O verão da minha vida.

The-Way-Way-Backbanner

Filmizinho, estilo sessão da tarde.

Quando fui pra Multiverso, resolvi ir de Ônibus espacial. Por questões de horário, escolhi ir na classe executiva. Pra começar a minha surpresa, fui tratado como um ser humano, o motorista se apresentou aos passageiros e havia um filme sendo exibido durante a viagem.   Eu estava ignorando o filme até que surge na tela STEVE CARELL! Ai comecei a prestar atenção no filme, que só foi ficando melhor. Aé, o filme se chamava “O Melhor Verão da Minha Vida”(The Way, Way Back, no original).

THE WAY, WAY BACK

Annasphia Robb, faz a vizinha bonitinha e mais velha, mas acho melhor você descobrir a personagem dela por você.

Basicamente acompanhamos Duncan (Liam James) e sua mãe Pam (Toni Collette) nas primeiras férias de verão junto com então namorado da coroa, Trent (Steve Carrel no papel mais fdp que eu já vi) e sua filha Stephanie (Zoe Levin). Eles vão pra casa de praia de Trent. Onde eles tem que lidar com os vizinhos de verão que são inconvenientes e babacas.  Duncan é introvertido, meio antissocial e está lidando com o divorcio dos pais.  Na verdade achei esse começo do filme chatinho até que surge Owen (Sam Rockell) que muda totalmente o clima do filme.

Eu nunca tive tanta vontade de socar a cara do Steve Carell.

Eu nunca tive tanta vontade de socar a cara do Steve Carell.

Owen é um fanfarrão, meio loser que não leva nada a sério e trabalha em um parque aquático. O moleque acaba ficando amigo do maluco beleza e ganhando um emprego no parque. Pra onde ele foge pra ficar longe dos problemas da casa de praia.

O filme tem umas paradas mais pesadas e desconcertantes em relação aos adultos. Indo bastante do drama pra comédia. Mas é interessante ver como o moleque aprende a se soltar e curtir os bons momentos com o pessoal do parque.  Pra se ter ideia um dos funcionários (e co-diretor do filme, só descobri isso depois) é nada mais nada menos que JIM RASH! Isso mesmo, o Reitor Peilon! E de BIGODE! Não é um filme que vai mudar sua vida, ou te fazer ter uma epifania, mas é uma boa sessão de sábado que te deixa com um sorriso quando o filme acaba. Até porque todo mundo tem uma história de emprego de verão e uma equipe marcante.

the-way-way-back-movie-poster-7

Aqui o trailer, que passa muito bem o clima do filme.

Coruja
10/09/2014
  • Curtir, vou procurar esse filme ae!

  • Max06

    O cinema americano quando começa numa vibe ele continua até ficar insuportável. Agora os filmes “hipster” entraram nessa de “garoto noventista (ou oitentista) com dificuldade de se relacionar”, que basicamente segue a mesma fórmula de tentar fisgar o público pela nostalgia e pela identificação que nerds tetudos tem com o protagonista. Essas merdas saem aos montes: As vantagens de ser invisível, o verão da minha vida, submarine. Já assisti todas e não muda porra de nada.

    • Só que no caso desse, ele se passa hoje em dia. Ele tem uma cara mais oitentista por causa do clima praiero. Só que eles não tinham TINHEIROS, o bastante pra fazer a adaptação de época. HAHahuehuaheua
      Pra mim o filme já valeu pelo Jim Rash de bigode e o Sam Rockell maluco beleza.
      E Annasophia Robb… me cativou.

      • Max06

        Eu sei cara, o climão é oitentista, tanto que o moleque gosta de fliperama e conhece seu “amigão” quando estava jogando. Confesso que só fui assistir porque estava vendo tudo que tinha o Steve Carrel.

  • Assisti pela indicação do amiche Corujito e curti :)