Nothing Left to Fear por Godoka

Não confiem nos trailers, eles mentem.

nothing_left_to_fear_xlg

Nothing Left to Fear é um filme de terror de 2013 baseada em uma lenda sobre a cidadezinha de Stull, no Kansas, onde se acredita existir um portão para o inferno. O filme mostra a chegada de um novo pastor na cidade, juntamente com a sua família, para substituir o antigo pastor que está se aposentando. A família é muito bem recebida pelos moradores da cidade, porém os mesmos mostram um comportamento estranho em relação à filha do meio do casal, que começa a ter pesadelos após se mudar para a nova casa. Com o passar do tempo descobrimos que nem tudo na cidade são rosas, e que os moradores escondem um antigo segredo no qual a nova família da cidade está envolvida.

Assisti o filme esperando mais coisas como essa...

Assisti o filme esperando mais coisas como essa…

Caramba, quem merda de filme! Já era pra desconfiar que seria uma bomba, afinal, um dos personagens principais é vivido pelo Clancy Brown, o Kurgan do primeiro Highlander. O filme não tem clima nenhum, os sustos são previsíveis, o andamento do filme é lento e chato pra caralho, tem momentos que parece uma daquelas comédias românticas adolescentes da Disney. E quando finalmente o filme parte pro pega pra capar, continua chato pra caralho. O “monstro” do filme age de maneira bem idiota, os personagens agem da maneira mais estúpida possível, e o mote do filme é mal explicado demais. Basicamente você assiste mais de uma hora de lenga-lenga com uns momentos curtos de tensão mal feita pra um final de merda.

... e acabei vendo coisas como essa durante a maior parte do filme.

… e acabei vendo coisas como essa durante a maior parte do filme.

Enfim, não percam seu tempo com essa porcaria por mais que o trailer pareça tentador.

Godoka
05/05/2014
  • O_Comentarista

    Como eu sempre digo: vc nunca vai ver um trailer ruim, já que o mesmo serve pra vender o filme.

    E esses filmes atuais de terror são uma bosta. Mais previsível do que falar que o Gariba é broxa.

  • Bizarro

    “Não confiem nos trailers, eles mentem…”

    Descobri isso da pior maneira, quando fui seco alugar Highlander 4. Desse dia em diante, nunca mais confiei em trailers.

    • Anubis_Necromancer

      Pois é.
      Aquele trailer aonde os dois saiam de um portal do Mortal Kombat além de outras cosias que nunca apareceram no filme^^

    • Dr. Manhattan

      Comigo foi com HdF03… pqp…

      • Esse filme sempre será lembrado pelo trailer!

        • Dr. Manhattan

          Certeeeeeeza!!

  • GaribilboBolseta

    Esse filme pode ser a maior bosta possível. Mas como sou cagão, terei medo dele mesmo assim, possivelmente hahaha

  • Anubis_Necromancer

    Se tivesse que fazer um filme sobre lenda urbana, teria usada a dos Homens-Corujas de Mawman.
    É mais assustador.

  • Anubis_Necromancer

    A Casa de Clarence Fox

    Era uma manhã comum perto do horto florestal da cidade.
    Jaime dos Santos, se dirigia a uma mansão perto dali. Não sabia a quem pertencia, mas a carta que recebera era explicita, em chama-lo par a leitura de um testamento anonimo.
    Ao chegar até o local, com ajuda de um mapa que viera com o carta, logo se deparou com o lugar, uma casa, no estilo europeia do século 18. Não muito grande, mais parecia uma pequena mansão, mas mesmo assim bem imponente no lugar ao qual fora construída; o que lhe surpreendera, afinal morando ali naquela cidade dede de que nasceu, e nunca te-la visto, em seus passeios pelo horto com a família durante sua juventude.
    Mesmo assim, o lugar apesar de belo, tinha um ar pesado, como se permitisse apenas poucas pessoas a vissem, ou até mesmo adentra-la em seu recinto.
    Balançando a cabeça, ele apenas se dirigiu até aonde haviam outros carros. O que estranhou de principio, pois ali haviam 7 carros, mas não via movimentação alguma dentro da casa, até onde permitira ver pelas janelas abertas coma s cortinas balançando para fora. Desceu de seu veiculo e dirigiu-se a porta da frente que estava aberta, como se lhe convidasse.
    Como não viu ninguém, apenas uma placa com os dizeres: siga as setas. E seguindo pelo corredor, logo encontrou uma porta aonde ouvia-se vozes. Só para escutar repentinamente um grito gutural.
    Colocando a mão dentro de seu terno, para pegar sua arma, pois mesmo sendo advogado, é sempre bom estar prevenido. Adentrou a sala num salto, com a arma em punho. Para seu espanto e pavor, encontrar a sala coberta de sangue e restos de corpos…
    Percebendo tardiamente algo num canto dela, Alguém em meio as sombras que debruçado sobre o que seria um corpo aonde se ouvia sons de carne sendo mastigada.
    Jaime apenas apontou sua arma para a direção dele e com a voz firme: Pare o que está fazendo e coloque suas mãos na cabeça!!!
    A figura parou de fazer os sons, saindo das sombras, já tetando ficar ereto, mostrando sua face… Com os olhos vermelhos e caninos sujos de sangue e restos de carne, fez um som de um piar estridente de raiva, mas antes que pudesse fazer algo além disse, Jaime disparou em sua direção. Acertando no olho da criatura, ela correu em disparada para a porta atrás de Jaime, que num impulso pulou para o lado, continuando a atirar no ser… Continuando a correr em direção ao rastro que ela deixara até a saida, só para ouvir gritos lá fora. Ao sair, viu dois policiais e o que parecia ser um juiz, que fora acertado em cheio pela criatura em sua jugular.
    Tentando refazer do ocorrido, apenas vendo o ser adiante sumindo pela mata, enquanto um dos policiais ajudando o juiz enquanto o outro pegava seu radio para chamar reforços.
    Meia-hora depois, haviam viaturas na frente da mansão.
    Pelo que Jaime até então pode ouvir, muitos dos policiais até aquele momento, também não sabiam da existência de tal lugar.
    E aos poucos com a permissão dos policiais no lugar, ele pode entrar melhor nela.
    Foi até a sala, sendo averiguado pela pericia; enquanto recolhiam o que sobrou dos corpos (pode contar ao menos 8, a julgar por cada carro ali estacionado, ao descobrir que estiveram ali há pelo menos 8 meses!).
    Ao ser questionado pelo detetive, assim que entrara na sala, o motivo de estar ali, explica toda a história desde seu começo até sua entrada abrupta na mansão. O detetive olhando para ele, apenas dá uma breve explicação sobre tudo. Que a casa pertencia a um tal de Clarence Fox, e ele meio que era um tipo de cientista que veio da Europa para o Brasil logo após a segunda guerra Isso a julgar pelos pertences no lugar.
    Jaime meio perplexo com aquilo dito a ele, pede permissão ao detetive para averiguar o resto da casa, ele a contra-gosto, dá permissão, mas se apenas um oficial fosse junto, e vasculhando seus cômodos, ele logo chega ao quarto de Fox Vendo o luxo no qual ele vivia, ele se perdera nas divagações, quando o policial que o acompanhava disse despertando de seu devaneio, que precisava ir com seu chefe, deixando-o só no recito. Ele acenando afirmativamente, quando ia saindo de lá, algo chamou sua atenção.
    Viu em cima do criado mudo um despertador singular, o que era estranho, pois apesar de ser a primeira vez ali, era como se já tivesse visto aquilo antes. O pegou, e no mesmo instante notou que estava entreaberto. Tentou fecha-lo, mas de dentro caiu uma fita cassete antiga, A pegou e estava escrito nela “Aqueles que sobreviveram”.
    Curioso sobre aquilo, colocou no bolso, e deixando o despertador novamente no criado. Foi até a porta principal. Deixando a casa, e dando seus contatos ao detetive, entrou em seu carro rumando para casa.
    Assim que se afastou bem, ele colocou a fita no seu radio, e esta começou a tocar…
    -A quem estiver vivo ainda, aqui é a confissão de Klaus Renner Fuller. ex-cientista do Reich, que conseguira fugir após sua queda, há exatos 30 anos. Aqueles que ouvirem essa fita, cuidado, pois minha criação irá atrás de vocês…
    E ouvindo isso, ele olha pelo retrovisor, apenas para ver que algo que havia pulado para tentar intercepta-lo na estrada, algo que poderia ser o que Klaus havia mencionado e que era conhecido agora pela região como a sanguinolenta Capivara-Humana…

    Continua.. (ou não)

    • Anubis, tu ainda desenha? Se quiser fazer umas ilustrações (não precisa de nada muito elaborado) e mandar pra cá com esse e outros contos a gente publica.

      • Anubis_Necromancer

        Desenhar eu ainda desenho, só ando ocupado com o tampo e com um projeto de indio ^^”
        O conto, escrevi agora depois de ler a resenha do filme.

        • Dr. Manhattan

          Carai, mano… eu levo HORAS pra escrever minhas resenhas de merda (aquela do Robocopo levou umas 12h) e tu escreve isso tudo num tiro?

          • Anubis_Necromancer

            Quando algo me motiva, as coisas fluem, tanto que as vzs esqueço de revisar antes de publicar.
            Pode ver pelos erros gramaticais no texto XD

      • Dr. Manhattan

        Pronto. Com o aval do Godoka, agora está inaugurada a Era do Tentacle Rape Amiche Hentayneano no SA EAUHEAUEHEUAEHAUEHAUEHAUEAUEHUEH

    • Bruno Henrique

      “A figura parou de fazer os sons, saindo das sombras, já tetando ficar ereto, mostrando sua face…”

      Se conseguiu ficar ereto, já sabemos que não é o Gariba