Post dos Amiches – Sem escalas por Dr Manhattan

non-stop_sem_escalas_02Liam Neeson aprontando altas confusões em um avião muito louco

Beeemmm amiches… depois de deixar meu fígado marinando em álcool neste Carnaval, volto com mais uma resenha/crítica/análise/sei-lá-o-quê do filme “SEM ESCALAS”  Aperte seu cinto, peça um suco de laranja à aeromoça gostosa e dá um zóio nessaporra.

Liam Neeson é um agente especial que AVUA pelos aviões mundo a fora disfarçado como um passageiro. Sua missão é impedir que algo como o 11 de setembro ocorra novamente, ou coisa assim. Mas não é só isso. Liam Neeson é um fudido alcóolatra onanista que perdeu a filha numa busca implacável e por isso ficou numas de ficar down, solitário, sombrio, perturbado… tipo o Bátema, mas sem aquela viadagem toda.

Nota do Evandro: HAUAHUAHAUA, isso ficou sensacional

Nota do Evandro:
HAUAHUAHAUA, isso ficou sensacional

Liam Neeson tá lá de boas (bem, mais ou menos… o cara é meio nóia) prestes a passar mais um dia “corriqueiro” de trabalho. Já no avião, em voo (NÃO!! CAVALGANDO, PORRA!!), ele recebe uma mensagem de texto privada no chat de gordos travestis que ele frequentava. Na mensagem, alguém pergunta algo sobre uma peça. Há também uma ameaça de matar passageiros a cada 20 minutos se uma quantidade exorbitante de dinheiros não for transferida para a conta fornecida pelo (a) terrorista. E assim, depois de salvar um sem-número de judeus do jugo nazista na Segunda Guerra, Oskar Schindler tem agora de salvar 150 passageiros de uma ameaça invisível. Qualquer um no avião pode ser o (a) inimigo(a)… o cara árabe… a Julianne Moore… o cara invocado que parece russo… a aeromoça gostosa… a menininha de 11 anos saída da Vila dos Condenados que viaja sozinha (minha aposta)… e até mesmo… O PRÓPRIO LIAM NEESON PAMPAMPAMPAAAAMMM!!

non-stop_sem_escalas_03

O tempo vai passando… inacreditavelmente mortes vão ocorrendo e a Dilma não faz nada e nada de se ter uma resposta. O enredo do filme apoia-se justamente nesta paranoia de não se saber quem está por trás de tudo… em não saber em quem confiar. Inclusive, em não saber se o próprio Liam Neeson é confiável. Afinal, em certo momento descobre-se que a conta que o dinheiro deveria ser transferido está em seu nome. Seria tudo isso uma espécie de “Clube da Luta” dentro da cabeça do agente? Ou seria apenas a menininha diabólica brincando com a mente dele? Claro, no filme não é a menininha diabólica. Mas… e se for isso que ela quer que a gente pense? É sério: o que uma garotinha está fazendo SOZINHA num voo internacional junto de um monte de gente esquisita? Bicho… se eu fosse o personagem do Liam Neeson (que tem um nome… Bill… mas… foda-se) metia-lhe o pipoco na cabeça sem pensar duas vezes. É o que o agente J faria, pelo menos.

Vídeo youtubo

“May I ask why you felt little Tiffany deserved to die?”

Ok, Manhattan… a trama parece envolvente e tals… mas eu vim aqui pra ver PORRADA!! Bem, há muitos momentos de tensão no filme obviamente… afinal, ninguém fica de boas sabendo que mortes estão ocorrendo, que o agente responsável pela segurança de todos pode ser o culpado pelas tais mortes, que há uma bomba no avião e que só restaram aquelas malditas balinhas de gelatina em forma de aviõezinhos para o serviço de bordo. Ah, é… tem uma bomba no avião. Isso foi meio que um spoiler, né? Pois é… ah, mas filme de ação em avião sem bomba não é filme de ação em avião. E sabe quem colocou aquela bomba lá? A menininha diabólica é claro. Mas isso é apenas minha opinião.

Ô lá em casa...

Ô lá em casa…

Ah, é… mas então… sobre a AÇÃO. Bem, mesmo no espaço reduzido temos algumas cenas de luta interessantes… Liam Neeson recebe uma sonora porrada na cabeça que doeu até em mim (é uma cena bacana, inclusive)… além disso, rola ação massaveística durante manobras muitcho loucas do piloto rendendo um momento mezzo massavéio mezzo cômico em que a revórva “flutua” no ar devido a manobra brusca da aeronave bem no exato momento em que a arma mais se fazia necessária… enfim… MAAASSSSSAAAAVVVEÉÉÉÍOOO!!

Em caso de massaveísmo aéreo, máscaras de gás cairão sobre seu assento.

Em caso de massaveísmo aéreo, máscaras de gás cairão sobre seu assento.

Enfim, o filme não é nenhum novo “Duro de Matar” mas é bacana de se ver. Em um mundo em que temos de engolir coisas como um filme sobre o Justin Bieber, “SEM ESCALAS” certamente é uma boa pedida, sem dúvida.

Psirico: provando que há coisas piores que bombas, sequestro aéreo e balas de gelatina na forma de aviõezinhos...

Psirico: provando que há coisas piores que bombas, sequestro aéreo e balas de gelatina na forma de aviõezinhos…

Mande seu texto pra gente, contato@superamiches.com

Evandro Loco
10/03/2014
  • O_Comentarista

    Hahahahahahahahahahhaa!

    Excelente resenha!

    Cada parágrafo tem uma piada.

  • Anubis_Necromancer

    e eu achava ela gostosa naquele tempo de lolitinha, prestes a ser pega de jeito…
    Agora, tá um estupro em banheiro publico^^

    • Dr. Manhattan

      “Seja você mesmo em qualquer lugar e em qualquer situação” dizia minha sábia professora de Literatura do Ensino Médio.

      Bem… obviamente ela não conhecia o Anúbis. :)

      • Anubis_Necromancer

        Se quiser me apresenta-la, to aqui pra isso^^

  • El-Locoon

    Charles Bronson nos dias de hoje.

  • Bob_Balburdia

    Bons tempos de “Aperte os cintos o piloto sumiu”
    Ah, e boa resenha.

  • Polvo Aranha

    Bom filme, vale a pena assistir no cinema.