Mônica – Força

graphic-msp-012-monica-forca-panini-2016-08

Talvez uma das edições mais tocantes da Graphic MSP.

graphic-msp-012-monica-forca-panini-2016-08

Além de encontrar os amigos e tomar um goró com nosso padrinho Daniel HdR, a Comic Con RS também foi marcante devido alguns painéis, entre eles o que rolou no último dia do evento com alguns dos artistas das Graphic MSP’s e o editor responsável pelo projeto ir em frente, Sidney Gusman. Além do Sidão estavam presentes Danilo Beyruth e Cris Peter, responsáveis pelas histórias Magnetar, Singularidade e a vindoura Assimetria, todas do Astronauta, Rogério Coelho, autor de Louco-Fuga, e Bianca Pinheiro, cujo trabalho na época ainda seria lançado.

Esse com certeza foi o meu momento favorito do evento, com todos os convidados esbanjado simpatia e muito bem humorados. O público também que assistia parecia diferente, sem gente querendo aparecer e falar borracha na hora das perguntas (o mesmo não pode ser dito no dia do convidado internacional). Foi simplesmente uma conversa de fãs da obra de Maurício de Souza conversando com outros fãs que além de leitores hoje também escrevem esses personagens. Talvez o único momento estranho foi um papo rápido sobre a bigola do Astronauta, mas é melhor deixar pra lá essa parte.

graphic-msp-012-monica-forca-panini-2016-08-02

Graças a presença dos artistas, dava pra comprar praticamente tudo o que já havia  lançado, o que foi uma festa pra mim, já que aqui por essas bandas eu só consegui encontrar Magnetar e Penadinho-Vida, ambos em capa cartonada. Tomo mundo feliz, mochila pesada e bolso mais leve, hora de procurar a galera pra pedir autógrafo. Nos dois dias que fui no evento consegui autógrafo do Sidão em quatro encadernados (quando a pessoa é gente fina a galera abusa), Magnetar autografado, Fuga autografado, Singularidade autografado e uma vergonha avassaladora ao perceber que esqueci de comprar as edições de Bear pra pegar um autógrafo da Bianca Pinheiro. Ainda me arrependo disso, mas na hora ela fez uma Mônica em uma folha em branco e me deu. Está guardado ali no armário enquanto penso em uma maneira de transformá-lo em um marca páginas.

Caramba, três parágrafos e ainda não falei da revista. Tô me sentindo um velho solitário em fila de supermercado agora, falando pelos cotovelos. O fato é que a revista foi lançada e os deuses da falta de dinheiro me fizeram aguardar mais um pouco para poder conferir a história, mas ela finalmente chegou em casa aqui ontem pelo correio (Amazon sua linda!). A espera valeu a pena.

monicaforca005

Mônica sempre foi uma garota acostumada a resolver seus problemas através da força física, aparentemente não existe nenhum problema no seu universo que não possa ser ajustado com umas boas coelhadas. Só que no mundo dos adultos as coisas nem sempre são tão simples assim, e quando os adultos com problemas são justamente as pessoas as quais ela mais ama, a valentona do Bairro do Limoeiro precisa encontrar forças que ela nem sabia que possuía. Como é difícil não dar spoiler na resenha.

Cada Graphic MSP é única, com seu próprio desenvolvimento, sua própria dinâmica, com cada artista contribuindo não apenas com arte e roteiro de maneira mecânica, mas com a sua visão. Justamente por isso é difícil apontar essa ou aquela como a melhor, o que acaba acontecendo é que tal título acaba lhe agradando mais por conta de suas preferências pessoais. Dito isso, posso afirmar que acabo de encontrar a minha Graphic MSP predileta.

Por mais que a história aborde um tema sério, principalmente quando se pensa na posição da criança envolvida, a autora o faz de uma maneira delicada e envolvente. A leitura é absurdamente envolvente, e o que não pode ser colocado na forma de diálogo é transmitida perfeitamente através dos desenhos, muito belos por sinal. Tudo o que posso fazer, além de agradecer pela história, é torcer para que ela não seja a única participação de Bianca Pinheiro nesse selo.

forca3

Além da história, a edição conta com o já clássico prefácio escrito por Maurício de Souza e os extras apresentando partes do método criativo da autora, desde  rascunho até a página final e as biografias tanto da Mônica quanto a da Bianca. Como de padrão é possível adquirir a história tanto em capa cartonada quanto em capa dura. Não apenas recomendo como vou fazer minha família e namorada lerem.

PS: tá rolando no Facebook o evento online do preview de Astronauta – Assimetria, quem quiser participar o link está aqui, é só clicar em “comparecerei”. Não seja mongolão clicando em “tenho interesse” por favor.

Godoka
22/11/2016
  • O_Comentarista

    Esse edição é legal, mas pra mim a melhor até agora da MSP é a do Louco.

    • A do Louco passou pra segunda melhor pra mim

  • Mais uma na lista das Msp para comprar! :(

  • Thay Valim

    Vai superar a do Louco? haha

  • Bob Balburdia

    E a lista só cresce.