Leia esta merda! – Alan Moore na Tropa dos Lanternas Verdes

lanterna

Há muito tempo atrás, quando Alan Moore ainda trabalhava para DC, quando a DC ainda tinha boas histórias, quando o mercado de quadrinhos lucrava pela qualidade dos mesmos em vez de abrir mão dela por mais vendas, quando guaxinins não reviravam os lixo de velhos escritores com muitas boas ideias e pouca paciência, o (hoje) velho (sempre) barbudo  escreveu o que considero as melhores histórias da Tropa dos Lanternas Verdes. E se você, seu animalzinho desprezível que compra o Superman mangalizado dos Novos (já velhos) 52 não as conhece preste atenção. (cliquem nas imagens pra ampliar)

Mogo Não Comparece às Reuniões

Desenhada pelo já muito puxassacado e elogiado Dave Gibbons, que dispensa apresentação, essa história possui singelas 6 páginas. A história é narrada por Tomar-Re a iniciante Arísia, na época com um uniforme bem menos “interessante” que o de hoje. A jovem fica um tanto curiosa quanto a alguns Lanternas listados no Livro dos Nomes Valorosos, entre eles Mogo, então o Lanterna mais experiente explica:

Mogo 1

Então, dá-se início a história de Bolphunga o Inexorável, um guerreiro possuidor de enorme força que pretende derrotar Mogo para provar ser o mais poderoso do universo. Após descer no planeta onde disseram ser possível encontrar o lanterna, inicia-se uma busca sem frutos, até que então, após uma análise dos mapas ele finalmente encontra seu adversário.

Mogo 2
Mogo não comparece às reuniões pois destroçaria Oa. História simples, curta e divertida. Moore criou um dos Lanternas Verdes mais fodas sem precisar de uma mega história de origem.

Na Noite Mais Densa

Novamente 6 páginas. Desenhado belamente por Bill Willingham e arte finalizado por Terry Austin. Minha preferida das 3, inicia-se com a gostosa da Katma Tui explicando se para os guardiões porque não selecionou nenhum ser das Profundezas Obsidianas para se tornar um Lanterna Verde. A mesma conta que após conseguir contato com um ser inteligente tudo correu bem até a hora de fazer o convite.

Noite Densa
O que fazer para explicar para um ser que não conhece luz o que é um Lanterna Verde? Com uma solução simples e um ótimo desfecho Moore não só acerta a mão quanto cria outro personagem muito interessante: Fá Menor.

Noite Densa 2

Tigres

Agora a porra ficou séria. O dobro de páginas. Kevin O’Neill ilustrando a insanidade. O passado e motivo da morte de Abin Sur é revelado. Obrigado a descer em Ymault, o planeta sepulcro do Império das Lágrimas, Abin Sur é tentado por demônios até que encontra Quill das Cinco Inversões que se oferece a responder 3 perguntas sem  nada em troca.

Tigres
A mais densa das 3 histórias, Moore finalmente resolve o enigma de por que Abin Sur utilizava uma nave quando caiu na Terra da forma mais sinistra possível. Apesar de achar que esse passa muito longe de ser um dos melhores trabalhos de O’Neill, o desenho casa muito bem com a história, ele te deixa tão incomodado quanto o roteiro.

0163    Bem, amiguinhos, é isso aí. Procure nos torrents ou nos melhores sebos do ramo, pois nunca ouvi falar de uma republicação recente disso.

    E pra fechar, sabe aquele seu chefe/professor/superior que você nunca imaginou como seria se ele fosse uma pessoa feliz? Bem, acho que todo mundo conhece uma pessoa assim e já teve esse sentimento:

Piadex

  • GaribilboBolseta

    Por que gastar tempo lendo algo sobre a editora inferior?

    • OFilisteu

      Nem li o post ainda, ele tá falando da Marvel?

  • GaribilboBolseta
    • Competição injusta issaê!

    • Evandro Loco

      Troxa!

    • Slag Lannister, pq eu sou ryca

      Não gosto de mulher com qualquer tatuagem
      #prontofalei

  • O_Comentarista

    Histórias fodas sem precisar de nada massaveio.

    E pensa que hoje a DC só tem merda…

  • OFilisteu

    Das 3 eu prefiro a história do Mogo, além de muito bacana, da origem ao 2° melhor lanterna de todos (claro que o primeiro é o Guy Gardner), eu lembro que eu tenho essas histórias, mas não lembro em qual revista, acho que é Grandes Clássicos DC, algo assim, não faz muito tempo eu comprei na Livraria Cultura

  • O_Puto

    Cara, Tigres foi republicado num desses números de DC mais aventura. Saiu na época do filme do lanterna. Mas todas essas histórias tão naquele encadernado da panini que tem várias histórias do Moore.

    • Bruno Henrique

      Acho que é o Grande Clássicos da DC N°9.

      • É do Grandes Clássicos da DC: Alan Moore.

        Foi de onde tirei essas páginas.

  • Felipe P. Silveira

    DC no tempo que era boa.

  • Bruno Henrique

    O desenho do O’Neal cheio de referencias surrealistas e lovecraftianas que com certeza foi o mala do Moore que o obrigou a por isso naquelas caralhadas de páginas que ele escreve.

    Ah sim, é minha estória favorita das três justamente por ser bizarra e tervosa.

  • De onde tirei as histórias, só história boa:

    http://www.4shared.com/file/4nX-xFsf/grandes_classicos_dc_-_alan_mo.html

    • Eduardo Silva

      Vlw cara; tava procurando isso

  • Leão do Norte

    Essas histórias são muito foda! Moore mostrando que pode fazer excelentes histórias sem enrolar o leitor.

  • Renver

    A do Abin Sur é a melhor na minha opinião.

  • Renver

    e OUTRA COISA EM VEZ DE ASSISTIR O FILME HORRÍVEL DO RYAN REILNOLDS, VEJAM ANIMAÇÃO cavaleiros esmeraldas!!!!

  • Na verdade, acho que já li essa porra ai!!!

  • Slag Lannister, pq eu sou ryca

    Há muito tempo atrás de você, quando as pessoas estudavam gramática e sabiam o que era uma redundância…

  • [Better Call Harvey]

    Fá Menor, o lanterna da COMPANHIA TELEFÔNICA