Konami deixa triple-A produção do console em todos, mas PES – relatório

Diretor de tecnologia em todo o mundo Julien Merceron também parte declaradamente.

Logo

 

Konami deixou tudo triple-A produção de jogos de console em tudo, mas Pro Evolution Soccer e atualmente não há planos para um novo grande jogo Metal Gear, enquanto o diretor de tecnologia em todo o mundo Julien Merceron deixou a empresa. Isso de acordo com um par de relatórios sobre Gameblog site francês. Eurogamer compreende ambos os relatórios para ser verdade.

Gameblog escreveu ontem que Merceron estava aparentemente insatisfeito com a transição da Konami longe do mercado de consoles no sentido de jogos móveis.

Além Metal Gear Online – o componente online em separado para Metal Gear Solid 5, que está actualmente a ser terminado – e Pro Evolution Soccer 2016, a Konami tem um espaço em branco triplo-A ardósia. Entretanto tem a licença para o torneio de futebol Euro 2016, portanto, seria de esperar que fazer uso disso.

Problemas no Konami foram destaque no início do ano, quando Metal Gear criador Hideo Kojima deixou a empresa e seu estúdio Kojima Productions foi dissolvido. Ele tinha alegadamente caído com chefões da Konami que se recusaram a financiar suas produções longos e luxuosos por mais tempo. Metal Gear Solid 5 custou US $ 80 milhões para fazer. Qualquer novo jogo Metal Gear Solid Konami produz presumivelmente será feita sem Kojima envolvido.

Outros problemas na Konami foram destacados quando o jornal japonês Nikkei financeira respeitada publicou um artigo sobre a cultura da empresa deteriorando a divisão de jogos da Konami. Os empregados “inservíveis” aparentemente foram dadas tarefas servis e degradantes, e comunicação com pessoas de fora era restrito e intervalos de almoço monitorado.

O que vem a seguir para a Konami, e para Kojima, nós vamos ter que esperar e ver.

fonte: Eurogamer

  • O_Comentarista

    E dá-lhe tradutor online.

    A Konami é outra que vai se fuder no futuro.

    Enquanto isso, o mercado indie agradece.

    • Anubis_Necromancer

      A geração atual é movida pelos indies.
      Porque ele sabem do que gostam num jogo.

  • A Konami que se foda!

  • [Better Call Harvey]

    Pra mim a Konami só tem 2 franquias foda atualmente, Castlevania e Metal Gear.

    A série Metal Gear é cheia de inconsistências, o 1º metal gear solid é foda; o 2º é bom até a metade (parte do navio com o Metal Gear Ray), depois fica uma bosta com tanto plot twist e chefes merdões; o 3º é divertido porque você pode cagar no mato, mas a história não tem aquela pegada tensa do 1º jogo; o 4º só joguei 5 minutos então nem posso falar muito, mas achei meio confuso.

    Já Castlevania, teve inúmeros títulos bons, mas faz tempo que não faz um jogo foda e dificil.

    Enfim, folouda-se a CAPCOM KONAMI.

    • Anubis_Necromancer

      Reboot de Castlevania foi fraco. O primeiro jogo agradou muito, o spin-off de 3DS foi também um sucesso, mas o 2, foi fraco demais, tanto que portaram o de 3DS para o resto, para poderes tirar um pouco mais de lucro do nome.
      O fogo é que eles iam fazer o mesmo com o Contra, até chamaram o Mercury Stream novamente para isso.
      Só espero que agora que ela saia dos tri-A possam colocar esse projeto na gaveta.

  • Anubis_Necromancer

    Já havia noticiado isso faz um tempo.
    A Konami assim como outras grandes, está passando por um periodo negro que chamo de “s merda dos jogos de gráficos”, aonde investem muito na parte gráfica, mas nada em conteúdo ou história.
    A atual geração também contribui para isso, fazendo seus consumidores só prestam atenção em gráficos exuberantes, e sem um conteúdo sólidos
    Que nem o The Last of Us, tem gráficos realistas, mas história que é boa, bem rasa. enquanto outros que tem história maneira, mas não gráficos, ficam em segundo plano, como o Bioshock Infinite.

    • Bom uso do Google Translate, brother

    • [Better Call Harvey]

      O mesmo vale pra Skyrim “o jogo da geração”. Os gráficos (quando não há queda de frame) são fodas e o mapa é bem loko.

      Mas o jogo se resume apenas a entrar em masmorras (TODAS IGUAIS) e seguir os objetivos pela seta do mapa, o arsenal é bem limitado e os inimigos são pouco variados, não há mais exploração ou mecânica de combate, já que tudo se resume a apertar R1 e R2 como se não houvesse amanhã.

      Em resumo um jogo bom nos primeiros 15 minutos e depois repetitivo ao extremo

  • PCB

    Kkkkkkkk olha que safado, usando o Google translate na cara dura…

  • O_Puto

    Este bom poste muito. Transladar com internet texto muito jocoso.

  • CavaleiroDaRua

    Google Translate na cabeça e no coração desse post.

    Nunca tinha jogado Metal Gear parei pra jogar achei sensacional, mas a Konami caga e anda pros jogos a anos.

  • [Better Call Harvey]

    Foda-se a konami, o que importa é a Capcom continuar fazendo MONSTER HUNTER

  • Frogwalken

    Apenas mando essa mensagem pra Konami:

    E essa:

  • Será que com a “queda” da Konami, dá pra gente continuar/terminar/publicar o dossiê sobre Metal Gear Solid?
    Ou seríamos tão processados que a Konami ia conseguir voltar a desenvolver jogo AAA?
    :D

  • Bob Balburdia

    Que porra foi isso que acabei de ler?