Review: Black White – O Processo criativo de Eduardo Risso

inicio

Há, tentativa de resenha de uma das coletânias (se é que posso chamar assim) mais legais que já vi.

Faaaaaaaala, galera. Tudo bem com vossas senhorias? Estou aqui para fazer algo que eu não faço faz um tempo (e não, dessa vez não é o bom e velho SESGO, HAHAHA!), vou falar de HQsssss! \o/

O trampo da vez é a edição incrível da Criativo Editora, mostrando o processo criativo do mestre Eduardo Risso, algo que é meio novo pra mim… eu costumava lembrar da editora publicando aqueles livros que ensinam a desenhar ou coisas do tipo. Acho essa fase “nova” espetacular. Sério mesmo!

Eduardo_Risso post_1

Enfim, imagino que não preciso gastar muitas palavras para dizer quão incrível é o Risso e seu trabalho. O cara é excepcional… Tem artes lindíssimas, uma narrativa visual de dar inveja, um trabalho de luz e sombra fora de série e, não menos importante, uma capacidade ímpar de reproduzir sentimentos e emoções… Beleza, isso já é de senso comum, vai… O fato é que dessa vez conseguimos ler as impressões e comentários do próprio artista, incluindo comentários sobre a época em que alguma arte fora produzida. E acredite, existem trabalhos de épocas bem distintas, como algumas páginas que ele fez quando tinha 10 ou 12 anos. Meu… ele já mandava benzaço, enquanto eu não saio dos palitinhos até hoje, HAHA!

Eduardo_Risso post_2

Exemplo de página que mencionei acima…. nessa época eu nem sabia o que era… hmmm… quadrinhos, vai… :-D

A qualidade do artista é tão grande, mas tão grande, que essa edição especial não poderia fazer por menos. Logo de cara já conseguimos observar uma das coisas mais legais que já vi em todos os tempos: “Edição trilíngue”. Exato… Temos os textos em português, inglês e espanhol. Quer mais cuidado do que isso? Então vai conseguir. A seleção de imagens, o cuidado com a capa, a entrevista, a qualidade das páginas, a diagramação dos elementos… está tudo muitíssimo bem trabalhado, do jeito que todos gostam! ;)

E tem mais uma coisa que esqueci de falar… A edição tem incríveis 25 x 36cm!!!!! Isso só realça todos os aspectos que mencionei mais acima.

Eduardo_Risso post_3

Olha, eu não tenho ideia do preço de capa…. Fiz uma pesquisa rápida e achei por R$59,00. Embora pareça salgado, o custo benefício é excelente. Com toda a certeza do mundo vale a pena comprar para ter guardado em casa… não é sempre que conseguimos ver um trabalho assim tão bom. O jeito agora é só esperar para que novas edições como essa sejam lançadas, de repente uma edição especial com TODOS, TODOS os trabalhos do mestre que vale, Liefeld! HAHAHAHAHHAHAHAHHAHHA… Tá, eu sei que não tem graça, AHHAHAHAHHA.

arte que vale

Essa é a obra de arte definitiva… fico até emocionado ao vê-la, *-*

Aproveitem e cliquem AQUI para ir até a fan page do Facebook da editora. Lá poderemos ter mais informações sobre os novos trabalhos dela e, possivelmente, contato com o pessoal. Qualquer coisa, segue o e-mail deles: editora@criativo.art.br.

Risso_1

Imagem achada nas internerds… por isso a qualidade tá melhor, HAHAHAH

Antes que me esqueça, desculpa aí pela qualidade das imagens… meu celular é uma porcaria pra tirar fotos, HAHAHAH. E é isso aí… até a próxima, bando de lindos! o/

Cgui
21/10/2013
  • O_Comentarista

    Arte fodástica!

  • Evandro Loco

    Edição muito foda, trampo maneiro mesmo!

  • Anubis_Necromancer

    Pqp
    Foda

  • Churrumino

    Queria desenhar assim tbm. =(

  • Max06

    O material parece ser muito bom mesmo. Sou fã do Riso desde 100 balas, acho que o mais incrível dos desenhos dele são os ângulos que ele usa nas imagens.

    • Maicon Beggi

      Seria Eduardo Risso o argentino mais querido dos brasileiros (tirando o Papa atual)?

      • Evandro Loco

        Papa? Não trabalhamos!

        • Foca Fofoca

          Papa aqui, e só o que o Churrumino tem embaixo do queixo.

          • Churrumino

            Mas que FDP, vejam vcs!!!!

      • Max06

        Tem o Salvador Sanz, de “Legião” e “Noturno”. Que apesar de ter uma arte bem foda, não é tão conhecido por aqui.

  • Action Figure Assassino

    “enquanto eu não saio dos palitinhos até hoje”

    Significa.

  • Speed Racist

    Vou comprar só a versão White mesmo. Nada contra a versão Black, é mais questão de dinheiro mesmo e tals….

  • Maicon Beggi

    Apesar de ser um comentário de nível “cortístico” é um dos desenhistas que melhor soube retratar o Batman nos últimos anos e em mais de um ocasião Eduardo Risso declarou que é um dos poucos heróis dos comics que ele se sente confortável desenhando. Parabéns pelo post.

    • cgui

      valeu, bro!
      ;)

  • Hum…Black ou White? tava pensando que era pokémon!!!

  • GaribilboBolseta

    Queremos “o processo criativo de Rob Liefeld”

  • só passei pra falar que vou autografar o meu no FIQ :D

    • cgui

      BOA!
      mandou bem, brow! =)