Reaproveitando: Bíblia das dicas (in)úteis para suas sessões de tatuagem

maq-620x276

Caso você esteja lendo isso e não tenha nenhuma tatuagem, saiba que é sua oportunidade de virar um gibizinho ambulante e entrar pra vida da marginalidade sem volta. Caso já tenha alguma(s), aproveita e vai se preparando fechar até seu espírito.

Como deu pra perceber, vou passar algumas dicas úteis ao ser tatuado. Eu, com toda minha expertise (AUIHAIUA) nesse assunto, resolvi  ser um cara legal, por um mundo muito mais divertido, :). Mas é claro que não deixarei de lançar um SHAME ON YOU!! por não ter nenhum desenho nessa sua linda pele, AHAHHA… ;o). Só lembrando que é claro que isso varia muito de pessoa para pessoa, mas não deixa de ser um bom começo pra quem ainda está perdido nesse mundo de merd$. GOGOGO!

1

Tudo começa antes, BEM ANTES de sentar num estúdio e sair rabiscando tudo. Os primeiros passos são os referentes a conhecer o brother (ou a brother, ;D) que vai te tatuar. Acho que isso vem antes mesmo de pensar no desenho. Você tem que ter confiança nele e na forma que trabalha, tem que observar se ele é uma pessoa organizada e higiênica e se consegue transmitir seus pensamentos de uma forma clara. Não dá pra esquecer de ver os trabalhos e simpatizar-se por eles. Afinal, não estamos fazendo uma coisa a toa. É seu corpo estadual, legal e bonito que está na reta.

65507_10151429089623856_1301983967_n

 

2

Ah, beleza… achou aquele mano que faz um trampo firmeza e que te conquistou? Libera o oco pra ele É hora de começar a pensar efetivamente no trampo que vai realizar. Isso pode parecer meio estranho, principalmente por você teoricamente já ter entrado em contato com o cara, mas NUNCA vá a um tatuador sem uma ideia clara do quer fazer. É extremamente chato e inútil. Busque referências, faça desenhos, exponha ideias. O cara deve conseguir te ajudar a alinhar as ideias e deixar o trabalho da forma que você pensou.

148125_10151192362749471_1825717930_n

 

5

Opa, desenho em si selecionado, local do corpo já decidido, sessão agendada, vamos caminhando pra melhor parte disso tudo, o processo do trampo. Chegue com antecedência, prepara-se mentalmente para o que vai acontecer logo em breve. Já vou adiantando o maior segredo de todos: concentração… explico em detalhes um pouco mais pra frente. Então, provavelmente nessa altura do campeonado, você já deve ter conversado sobre o preço da arte em si. Cara, combine previamente com ele como vai funcionar e tudo mais, para não ter nenhum tipo de questão. Agora é importante ter ciência de um ponto: NÃO FICA CHORANDO POR DESCONTO! É o trampo dele e que vai ficar, salvo excessões, pra sempre na sua pele. Não seja um Gariba mão de vaca, entenda a logística do pagamento e PAGUE! Duvido que você ia gostar que seu chefe sugasse até sua alma e ainda te pedisse para receber menos no final do mês, ¬¬.

199060_334211926671263_18582280_n

 

4

NUNCA, SOB HIPÓTESE ALGUMA, JAMÉ, NEVER, JAMAIS pense em ir sob o efeito de alguma dorga RIAIRAIAR para tatuar. Em primeiro lugar, porque não é saudável e pode acabar causando algum tipo de complicação para você mesmo. Lembre que é um processo que envolve bastante adrenalina, visto que seu corpo está sendo atacado de uma forma bastante ofensiva, digamos. Além de tudo, as pessoas podem ficar inquietas e ter outras reações que, acompanhadas do nervosismo/ansiedade, vão dificultar bastante o trabalho do tatuador. Ainda assim, devo lembrar que o efeito da droga vai passar… e isso não vai ser nada agradável para você. Portanto, se vai ser tatuado, seja machinho (ou minazinha, dependendo do ponto de vista, hahah) e aguente tudo no pêlo (uuuyyy, AHHAH). Eu não aconselho, também, nenhum tipo de remédio… prefiro ir na raça mesmo. Há quem diga que um relaxante muscular ou acalmante podem ajudar, pelo menos pra te manter mais sossegado e confiante durante o comecinho do trabalho. Como eu disse, não aconselho, mas caso pretenda tomar, NÃO EXAGERE NA DOSAGEM! Consuma aquilo que é aceitável e normal para você. Não abusa, cara!

284549_345104835579072_1777618109_n

 

6

Seja um cliente exigente… O tatuador vai entender se você tiver encanado com alguma parte do desenho ou o local que ele vai ser realizado. O decalque serve para isso mesmo. Tá certo que ele não é usado em 100% das vezes, isso varia com a técnica e estilo de trabalho do artista, mas ele é essencialmente comum em quase todos os trampos. Enfim, o cara pode até ficar puto pela sua insistência no perfeccionismo, mas lembre-se que é sua pele lá… Isso deve acontecer muito mais com seus primeiros trabalhos. Depois você já vai ter mais noção de como funciona tudo, como você quer a tatuagem e as coisas caminham de uma forma mais tranquila, principalmente se você realizar trabalhos com o mesmo tatuador. A química (uuyy) entre os 2 será suficiente para que todo esse processo ocorra de uma forma muito mais fluida.

293932_167819166640974_999421076_n

 

3

Beleza… tudo pronto, bora começar a tatuar?! Cara, sério… aqui vai a melhor dica que alguém pode te passar (que eu já adiantei antes, por sinal): mantenha o nivel de concentração elevado. É claro que isso não é unamidade e que funciona perfeitamente pra mim, o que significa que pode não ser efetivo para você. Enfim, tente sempre manter a concentração no talo. Se tiver uma galera com você, tenta abstrair-se deles e mantenha-se focado na tatuagem… manter o contato visual (quando possível) é uma boa forma de buscar esse “estado”, mas você usar qualquer tipo de técnica. No começo eu me deixava guiar pela música que sempre ficava tocando ou pelo barulho da máquina (que eu adoro, por sinal). Assim a gente consegue “controlar” a dor de uma forma geral. Quando eu digo que tatuar não dói, não é que seja totalmente indolor, mas que minha concentração funciona de uma forma eficiente, deixando todo o processo bastante agradável, :).

430004_356290624460493_1866672086_n

 

7

Após concluir todo o processo, uma ultima limpeza deve e será realizada no local, seguindo por uma proteção usando, geralmente, um daqueles plásticos PVC (para alimentação em geral e tal). Saiba que essa é uma forma de deixar o local recém-machucado o mais higienizado possível. Porém não é necessário o uso o TEMPO TODO. Isso nem é bom, na realidade. É importantíssimo que a pele possa respirar por vezes, mas claro que isso varia com a intensidade da sessão e o local onde a tatuagem fica localizada. Em locais que vivem cobertos, como a canela, por exemplo, é importante aplicar a proteção sempre que utilizar alguma calça, trocando a cada porção de horas. Na sua casa, tente deixar o local sem nada (além da pomada cicatrizante), você notará que a cicatrização ocorrerá sem problemas e ocorrerá menor perda da pigmentação da tinta aplicada.

482987_253961584693398_1205773544_n

 

8

A cicatrização é a alma do negócio. Uma tatuagem não é nada menos que um grande ferimento que é revestido por uma tinta e disposta em formas específicas (os desenhos). Como toda ferida, isso irá cicatrizar e, depois, ficar uniforme à pele. Por isso é necessário tomar um cuidado quintuplicado (aposto que isso nem existe) aqui, pois a cicatrização interfere de uma forma absurda no resultado final do trabalho… além de te dar um retrabalho durante algum eventual grande retoque. Siga as orientações de uso da pomada citada acima. Tenha um cuidado incrivelmente especial com sua alimentação. Procure evitar as carnes de porco, chocolates, gorduras e frituras, como sempre é sugerido. O fato é que isso tudo pode gerar algum tipo de alergia e/ou atrapalhar no processo de cicatrização em si. Eu tenho uma cicatrização ótima em geral, então acabo mantendo minha alimentação de merda intacta… Mesmo se conhecendo e sabendo como seu corpo funciona, tente ser gentil nesse aspecto, só para garantir. É aquela velha história… faça o que eu digo e não o que faço, :o).

522947_300130733409816_1338325167_n

 

9

Não fique desesperado. Com o passar dos dias/semanas, dependendo da intensidade do trabalho, você notará que a tinta começará a descascar e cair. Isso é perfeitamente normal e equivale à casquinha de um ferimento qualquer que tivemos.  É importante evitar arrancar essa pele ou coçar a região em questão, para não correr o risco de danificar o trabalho (e voltar lá para refazer grandes partes, :S). Caso a coceira esteja beirando o impossível de aguentar, tenho uma técnica ótima para aliviá-la: pegue sua pomada e comece a passar bem devagar e em movimentos circulares. NUNCA use suas unhas, sempre vá com as pontas dos dedos. Ao fazer isso você estará se aliviando o incômodo de uma forma praticamente inofensiva pra tatuagem, além de passar a pomada no período indicado. Caso o mesmo aconteça depois de totalmente cicatrizada (o que é dificil), repita o mesmo processo substituindo a pomada por um creme hidrante… só tome cuidado para NÃO usar o creme quando ainda estiver com feridas. Dói pacaralho, umas vezes eu acabei ficando distraído (distraído?? seeei, hhaha) e usei. True Story!

548714_10151248273114471_301139910_n

 

10

E por falar nisso, é bastante legal manter a área sempre umedecida. Tudo para preservar ao máximo as cores aplicadas ali no local. Não esqueça de proteger do sol e utilizar sempre um protetor solar com um bom fator de proteção e nunca entre no mar. Sal, cara! E por falar nisso, evite as piscinas também…

995940_492471900842364_2023918740_n

 

11

Em posse de sua tatuagem já totalmente sensacional, volte no tatuador. Ele conseguirá ver o trabalho num todo e irá realizar eventuais retoques/acertos para deixá-la 100% mesmo. Nem preciso mencionar que é bom falar com ele previamente, só pra não virar bagunça! Esses retoques costumam já estar inclusos no pacotão láááá do começo. Por isso é importante entender todo o processo já naquela ocasião. Caso seja necessário realizar alguma intervenção, não esqueça de cuidar como se fosse uma tatuagem nova, afinal não queremos voltar lá uma terceira vez por causa disso.

Jenna Freitas

 

12

Os tempos pós-tattoo são bastante alegres. Você pode voltar a beber e comer desesperadamente igual antes, mas é sempre bom manter alguns hábitos de preservação. Mantenha o uso constante de hidratantes e protetores solares. Não precisa ficar bitolado nisso, mas é legal não abandonar de vez e sempre ter um trabalho que exala (uia, termo classudo, ahahha) qualidade.

Tatuagens-diversas-61

 

13

FIQUE BADASS! Pessoas tatuadas são mais interessantes… sério… Elas tem uns trampos fodas complementando sua beleza, não tem como dar errado. Sei que é a mais pura regra da cagação de regra (é o inception das regras, AHHAHAHA) comportamental aqui, mas elas geralmente são bastante autênticas, principalmente por expor partes de suas vidas, pensamentos e gostos de uma forma bastante explícita… isso deve valer algo, ;D. Além de tudo, é uma forma bastante útil de conhecer pessoas diferentes… Falar sobre tatuagem é um ótimo começo pruma conversa, mesmo praquelas que não possuem nenhuma, visto que geralmente sempre rola algum ou outro tipo de curiosidade. Converse, sempre que possível, com pessoas tatuadas, tente entender o motivo de seus trabalhos ou elogie aquele desenho magnífico, só use do bom senso, por gentileza. Sim, isso significa que você NÃO DEVE sair tocando a pele alheia assim… Respeito é essencial, mesmo se for tatuado também.

tumblr_lyr9ssWYb61qzabkfo1_1280

E foi assim que eu cheguei onde estou. Até o momento possuo 11 trabajos e pretendo encerrar o ano com, pelo menos, 15. Vai ser dificil, visto que sou um mendigo e uso toda minha grana em putas baratas e crack. O objetivo final de vida vai ser fechar a maior parte possível do corpo, sem contar a alma e dignidade, que eu nunca tive.

Caso você tenha feito alguma tatuagem recentemente, acompanhou algum colega em sua sessão ou tem alguma coisa interessante para compartilhar, fica a vontade aí nos comentários.

E antes de encerrar, só queria lembrar que esse é um texto totalmente baseado em minha experiência ao ser tatuado. Logo, ele não reflete, de forma alguma, uma verdade extrema… É só um pretexto pra eu fazer um post gigante (ah vá?!) sobre algo que gosto, AHAHHA. Talvez ajude alguém. O importante é SEMPRE conversar com seu tatuador e pedir dicas, além de seguir à risca suas recomendações quanto à saúde e segurança.

Falou aí, amiches e Inked up! o/

PS: Texto publicado originalmente no exsite mrzidoinferno.com.

Cgui
20/11/2013
  • Bruno Henrique

    Tenho a leve impressão que de que o Aliches invadiu as Tags desse post.

    • cgui

      eu sou tão bosta, mas tão bosta que só copiei as tags, AAHUAUIAHUIHUAHUA

      • GaribilboBolseta

        hahahahahahahahaha’

  • Cara, tô na pilha de fazer outra tattoo, isso vai me ajudar pra cacete.

    Texto foda, Cgui.

    • cgui

      é nóis, abigou! o/

  • Evandro Loco

    Passando aqui só pra dizer o quão foda ficou esse texto!

  • Nicolas Luz

    maaaaaaaaaano… chorei naquela tattoo do V… PQP!

  • Tattoo na vibe :)

  • Doutor Slag

    Aviso logo que não gosto de mulheres tatuadas (galdolfikenobando)

  • O Impronunciável Zweist

    “significa que você NÃO DEVE sair tocando a pele alheia assim” Porra, tem dessa é?

  • Cara, as vezes eu me pego (UI) pensando em fazer uma tattoo no braço. Quando eu estiver 100% decidido, esse post vais me ajudar pra caramba. Ah, bom post cara :D

  • EU vou falar a verdade: ainda não fiz as tatoos que pretendo porque to gordo bagarai, mas quero emagrecer um pouco. Fica muito bizarro vc estar com um certo tipo de físico e começar a perder/ganhar peso. Tenho amigos que fizeram durante essa transação de peso e a tatoo dá uma distorcida.