Post dos Amiches – American Horror Story Coven por Coruja

1Post enviado pelo Coruja, o Homem de visão!

LAMBDA, LAMBDA, LAMB- Hey!
Desculpa, site errado. OLÁ, BEM AMICHES! Se você está lendo isso é porque algum post de top músicas não ficou pronto e os S..A. precisaram de um post tapa-seu-buraco.

“Pela última vez: late mais alto que daqui eu não te escuto e do camarote eu não consigo ver."

“Pela última vez: late mais alto que daqui eu não te escuto e do camarote eu não consigo ver.”

Talvez você já tenha ouvido falar da série American Horror Story. Uma antologia que em cada temporada conta vejam só, uma história de horror americana! Baseada em tipicos contos de terror folclóricos da terra do Tio Sam, vou falar da sua terceira temporada: Coven.
Por causos de que? Pois ela é legal, eu to acompanhando e quero falar dela, homessas!

 “Não olha pro lado quem tá passando é o bonde.”


“Não olha pro lado quem tá passando é o bonde.”

Tudo começa após as primeiras fogueiras em Salem. Obviamente que só mulheres inocentes viram churrasco. Mas temendo que alguém de uma dentro, as verdadeiras bruxas saindo do paraíso na terra (Massachusetts) e fogem pro sul, mais precisamente New Orleans – Louisiana. Lá é fundada o Instituto Charles Xavier para jovens superdotados a Acadêmia para Excepcionais Jovens Garotas da Madame Robichaux. Um lugar onde as bruxas podem aprender controlar seus dons, as attention whore e psicopatas tipo as mulheres da sua família. Os dons são habilidades sobrenaturais naturais, que as bruxas possuem. Essas habilidades podem ser recriadas com feitiços mais elaborados, mas quando dons, são naturais, sem necessidade de uso de algum aditivo ou objetos para serem realizados. Bruxas realmente poderosas podem demonstrar até cinco dons. Mas a cada geração, uma das bruxas possui 7 ou mais dons. Essa bruxa é chamada de Suprema. E é a lider informal do clã (coven em inglês). Não se sabe se a proximidade da morte da antiga que gera o surgimento da próxima, ou se é o contrário. Mas o certo é que enquanto uma decaí( através de doenças, enfraquecimento, câncer) a próxima fica mais forte ( os poderes aumentam e surge novos dons). A Suprema indiretamente representa os caminhos que o clã deve tomar naquela geração.

 

“Responda rápido: Casa, come e joga do barranco. Lembrando que a Zoe, a da extrema direita tem o dom da viúva-negra. Meteu a vara, perdeu a vida.

“Responda rápido: Casa, come e joga do barranco. Lembrando que a Zoe, a da extrema direita tem o dom da viúva-negra. Meteu a vara, perdeu a vida.

Mas saindo um pouco da mitologia e indo direto a trama, sem dar spoilers, a série gira em torno das novas alunas da academia, que protegidas com doce, querida e relapsa pra cacete Cordélia Foxx (Sarah “linguá presa” Paulson) e a sua mãe a Suprema atual e provável B.F.F. Da Gemma Teller, Fiona Goode ( Jessica Lange. Sério caras, é a Gemma, com superpoderes).
As alunas são: Zoe Benson (Taissa Farmiga), Madison Montgomery (Emma Roberts), Queenie ( Gabourey “Preciosa” Sidbe) e Nan (Jamie Brewler).
Ainda temos a participação das figuras históricas Marie Lavreau ( Angela Basset, Aliches e Geovana piram!) e Madame Delphine LaLarie (Kathy Bates, Speed Racist vai achar um personagem injustiçado) e dá hippie, gostosinha e fã da Stevie Nicks, Misty day (Lily Rabe, trabalhamuzz).

“Você disse que tem namorada? Tinha! Geovana Lavreau, vai fazer um ziriguidum pra friendzone em tu.”

“Você disse que tem namorada? Tinha! Geovana Lavreau, vai fazer um ziriguidum pra friendzone em tu.”

Bom, porque assistir? Vejamos. Além da atuação sublime da maioria das atrizes, do fato de você em alguns momentos se sentir mal por torcer por esse bando de psicopatas( Madison seria uma pretensa old lady perfeita pra qualquer MC), muito sexo, roteiro dinâmico e cheio de tiradas de humor negro e referências. Duvido você assistir o quinto episódio e não gritar “ASH WILLIAMS!”
Basicamente é uma história escrita pelo Sir. Vinnie (vamos mostrar como é uma merda dar moral), pelo Bruno( AAAAAAAI CARA, zoofilia ou necrofilia? Ah, vamos colocar os dois) e pelo Aliches ( Ô pia, bota uns preto aí. Isso e bota um piano também. E Jazz, cara. Isso, filho-da-puta) e editado pelo Evandro ( Nããão Caraaa. #NãoCara. NÃO, CARA. NÃO!). Com não amar algo assim? Assistiu, não assistiu, pretende assistir? Comente ai!

“Na real se você olhar, ela é bem normal. Até meio queixuda e reta... Mas me amarro nessa lazarenta. “

“Na real se você olhar, ela é bem normal. Até meio queixuda e reta… Mas me amarro nessa lazarenta. “

P.S: O dom da Zoe, que mostra no inicio do piloto é chamado de viúva-negra. Basicamente sexo com ela causa morte instantânea. Aparentemente não é efetivo contra mortos-vivos e o Gariba.

#NãoCara

#NãoCara

Quer mandar um texto pra gente, nem que seja um #NãoCara: contato@superamiches.com

Evandro Loco
15/01/2014
  • O_Comentarista

    Dizem que da série, essa temporada é a pior.

    Digo isso sem ver temporada nenhuma…

    • Evandro Loco

      Ouvi falar que essa temporada estava muito boa, a 2° que não consegui terminar!

      • Tom Grotto

        Também desisti da segunda temporada, mas não por ser ruim ou algo do gênero, só porque era pesado demais até pra mim…

  • Churrumino

    Gostaria de ver “Uma História de Terror Brasileira” com os seres do folclore brasileiro, mas aí eu lembro que já existe e se chama “Sitio do Pica-Pau Amarelo”.

    • Action Figure Assassino

      E ainda seria escrito pelo Bruno Mazzeo, que se colocaria como personagem, que seria o comedor ricaço fodão.

      • Churrumino

        Bruno Mazzeo seria o Pedrinho.huhauhahuauhahauha!

    • Coruja. O Homem de Visão.

      Já teve. Se chamou: Saramandaia.

      • Churrumino

        Pavão misterioso, pássaro formoso…

  • Maicon Beggi

    Parabéns pelo post Evandro Loco. Há um bom tempo me interesso por essa temática das Bruxas de Salem e o que envolve a religiões que envolvem o paganismo (ainda mais centradas na figura feminina). Julgo ser uma boa sacada essa história de habilidades mágicas/sobrenaturais de fundo genético (não tem como não comparar Córdelia Foxx com o professor Xavier e a busca pelas novas bruxas com o recrutamento de alunos da Escola Xavier) e piadas com Hogwarts. Sem ser pedante, a metáfora da “Superiora”: enquanto as mulheres mais velhas perderiam seu encanto (saúde, a beleza e o próprio apelo sexual) as mais jovem entram em processo de ascensão com o próprio mercado de entretenimento.
    Quanto a beleza das atrizes, concordo com você Misty Day (Lily Rabe) tem um charme especial (um algo a mais, além do poder mais “foda”), a Cordélia Foxx (Sarah Paulson) ganha pontos pela personagem e pelo charme de “coroa conservada” mas em termos de beleza o destaque fica, na minha opinião, com a Madison Montgomery (Emma Roberts) que supera em muito a beleza da tia famosa.
    Desculpe pelo tamanho do comentário, me empolguei.

    • Evandro Loco

      Valeu, mas o crédito vai todo pro Coruja que enviou o texto!

      • Maicon Beggi

        Então parabéns a você e ao Coruja.

        • Churrumino

          Parabéns a todos os envolvidos!

          • Evandro Loco

            HAUAHUAHAUA!!!

        • Tom Grotto

          Parabéns para o Coruja que sambou com descrições perfeitas para a série!
          Essa série é a melhor coisa no ar atualmente (considerando que coisas melhores estão em hiato).
          American Horror History >>>>>>>>>>> The Walking Dead

      • Coruja. O Homem de Visão.

        Valeu, por um momento me senti: “Kirby por um dia”

    • Coruja. O Homem de Visão.

      Hã… De nada, eu acho.

  • Bom post Corujito, valeu mesmo por ter me poupado tempo de escrever sobre a série HAUHAUHAUAHUAHAUH E o legal é que no começo essa xorna toda tem uma pegada meio X – Men, com elas entrando em conflito até estabelecerem uma amizade e se tornarem próximas, mas no fim, é tudo puta e piranha mesmo, tirando a Nan que é a unica ‘normal’ ali no meio. O engraçado é que a série foge um pouco do título, não creio que ela seja terror, não há sustos apesar de algumas cenas gore, mas isso não tira o mérito da série que é BIZARRA pra caralho. o/

    • Coruja. O Homem de Visão.

      Quando assisti o primeiro episódio dessa temporada pensei: “Porra, X-men com bruxas? Ai veio o lance da festa e #NãoCara. Ai que tá, o nome é HORROR. Que me passa mais a ideia de algo bizarro e angustiante que propriamente assustador.

      • Kamen Driver

        Stevie Nicks… Fleetwood Mac… Ai Sim!!!!!!!!

      • To com o 11 e 12 pra assistir tipo…agora hauahua

  • ótimo post coruja, vosmicê é um homem de visão!!!