Precisamos falar sobre falar sobre o caso Logan Paul e a importância das coisas na internet

Sério… eu não sei qual título colocar nisso aqui. Não me julguem.

Feliz 2018, gente!!!!!!!

Eu não queria começar o ano assim, mas eu comecei. Eu sou uma pessoa horrível, eu sei.

Eu não estava sabendo disso até 20 minutos atrás (comecei escrever isso às 14:20, por sinal) e é uma coisa que eu quero falar faz tempo, então vou aproveitar a deixa.

Bom… Para quem, igual eu, não sabe, Logan Paul é um Youtuber gigante (que eu não conhecia). Isso não é um problema (até é, mas eu falo sobre isso mais pra frente… prometo), o negócio é que ele subiu um vlog em que está andando pela floresta em que uma galera do Japão comete suicídio (certamente vocês já ouviram falar dela, é a Suicide Forest) e encontra um corpo pendurado.

Eu não sei quando o video foi pro ar e nem consegui ver ele na íntegra, no máximo encontrei uns re-uploads e videos com cenas pontuais e pessoas comentando, então já não sou o melhor exemplo quanto à isso, mas eu também nem fiz questão de procurar. Não preciso disso.

Enfim, como era de se esperar, a internet saiu crucificando o rapaz (com total razão, inclusive), o que não diminui o que ele fez. Não que seja por maldade, nem por sensacionalismo, nem por qualquer outra coisa. O problema aqui é: Ser uma pessoa pública não te torna imune às coisas.

Deixa eu elaborar isso melhor:
Suicídio é um problema sério. Seríssimo. As causas que levam às pessoas a cometer suicídio (seja lá quais forem, não sou estudado o suficiente para falar isso com propriedade alguma) são importantes e não podem ser trivializadas. Ponto.

Ser uma pessoa famosa ou ter um canal com 15 milhões de inscritos, em que um video atinge pelo menos umas 4 milhões de pessoas (eu vi alguns vários que tinham entre 6 e 10 milhões de views), não justifica que você pode falar o que quiser ou fazer o que  bem entende. É claro que ele é só mais um cidadão normal e tem o direito de falar o que bem entender, ou de estar errado, mas isso só implica que ele tem que pensar 20 vezes antes de fazer aquilo que ele quer fazer. É preciso lembrar que o que é falado atinge milhões de pessoas, o que deveria ser suficiente para inibir esse tipo de coisa.

Posso passar para o nosso lado. Nós somos um site super pequeno, o que também não tira a importância do que fazemos ou falamos. De um tempo (alguns anos, sendo sincero), eu ando me policiando muito sobre o que eu falo ou, mais importante, como eu falo. É claro que as coisas escapam, o que não me torna melhor, além de eu estar aberto para discussões sobre isso. Inclusive (é a primeira vez que estou falando sobre isso, não tenho certeza se falei para o pessoal do site em si) é por isso que não gosto do podcast de gordos. Eu editei bastante coisa (que ficaram fora daquele extra que foi postado), mas não me senti confortável com o assunto e a direção que aquilo tomou.

Eu sei  que fiz muitas coisas duvidosas no meu passado recente e espero que as pessoas ouçam e discutam sobre isso (se não for publicamente, pode ser diretamente comigo), mas eu me sinto bem em pensar que mudei muito da forma que eu pensava. Não é uma diminuição do que eu fiz, mas eu acho importante poder falar sobre e abraçar abertamente a ideia de que a gente pode ser alguém melhor se pararmos pra corrigir essas “pequenas” coisas.

Então… voltando pro assunto do post, eu dei essa volta toda pra falar que somos suscetíveis à erros. Não, nós erramos! O cenário ideal é não soltar esse tipo de coisa, mas sempre devemos nos preocupar com o alcance que temos, afinal mesmo que o nosso alcance seja minúsculo, ainda atingimos pessoas, seja falando sobre o político X ou Y no Facebook, idolatrando a ideologia Z em videos do Youtube ou incentivando o ator W com as ações malucas dele no Twitter. Tudo tem uma repercussão e nós levamos isso MUITO mais levianamente do que deveríamos.

O que eu queria dizer, no final desse desabafo todo, é que precisamos pensar 10 vezes como indivíduos e 50 vezes vezes como “avatares” da internet ao falar qualquer coisa. Não porque precisamos de pessoas mais chatas ou menos engajadas, mas porque precisamos de pessoas mais conscientes e que entendam o alcance das opiniões delas. Afinal, se nós não começarmos a tornar o nosso mundo melhor, quem vai fazer isso?

Me deixem saber o que vocês pensam sobre essas questão de trivialização das coisas por estarmos na internet. E por favor (por favor, por favor, por favor mesmo) nos falem quando acharem que estamos fazendo algo errado ou que, de alguma forma, te incomodaram.

<3

  • O Pistola Polvo Aranha

    Cgui falando sobre um assunto sério se forma sensata e racional (ou seja, sem influência de drogas). Esse ano começou esquisito.

    De resto, apoio a malhação à esse youtuber. Puta escrotidão essa.

  • O_Comentarista

    Um vídeo q não vi de um Youtuber q nunca ouvi falar falando de algo q não me interessa. Realmente não sou o público alvo disso.

    Concordo com o q o Cgui falou, mas entramos num paradoxo de liberdade de expressão vs. limite de expressão.

    • Mas foi esse o intuito do texto inteiro, poder falar o quiser não é a mesma que dever falar o que quiser. Especialmente pra uma pessoa pública (pelo que já falei ali)

      • Frogwalken

        Aí que tá, CGUI, o texto parou no ” … e encontra um corpo pendurado. “

        Não sabia se ele vomitou, se imitou o BICHO PIRULETA, se dançou LAMBADA com o Cadáver etc.

        Rolou um TO BE CONTINUED e fiquei boiando, fui procurar pra ver qual
        a retardadice que o cara aprontou quando encontrou o cadáver.

        E foi muita escrotice da parte dele, isso eu confirmei vendo as cenas.

        • Opa… vc tem razão.. eu achei que tivesse ficado subentendido, mas reli agora e fica meio vago mesmo…
          Enfim, ele e o grupo dele foram super escrotos e basicamente normalizaram essa situação toda e tal…
          Foi mal

    • [Better Call Harvey]

      a resposta é simples: você pode tudo, desde que não ultrapasse os limites dos outros e da dignidade à pessoa humana.

      Tenho direito de me expressar? Sim, claro.
      Posso emitir opiniões racistas, preconceituosas ou de incitação ao ódio? JAMAIS.
      Tenho direito de ir e vir? Sim
      Posso entrar em qualquer residência? Claro que não pohha.
      e por ai vai…

  • Frogwalken

    Floresta do Suicídio… Aokigahara… Um lugar LYNDO pra se visitar a noite e acampar SOZINHO! =D

    Sim o Paul tomou NOKU e foi merecido, pra ficar melhor só se ele tivesse ficado perdido nas Catacumbas de Odessa.

    Acredito que dependendo do Assunto e das REGRAS DE ETIQUETA estabelecidas nos comentários,
    certos assuntos não precisam ser pensados duas vezes.

    Por exemplo, sobre essa bela cosplayer de Jill Valentine, que ficaria melhor sem toalha! =D

    https://i.imgur.com/4KTEWTc.jpg

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Tem toda razão e eu ainda dou a minha!

    Esses youtubers tem que ter consciência do quanto eles influenciam o seu público. para o bem ou para o mal.

    • Frogwalken

      Pra quê mexer onde não deve, né?

      Teria sido muito melhor filmar alguma protestante gostosa peladona, mas NÃAAAAAAAAAAO…

    • [Better Call Harvey]

      A uns meses atras (uns 4), vi uma reportagem do SBT Reporter, onde mostrava crianças que se queimaram gravemente ou morreram, porque seguiam os desafios do pessoal do youtube.

      pode parecer bobeira, mas a mulekada imita sem pensar 2 vezes. É uma parada séria da pohha

      • Frogwalken

        Acabei de ver, um gordinho que quis imitar o Desafio das Mãos de Fogo e
        se ferrou-se bonito, com queimaduras graves pelo corpo.

        O FDP que faz essas merdas devia pelo menos avisar

        ” PelamordeDeus, não façam isso em casa, cês vão morrê!!! ” .

        • [Better Call Harvey]

          esse mesmo!! o moleque teve queimaduras pelo corpo inteiro, e foi suave ainda, teve os outros que morreram e a familia pensou q era suicidio, mas na vdd era desavio de youtoba

  • Lucas Joestar

    Não li tudo

  • [Better Call Harvey]

    Bom pelo que entendi…

    ninguem se ofendeu com o TOP 6 Filhas do Dono do Baú :D

    *Boa CGUI, tmb me preocupo com essas paradas mais sérias e a banalização da vida é algo abominável ( a menos q seja o Sir Vini tomando uma facada ).

  • Anubis_Necromancer

    Eu só soube disso ontem a noite.
    Sinceramente, daqui a pouco as cosias vão está tão ruins que o Youtuber vai ser um pornhub com censura.

  • Glaydson Melo

    Excelente post, Cgui.

  • Primo Vermelho

    Ótimo texto para começar o ano. Concordo 100% com o que você disse e vou além: Não só pessoas influentes precisam pensar duas vezes antes de comentar algo, mas cada um de nós, comentaristas (não confundir com o amiche “Comentarista), precisamos pensar no que vamos escrever.

    Afinal de contas, um cara influenciador pode fazer muita merda, mas bilhares de comentaristas podem fazer um estrago bem maior.

  • Bulmo

    Pesaaado..
    Mas, bom texto cgui 👌

  • Strider_Tag

    Logan Paul não era aquele cara que andava pelo mundo e se filmava fazendo “espacate” ? É, devia ficar sò nisso mesmo …

  • Egon-pastor pastafariano

    sem fazer piada, o cara filmou um cadaver e pos no youtube? pergunto porque o texto parece google transletizado e não acho que entendi bem

  • Frogwalken

    Espero que os Amiches estejam aproveitando as Férias em ACAPULCO! =P

    • [Better Call Harvey]

      Calma xófen, estamos voltando

      • Frogwalken

        Pensei que só iam voltar em Fevereiro! HUAHAUHAUAHUAHUAHAUHAUAHUAHAUAHUA

    • Até ja comecei a editar o podcast da semana que vem HAUHAHAUA!!

      • Frogwalken

        Então beleza! =D