Pesquisa confirma que games causam violencia… só que não.

Sempre que há uma crime envolvendo jovens juvenis e infantes, as associações de velhas malcomidas e velhos de paus pequenos pais e mestres, jornalistas, psicólogos e a sociedade em geral ficam se perguntando “PORQUÊÊÊÊ????” e gritando dramaticamente para o céu.

 assassins_creed_final

E quando acontece uma tragédia dessas, dúzias de estudiosos do comportamento humano e outros palpiteiros rastejam de sob suas pedras para irem à TV e jornais, rádios  dar suas opiniões e contribuições sábias para o entendimento de tal problema.

 

Desde os tiroteios em Columbine (culpa de Doom), passando pelo Atirador do Cinema em São Paulo (culpa de Duke Nukem) e até mais recentemente, um crime com cara de limpeza de arquivo, onde já jogaram logo a culpa em Assassin´s Creed, a mídia sempre teve necessidade de procurar a explicação mais rápida. E já passaram por tudo. Desde as mensagens satanicas dos Stones e Ozzy, Marilyn Manson, o RPG de mesa,  já virou filme inclusive isso, houve a demonização de D&D, houveram os casos de Guarapari e Ouro Preto, nos quais os órgãos de imprensa já foram apontando o dedo para o RPG. Depois que ficou esclarecido que  um foi um latrocínio (Guarapari) e o outro relacionado à drogas (Ouro Preto), houve pouca atenção aos fatos. Polêmica vende. Verdade, não.

A bola da vez agora são os videogames, com defensores e detratores se atacando por toda parte.

 

Mas nada que um pouco de dialogo não resolva.

Mas nada que um pouco de dialogo não resolva.

Que tal então a imensa atenção que não vem sendo dada à uma pesquisa de DEZ ANOS COM DEZ MIL DÓLARES CRIANÇAS, que demonstra que anos de exposição de mentes jovens à violência em games não afeta um pentelhésimo o comportamento de crianças?

Vamos lá explicar melhor.

A Universidade de Glasgow nas Inglaterras fez uma pesquisa com cerca de 13 mil crianças, nascidas entre 2000 e 2002, entrevistando suas mães  e as próprias crianças, ao longo de dez anos. A pesquisa confirmou, em resumo, quatro principais fatores.

  • Exposição à  videogames não têm efeito no comportamento, atenção ou problemas emocionais.
  • Assistir 3 horas ou mais de de TV na idade de 5 LEVOU à um PEQUENO aumento de problemas de comportamento em jovens entre 5 e 7 anos.
  • Nem a TV nem os videogames levaram à problemas de atenção ou emocionais.
  • Não houve diferenciação entre meninos e meninas nos resultados da pesquisa.

 

 

Publicado no respeitado-pra-caraleo British Medical Journal, o estudo fez uma importante separação em outros aspectos. Estudou os dois fatores, TV e games juntos (outros estudos de longa duração tendem a focar mais na TV) e foi feito na Inglaterra. A maioria costuma ser feita nos EUA. E teve o cuidado de levar em consideração fatores sócio-econômicos nas crianças e pais.

Não creio que mesmo esse estudo vá resolver a imagem do videogame e violência. Não está tendo grande destaque na “Grande” mídia  e pessoas obstinadas tendem a ignorar opiniões e/ou estudos que vão contra suas convicções.

Mesmo que, por alguma razão maluca, as pessoas se matassem antes de existirem videogames ou desenhos dos Looney Toones.

 

"Querida Rockstar, se não sair GTA V para PC logo vou ter que invadir a Ucrânia"

“Querida Rockstar, se não sair GTA V para PC logo vou ter que invadir a Iugoslávia e jogar no PS3 do Josip Tito”

 

Resta esperar que a próxima mídia a surgir tome o lugar dos videogames como “Fonte de todos os Males”, da mesma forma como ele tomou o lugar do RPG, que tomou o lugar da TV, que tomou o lugar da música, que tomou o lugar do….

 

 

  • Anubis_Necromancer

    Games nunca influenciaram ninguém a nada.
    Assim como filmes ou livros.
    O jeito como se cria a pessoa sim, influencia várias facetas da personalidade.
    Ao se sentir retraida ou arredia, ela poderá responder com violencia quando chegar a um dia que ela irá despejar a fúria dos anos de humilhação.

    Seja por bullying na escola, trabalho ou até mesmo em casa (quem nunca ouviu o pai dizer que é um inútil ou seu irmão é melhor do que você?).

    E como não assumem a culpa por seus atos, culpam quem nem tem haver com a história.

    Exemplo clássico foi em Columbine, onde culparam tanto Doom 1 quanto os filmes Matrix e Diário de um Adolescente, após dois jovens terem atirados em colegas e professores.

  • Churrumino

    A Record não curtiu esse post!!!

  • cgui

    ótima discussão, Zweist!

  • Evandro Loco

    Concordo com o Stalin!

    • Anubis_Necromancer

      Quer comprar um ps3?

      • Evandro Loco

        Não burro, Gta V pra PC!

        • Anubis_Necromancer

          Eu sei, quero saber se vc quer comprar um ps3

          • Evandro Loco

            Claro que não!

    • GandalfKenobi

      A Revolução tem que se concretizar primeiro na Rússia antes de começar a se espalhar pelo resto do mundo?

      • Evandro Loco

        Exato!

        • GandalfKenobi

          IEAH!
          CHUPA ESSA, TROTSKY!

  • Falando sério, é óbvio que a violência decorre de outros fatores(ausência parental, falta de limites para os pequenos, inexistência de controle de censura dos games, etc), mas é muito mais fácil culpar os jogos e a industria, do que assumir que a culpa reside nos responsáveis.

    Tava lembrando que assim que saiu GTA V, em um shopping aqui da cidade, o pai tava com o filho de 12 anos pra comprar o jogo. Eu vi o atendente explicando que não era um jogo recomendado para a faixa etária dele, mas o pai não quis saber.

    É esse tipo de educação que a gurizada recebe: ter o que quer, não importando se pode ou não. Não é de se estranhar que cada vez mais cedo os professores(Gariba tá aí e pode ou não confirmar) acabam batendo de frente com pequenos deliquentes, criados a leite com pera e ovomaltine.

    • Churrumino

      Nem precisa o Gariba. Minha tia largou o magistério pq já não conseguia mais aturar os moleques de hoje. E na minha rua tem um bando de moleque descerebrado que não ganhou limite dos pais, vivem como bicho solto desde pequenos e vivem fazendo merda depois de burros velhos.

      • Um amigo meu, professor de história, levou um murro na cara de um aluno de 14 anos porque ele pediu pro garoto sair de sala, pela bagunça. E ficou por isso mesmo.

        Cara, se fosse comigo, eu não poderia bater no guri, mas arranjava algumas boas notas pros alunos que enchessem ele de porrada.

        Não é só a questão social, classe A, B, C, tanto faz, os guris são pequenos “satanazezes”.

        • Churrumino

          É foda! Não sei o que houve com os pais de hoje que perderam o controle. Não consigo entender mesmo. Quanto a bater em alunos, acho que poderiam abrir uma exceção, eles tão merecendo uns tabefes bem dados. Teve um caso aqui no RJ que, sinceramente, eu comemorei e ri da cara do moleque. Me julguem, mas, do jeito que a pivetada tá, eu torci pro professor. hauhauhuahuauauha!!!

          • Droga, o Youtube ta bloqueado aqui. Chegar em casa, vejo.

          • Churrumino

            Veja. Se vc ver o vídeo vai achar até covardia por parte do professor, mas se vc parar pra pensar no que ele tem que aturar e o que esse moleque já deve ter feito com ele que ele teve que engolir seco, talvez até tenta entender o lado do professor.

          • GandalfKenobi

            Enquanto alguns perderam o controle ( “paizões” riquinho classe média que ficam alimentando o vício de consumo dos filhos, talvez até pra satisfazer os deles mesmo, ou pra mostrarem por próprios egos que eles podem tudo), outros simplesmente cagam e ando pros filhos ( famílias de pais alcoolatras ou jovens demais tem dessas).

          • Churrumino

            é triste isso, cara!

          • Gandalf, nem precisa ser famílias com problemas específicos: são parentes com preguiça de educar em boa parte dos casos. Jogam o problema para os professores, mas recriminam o mesmo caso o prof reclame/reprove.

            E isso acaba sendo refletido em outras partes da sociedade.

          • O_Comentarista

            Só nos hit combo!

          • Churrumino

            O gordinho deve ter até emagrecido de tanta porrada que ele tomou na pança. hauhuauhauah!!!

          • Evandro Loco

            HAUHAUAHAUHA, afofou o gordo!

          • Churrumino

            Esse aí nunca mais tira onda com a cara do professor. hauhuauauuhua!!!

  • MaxRicardi

    foi o reaper quem tirou a foto do stalin

    • Anubis_Necromancer

      Só faltou o Kaine ali do lado.

    • Action Figure Assassino

      Ainda pediu pro Stalin explicar como se usava esse tipo de tecnologia tão moderna.

  • MaxRicardi

    mandou benzasso, zweist

  • O_Comentarista

    A velha história: CoD não me ensinou a usar armas, assim como FIFA não me ensinou a jogar bola ou GT a dirigir carros.

    • Churrumino

      A única coisa que eu aprendi foi engordar.

      • O_Comentarista

        E isso VC aprendeu muito bem.

        • Churrumino

          Sempre fui um aluno aplicado. hauhauhuhau!!!

    • Anubis_Necromancer

      Quer aprender a usar armas?
      Entre para o exercito.
      Simples.

  • Bob_Balburdia

    Ótimo post.
    Nos estados unidos é mais fácil pararem de vender videogames do que pararem de vender armas.

  • Ótimo post, Zweist.

    E isso nem é sabedoria, ou coisa parecida. É puro uso do céLebro.

  • Coruja. O Homem de Visão.

    A verdade é que somos monstros domesticados. Só isso. Somos todos animais com determinadas travas que não permitem que façamos de tudo por ai. Algumas pessoas fazem merda, porque essas travas falham. Pronto.