Review Toriyamico: Sand Land!

Montanhas rochosas, personagens caricatos e monstros gigantes que surgem do nada pra perseguir os heróis. Um 
Toriyama clássico!

O jeito Toriyama” de fazer mangá!

Olá, jovos e jovas, Hellbolha “indahouse”! E hoje farei um “review braço de anão”: curto e grosso.

Bem, o caso é que na ultima semana estava acontecendo uma feira de livros em Caruaru City e, já nos 45 do segundo tempo, consegui dar aquela visitada rápida lá! Entre um porrilhão de livros de receita, livros religiosos, livros infantis para colorir e livros que eu não queria ler de jeito nenhum…eis que encontro 3 mangázinhos de autoria do senhor Akira Toriyama que, para quem não conhece por nome, é o criador de Dragon Ball! Foram eles: Sand Land, Cowa e Kajika, todos lançados  pela Conrad entre 2006 e 2007. E é sobre Sand Land, minha primeira leitura, que irei falar hoje (como o título bem denunciou…).

ShowImage

Imagem from Guia dos Quadrinhos.

Lançado originalmente em 2000 na japolândia, Sand Land se passa em um mundo pós-apocalíptico, mas é aquele pós-apocalíptico “segundo Toriyama”, ou seja: nada de clima pesado mas cheio de personagens estranhos mas muito simpáticos em um mundo cheio de vilarejos com casinhas esquisitas e desertos cheios de montanhas rochosas. Neste mundo a água é escassa graças aos conflitos entre os humanos e a pouca disponível é vendida à preços exorbitantes pelo Rei, o qual está sempre acompanhado do decrépito, robótico e cruel Grande General Zeu (“grande general” é um título, não o nome do sujeito, e “Zeu” é sem o “s” no final mesmo).

sandland_pages

Montanhas rochosas, personagens caricatos e monstros gigantes que surgem do nada pra perseguir os heróis. Um Toriyama clássico!

No entanto, lembremos-nos novamente que é um mundo criado por Akira Toriyama, e os personagens “peculiares” PRECISAM estar lá. É aí que entra o protagonista da história, o príncipe dos demônios, Beelzebub. O capetinha vive na região que é governada por seu pai, Satan (que é a cara do Dabura de DBZ, inclusive trajando o mesmo modelito), onde os demônios são os donos da parada. Mas não pense que os demônios são maus não! Eles saqueiam provisões de água do exército SIM, mas JAMAIS matam um humano. Aliás, eles não entendem e abominam a ideia de um humano matar a um semelhante!

Dabura também está no elenco de Sand Land.

Dabura também está no elenco de Sand Land.

Porém, tudo muda quando certo dia um humano chamado Lao, xerife de um cidadezinha próxima dali,  aparece nos domínios dos demônios. O senhor de bigodão, que mais parece o Sam Elliot,  diz que está ali para fazer uma proposta que beneficiará tanto os demônios quanto os humanos. Ele afirma que o exército tem uma fonte de água secreta e que a monopoliza afim de lucrar com sua venda, seu plano consiste em encontrar a tal fonte, desmascarar o exército e o rei e trazer a água de volta aos rios. No entanto, o exército é poderoso demais e Lao não daria conta sozinho, por isso ele pede a colaboração dos demônios nesta jornada. Beelzebub aceita a proposta relutante e diz que irá junto com Lao ao lado de seu amigo, o demônio velhote Thief, por este ser sábio e um ótimo ladrão, o que pode ser uma baita mão na roda. E assim se inicia a história de Sand Land.

sand-land-04

Prestando bem atenção ao Lao, no canto direito da imagem, acho que ele é o mesmo ator que fez o general Blue em Dragon Ball nos anos 80…

Sand Land é um mangá leve, despretensioso e que trás aquilo que Akira Toriyama tinha como proposta inicial para Dragon Ball antes de se tornar unicamente um mangá repetitivo sobre porrada non-stop: humor e aventura. Os personagens são carismáticos, o clima não fica escancaradamente pesado mas tem seus momentos de drama muito bem construídos culminando em algumas reviravoltas bem bacanas. Ah, e eu já ia esquecendo, o tema principal do mangá são tanques de guerra! Então esperem muitos tiros e explosões no que poderia ser descrito como “o mundo de Mad Max encontra Dragon Ball”. Aliás, por ter apenas 14  capítulos, daria um ótimo longa animado!

sandland-tank

Agora, nem tudo são flores nesta edição… e, não, eu não estou falando do roteiro ou dos desenhos. Estou falando do trabalho de diagramação VAGABUNDO da editora Conrad que lançou está edição como sendo “de luxo” na época, pois em 2006 um mangá custar R$14,90 era algo totalmente fora da realidade! São quadros cortados quase pela metade sem dó nem piedade quando ficam perto das bordas das páginas, mutilando a arte do Toriyama e com o texto indo junto pras cucuias. Pra algo “de luxo” o cuidado foi “de lixo”.

No entanto, apesar dos pesares por parte do trabalho da Conrad, Sand Land segue sendo uma leitura recomendada pra você que sente saudades daquela climão mais “aventuresco” da primeira fase de Dragon Ball. É leve, divertido, rápido e fechadinho! Então procurem nos sebos ou fiquem ligados quando houver uma feira de livros em sua cidade pois ele pode estar por lá (e por bem menos que R$14,90).

Nota: 8,0

  • O Desprezível Polvo Aranha

    Como putinha de Dragon Ball, já vou defendendo que Super voltou a resgatar esse clima de aventura e humor de Dragon Ball de varzea… o que provavelmente se deve a ter um fã de Dragon Ball ajudando o velho Toriyama com Super.

    • Frogwalken
    • Assisti episódios do Super, e na boa, continua a mesma coisa de sempre da fase Z, não vi nada diferente!

      • [Better Call Harvey]

        Isso!! E eu assisto todo dia com meu filho :P

        • Frogwalken

          E o Tio Black não conseguiu zoar a luta de Hack do Goku contra o Jiren.

          • [Better Call Harvey]

            Já saiu?? Vou dar aquele confere.

            To procurando aquela imagem comparando One Piece, Naruto, Dragon Ball e Bleach, mas não acho…

            (aquela que é uns boneco palito e o único que a história continua a mesma é de OP)

          • Cat Landolfi Sasina

            No manga do dragon ball super e feito pelo assistente do toryama o Toyotaro, ele e o responsavel pelo mangá, e o rumo que esta dando e outro, no desenrolar e diferente, entao e correto dizer que a historia vai por uma linha diferente ja que Toriyama so da palpites ali, mas em dragon ball super no anime ele e mais presente

          • [Better Call Harvey]

            Tanto o anime quanto o mangá só vão ter meu respeito quando o Vegeta e o Vegetto puderem virar SSJ 3 e SSJ 3 BLUE.

            ALIAS, COMO PODE UM TORNEIO COM 12 UNIVERSOS, COM 12 KAIOSHINS E NINGUEM SER UMA FUSÃO POTARA?????

            PORRA

          • Cat Landolfi Sasina

            A unica coisa boa que saiu de GT foi o ssj4 e seria maneira uma forma parecida no super isso era da hora, cabeleira, mas isso seria o mesmo que desejar o vegetto ssj3, mas e mostrado o vegeta com gold vermelho no manga, mas nao e mostrado no anime, contente-se com pouco

          • [Better Call Harvey]

            Pra mim quem deveria virar SSJ 3 seriam o Gohan o Goten e o Trunks, por serem meio sayajin meio humano.

            Goku e Vegeta apenas ssj 2.

            Aliás, segundo o Toryiama, o ssj 2 não existe, ele é apenas mais umas das 192i192 transformações do SSJ 1. o SSj 3 é que na vdd deveria ser o 2 :P

            E o SSJ 4 NON EQUISISTE PORRAAA

          • Cat Landolfi Sasina

            Tambem concordo que nao exquisite, mas isso nao impede de sonhar, ja imaginou um ozaru dourado gigante destruindo tudo naquele planetinha de merda onde esta sendo feito o torneio do poder ou um ssj blue 3 e depois um 4 bem cabeludo metendo o medo e destruindo tudo a sua volta

      • Frogwalken

        No mangá o Bills tava dando um DIBRE em todo mundo!

        E é estranho o anime estar A FRENTE do mangá, normalmente é o contrário…

        Ou é caso de Scan atrasado mesmo.

        • Egon-pastor pastafariano

          não, é caso do mangá ser mensal e dos animadores serem escravos da toei que estão desenhando episodios a base de chicotadas

          • Cat Landolfi Sasina

            No manga existe uma melhor liberdade e sendo mensal ele pode fazer o que quiser, contando que seja aprovado pelo, Toriyama, as historias se diferenciam e tomam rumos diferentes

      • Egon-pastor pastafariano

        a diferença é que quem gosta agora não tem a desculpa de ser criança pra ser feito de trouxa

    • [Better Call Harvey]

      ÉÉÉÉ…. NÃO!!!

      O cara resgata algumas ideias do DB e do começo de DBZ, mas o climão de aventura de DB NÃO TÁ PRESENTE, PELO CONTRÁRIO!! é só porradinha idiota sem sentido algum, as piadas são péssimas e NEM AVENTURA TEM NESSA PORRA

      DRAGON BALL GT (naquele primeiro arco/saga) TEM MUITO MAIS AVENTURA DO QUE DBSUPER

      • O Desprezível Polvo Aranha

        Já perde a discussão por dar qualquer elogio à Dragon Ball GT.

        • Alex

          A musica de abertura do DB GT é boa… Só isso

          • O Desprezível Polvo Aranha

            Unica coisa elogiável me GT

        • [Better Call Harvey]

          Teve idéias boas mal aproveitadas, como as black stars (que deveriam ser outras esferas do dragão, não as da terra) e o Shenlong porradeiro. De resto realmente é uma bosta.

          MAs é mais aventureiro do que a saga do Cell do Majin Boo e que DBSuper

    • PCB

      Queria falar não, mas enfia o Dragon Ball Super no goku (aproveita e pega no kamehameha e balança)

  • [Better Call Harvey]

    Já tinha ouvido falar, mas nunca parado pra ler.

    Dizem que é uma história do Toriyama para os “críticos”, pois a história é toda coesa e fechadinha e ainda tem esse lado ambiental/social, mostrando como a humanidade é FDP e mesquinha e como o meio ambiente é importante

    • Frogwalken
      • [Better Call Harvey]

        HAUShuAHSuhAUHSuhAUHSuhaUShuAHUshuAHUshAU

        Pior que assistindo DB o Goku é apenas inocente (tmb mlk criado com vô é foda) e em DBZ o Goku é todo fodão e ligeiro.

        Ai em DBSuper ele é um retardado completo (principalmente assistindo em japones).

        Já o Luffy, era mais engraçado antes do Time Skip, assim como todo munod

        • Frogwalken

          Ué, pra mim continua todo mundo engraçado ( a cena da vozinha do Pica só confirma! )

          E… É, tem que ser mesmo MUITO retardado pra chamar logo o Freeza pra ajudar na luta!

          Era mais fácil terem introduzido a Androide 21 como canon! =D

    • Egon-pastor pastafariano

      Mas o Toriyama é um puta escritor, só que ele também é um puta preguiçoso muito maior

      • [Better Call Harvey]

        VDD!! Pra mim Dragon Ball é impecável, roteiro fechadinho, engraçado, personagens bem trabalhados, história foda, ambientação foda.

        Pena que DBZ caiu mais pra porrada

        • Egon-pastor pastafariano

          Sim e até o final de DB é um FINAL, goku literalmente superou foi treinado e superou deus que é basicamente a historia do rei macaco de onde Toriyama se baseou, onde o Sun Wukong apenas para provar o propria fodacidade vai realizando feitos que superariam os dos deuses apesar dele ser mortal

          • [Better Call Harvey]

            Isso mesmo!! as forças da Red Ribon são aniquiladas, toda a treta com o mestre tsuru, tao pai-pai e ten shin han é resolvida, a origem de Shenlong e das esferas do Dragão é contada (era um única esfera que foi dividida em 7 por Deus) E no final o próprio Kami-sama diz que o Goku estava pronto pra ser o novo Deus da Terra.

            Ai a Shonen Jump forçou o Toriyama a continuar a história e veio a (excelente) saga dos Saiyajins e do Freeza, que desfez todas as pontas fechadas

          • Cat Landolfi Sasina

            Daqui a pouco Dragon ball super termina quando o anjo diz que goku e vegeta estao pronto para serem novos deuses da destruicao e a Toei e a jump forcam a continuar, ai surge dragon ball t

    • Tipo isso mesmo, apesar desse alerta vermelho é algo bem bacana.

  • O Desprezível Polvo Aranha

    Amiches, saiu um mini-episódio de Rick e Morty com referencias à Gravity Falls e Futurama (e com direito à um puta plot twist e cena pós-credito no final):

    Não esqueçam de falar nele no Bem Amiches da terceira temporada.

  • JackInDaBox

    “Entre um porrilhão de livros de receita, livros religiosos, livros infantis para colorir e livros que eu não queria ler de jeito nenhum…”
    Praticamente um garimpeiro !
    Ótima resenha.

  • Egon-pastor pastafariano

    EU SÓ QUERO DIZER QUE ESTOU TERMINANDO UMA RESENHA SOBRE UMA MISTURA DE MAD MAX E EXTERMINADOR DO FUTURO QUE VCS JAMAIS IRÃO DESCOBRIR SOBRE O QUE É

    • [Better Call Harvey]

      Aquária com o Junior boladão e a Sandy nua pelada

      • Egon-pastor pastafariano

        não, mas tem relação com algo dos anos 90 PAM PAM PAAAAAM

        • [Better Call Harvey]

          WATERWORD – o editor de texto que fununcia debaixo dágua

          • Egon-pastor pastafariano

            passou longe heheheh

  • O_Comentarista

    Parece que a arte desse mangá tá melhor que de DB.

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Um trabalho diferente do Toriyama. pena que o povo só quer saber das bolas do dragão.

  • [Better Call Harvey]

    Falando em Dragon Ball… @Evandro_loco:disqus você diz que o presidente da Terra é um Cachorro… MAS um dos Deuses da Terra é um GATO.

    Olha só como o Akira Toriyama é coerente.

    • Eu to ligado, por isso mesmo que não dá pra falar que algo não faz sentido em DB! =D

  • Tenho esse Cowa, Marusaku (os 3 volumes) e o Nekomajin. Comprei cada um por 5 reais. E também peguei a enciclopédia do Dragon Ball por 5 reais nas feiras de livros do centro do Rio de Janeiro.

    Que saudade da época que trabalhava por lá.

    • [Better Call Harvey]

      A panini que ta bobeando de não lançar Dragon Ball em Edição Definitiva + todos os 8 databooks e esses one-shots do Toriyama

      IDIOOOOOTAAASSSSS

      • Seria bom pra quem não tem isso no acervo ter uma oportunidade de comprar. Eu já acho o formato que eles foram lançados pela Conrad bons até hoje.

        • O formato era bom mesmo, tenho toda fase que vale, se lançassem no mesmo formato compraria a parte que não tenho.

        • [Better Call Harvey]

          Sim, aquele formato foi foda demais, capa, lombada, páginas, páginas coloridas, extras. Aquela edição é linda demais.

          pior é que a Beth Kodama diz que por ela DB seria publicado em loop infinito, porque ela adora. MAS A PORRA DA PANINI TÁ CAGANDO PRA DB

          IDIOOOOTAAAASSSSS

      • Seria uma boa chance para quem não tem adquirir, apesar do formato que a Conrad lançou os One Shots me satisfazer.

        • [Better Call Harvey]

          O problema da Conrad com os one-shots é que a qualidade é a mesma daqueles famigerados meio-tanko, ou seja: a cola (uma bosta) a diagramação e a tradução.

    • Ken-Oh

      PORRA!!! Comprei a maioria no preço de capa ae. E ainda fiquei sem ter Kajika e Lições de um Magaká.

  • Ken-Oh

    Tenho essa É um manga muito bom, mas n é o melhor manga do Toriyama n, como muito otakinho q quer pagar de cult fala ae. É uma história bem bacana, mas em alguns momentos ela da uma arrastada foda. Acho q dos trabalhos One shots do Toriyama o melhor é o Neko Majin, onde o proprio zoa Dragon Ball.