O clã dos magos – Trudy Canavan

images Não desista, amiche!

capa

Contracapa:

“Todos os anos, os magos de Imardin reúnem-se para purificar as ruas da cidade dos pedintes, criminosos e vagabundos. Mestres das disciplinas de magia, sabem que ninguém pode opor-se a eles. No entanto, seu escudo protetor não é tão impenetrável quanto acreditam. Enquanto a multidão é expurgada da cidade, uma jovem garota de rua, furiosa com o tratamento dispensado pelas autoridades a sua família e amigos, atira uma pedra ao escudo protetor, colocando nisso toda a raiva que sente. Para o espanto de todos que testemunham a ação, a pedra atravessa sem dificuldades a barreira e deixa um dos mágicos inconsciente. Trata-se de um ato considerado inconcebível, e o maior medo do Clã de repente se concretiza- uma maga não treinada está à solta pelas ruas. Ela deve ser encontrada, e rápido, antes que seus poderes fiquem fora de controle e destruam a todos.”

 

Minha opinião:

O livro é bom, mas tem falhas. Suas principais qualidades são a capacidade da autora de criar um universo mágico com regras próprias e totalmente diferentes de Harry Potter (que eu gosto também) e outros livros de magia, além disso, Trudy criou personagens carismáticos e decidiu detalhar bastante em seu primeiro livro como que surgiu o universo de Senea e dar valor a todos os personagens e seu desenvolvimento, não somente à protagonista (beijo, JK) de forma a permitir que três grandes histórias paralelas que se desenvolvem a partir do segundo livro.

O ponto falho é justamente que para fazer isso a autora sacrificou a agilidade e fica parecendo que você está lendo algo Senhor dos Anéis, uma história que acaba se arrastando bastante até seus momentos de emoção.

Como sempre, quero evitar dar spoilers, então fica o convite: leiam (ou ouçam) o livro e cheguem às suas conclusões.

Nota: 6,5 (sendo que os livros seguintes ficam MUITO melhores).

 

Tom
04/01/2017