é um filme trash, cheio de defeitos no roteiro, na direção, na edição e até na dublagem brasileira, que deixa a trilha sonora distorcida em alguns momentos. No entanto, em comparação com outras produções com personagens da Marvel dos anos 70 até metade dos anos 90, ele é o menos ruim. Quem sabe se tivesse caído nas mãos de um diretor realmente competente, como um Walter Hill (The Warriors), um Irvin Kershner (Star Wars: O Império Contra-Ataca), um John G. Avildsen (Karatê Kid e Rocky) ou um George Pan Cosmatos (Rambo 2: A Missão) não teríamos apenas um filme de qualidade como uma franquia que estaria lado a lado com grandes clássicos do cinema de ação até hoje. No entanto, mesmo com todos os defeitos o filme ainda consegue ser melhor que aquela patacoada de 2004 estrelado pelo coitado do Thomas Jane (o cara era fã do personagem e amargou um filme tão merda que, anos mais tarde, fez um curta metragem FODA pra se redimir, chamado Dirty Laundry, se não viu…PROCURE JÁ!). Assim sendo…

Nota:6,0

Ah, e se você é um “xovem” e não sabia que este filme existia…titio Hellbolha vai deixar ele aí embaixo completinho para sua diversão! Mas, lembre-se: Eu avisei que é um filme bem meia boca! Depois não venha reclamar…

  • Daniel Rocha

    Melhor punisheiro de todos! Netflix te larguei

    • Duowick

      Aymen!

    • [Better Call Harvey]

      ou ela vem com mais animes, ou é tchau mesmo

  • Frogwalken

    As IBAGENS combinaram tanto que tinha que fazer a ZOEIRA! =D

    https://i.imgur.com/GnS4D14.jpg

    • [Better Call Harvey]

      Fiquei em dúvida… o Vini tá protegendo o anel, ou tá sendo encochado pelo careca de bigode?

      • Frogwalken

        Não achei ibagem melhor pra censurar o TOBA MAGUIRE do Ecco The Dolfin Lundgren! =P

  • O_Comentarista

    Isso pq o jogo de fliperama do Justiceiro era melhor q esse filme, e tinha o Nick Fury pra jogar tb.

    • o Inconcebível Bob Balburdia

      Um dos melhores beat em ups de arcade de todos.

      OOOEÔÔÔÔÔÔ!!!

  • [Better Call Harvey]

    Depois de Ivan Drago, Dolph Lundgren não passa credibilidade em porra nenhuma, nem como Punisheiro, nem como PhD no MIT.

    A única imagem que da pra associar com ele é de BOXEADOR AÇAÇINO DO APOLO DOUTRINADOR

    SDDS 1000 APOLO :,(