Junji Ito – Fragmentos do Horror

IMG_20171017_142353708

Quando nada mais lhe causar desconforto busque refúgio no horror japonês.

IMG_20171017_142426961

Junji Ito é provavelmente o maior nome dos mangás de terror, pelo menos aqui no ocidente. Praticamente todo mundo (com exceção dos leitores exclusivos de shonen, mas esse povo nem é gente) já ouviu falar de pérolas como Uzumaki e, provavelmente o mais famoso mangá do cara por aqui, Gyo (e quem leu provavelmente ficou com cheiro de peixe podre na cabeça durante a leitura).

Recentemente a Darkside resolveu se aventurar no ramo de quadrinhos, lançando edições luxuosas de obras inédita e desconhecidas aqui no Brasil, e entre as publicações está Fragmentos do Horror, lançado por Ito em 2014, após um belo intervalo de oito anos do gênero. Nesse tempo o mangaká produziu uma obra de comédia baseada na sua experiência de ter adotado um filhote de gato, mas o desenho do cara é tão angustiante que se vocês procurarem umas páginas avulsas vão ficar se perguntando se é mesmo uma comédia.

a7ebf6a8b582498d412ed318c4c9c330

A coletânea abre com a curta Futon, que conta a história de uma mulher cujo marido por algum motivo se abrigou debaixo de um futon e não sai por nada. Ele alega que a casa está cheia de demônios, que entraram após ele ter dormido com uma bruxa, mas apenas ele consegue enxergar. Essa história serve como aperitivo e aviso do que vamos encontrar durante a leitura. Monstro de Madeira é a próxima história, mostrando a vida de uma menina e seu pai na sua casa considerada patrimônio histórico do Japão, que é virada de cabeça para baixo quando uma estudante de arquitetura se muda temporariamente para o quarto de hóspedes.

Tomio – Gola Rulê Vermelha é um conto desesperador sobre um homem que literalmente tem a cabeça descolada do corpo após se apaixonar por uma bruxa. Mesmo com o final mais feliz dentre todos, essa deve ser a história mais aflitiva. Suave Adeus, provavelmente a história mais bonita e leve da coletânea, narra a história de uma jovem muito apegada ao pai que, ao se casar, descobre que a família do noivo possui o dom de criar uma cópia temporária de seus parentes recém falecidos, facilitando assim o processo de luto.

badhouse (2)

Dissecação-chan, sobre uma jovem que possui a fantasia de ser dissecada viva parece ser apenas um conto sobre loucura, porém o sobrenatural toma conta na última páginas e conclui de maneira simplesmente surreal. Pássaro Negro acabou se tornando a minha história favorita nessa publicação, e a única que realmente me deu medo. Na história, um homem sofre um acidente na mata fechada e é resgatado após semanas. Uma noite, no hospital, ele acaba recebendo a visita de uma mulher estranha, que o alimenta com carne humana mastigada por ela mesma. O amigo que presencia a cena acaba conhecendo a história dos dias em que o outro estava perdido, quase morrendo, sendo toda noite alimentado da mesma forma por essa mulher. Vou parar o resumo aqui pra evitar spoilers, mas essa é uma puta história!

Magami Nanasuke, sobre uma aspirante a escritora que resolve encontrar a sua autora favorita é provavelmente a história mais fraca da coletânea, ou eu sou burro e não entendi. Tem uma bela página na sua conclusão, capaz de deixar desconfortável até o leitor mais tranquilo, mas ainda assim é uma história fraca perto das demais. A Mulher que Sussura encerra a publicação em alto nível, com a história de uma mulher que auxilia uma jovem traumatizada e incapaz de tomar até a mínima decisão até depois da própria morte. essa história também pode ser considerada como uma das melhores.

df2b999d44be210f0ccdee41e587f7de

Em termos de tratamento editorial, o trabalho executado pela Darkside é de cair o queixo. O tamanho escolhido é o padrão para livros, ou seja, um pouco maiores que os mangás lançados pela Panini, por exemplo. O papel inteno é de excelente qualidade, a capa (dura) além de possuir uma arte maravilhosa, também possui outro desenho feito apenas com o verniz, dando um efeito incrível. No momento o lugar mais em conta para se adquirir o mangá é na Amazon, que está cobrando 32,90 pela publicação de 248 páginas.

96cc0e0a6238f169da0c92b7aeb5bc7a

Quem sabe agora eu não empolgue e releia Gyo pra resenhar?

Godoka
14/11/2017
  • Anubis_Necromancer

    Junjo Ito de vez em quando, me faz pensar que ele viveu da mesma fonte que o HP Lovercraft vivia quando tinha seus “delirios martirizantes”.
    Já que cada cenário que ele desenha ou descreve, parece ter sido saido de algum lugar tão macrabro e perturbador quanto o do criador dos Mythos.

  • Frogwalken

    E pensar que o JUNJI MITO era um dos nomes envolvidos no finado Silent Hills…

    KONAMI FILHA DA PUTA!!!

    • O_Comentarista

      Ia escrever isso.

      Konami filha da puta!

      • [Better Call Harvey]

        Falando em KONAMI, alguem viu a entrevista vergonha alheia do Kojima para o Danilo Gentili?

    • [Better Call Harvey]

      qual deles? o PT? aquele era tenso… malditos coxinhas

      • Frogwalken

        sim o bendito Playable Teaser.

        • [Better Call Harvey]

          KONAMI FILHA DA PUTAAAAA

  • [Better Call Harvey]

    Gostei muito do livro recem-adquirido, possando pra foto ao lado do ex-paciente do Godoka.

  • [Better Call Harvey]

    Asia e leste europeu, pra contar história de terror só sai bizarrice. E Gyo é aquela história das cabeças de peixe?

    Se sim, é a mais desconfortável dele

    • [Better Call Harvey]

      Imagina a franquia do Sharknado adquirindo os direitos de Gyo prum filme :P

  • Dr. Eunuco

    Obrigado. Vou baix..comprar e ler agora a luz do dia, porque…é Junji Ito né?

  • Sir ViNEYmar MLK pistola

    Báh Edson, essas coisas não me assustam ou incomodam porque não existem! O que me assusta é estar trancado numa sala com um monte de velhos, contando suas histórias de vida, das quais nunca perguntei.

    Ou estar de volta nos tempos da 5ª série, mas com o teu corpo e cabeça de hoje em dia, dai tu tem que ir na aula, fazer lição, dar moral pra professora completamente despreparada e aguentar 15 piá e 15 guria cheio de piolho e fedendo a leite.

    Báh cara isso me deixa puto da cara. ENTÃO TOCA A VINHETA AI

    • Frogwalken

      ” Báh Edson, essas coisas não me assustam ou incomodam porque não existem! “

      Interessante, então não teria problema o senhor passar UMA SEMANA NA MANSÃO WINCHESTER, COM A ANNABELLE NO COLO ENQUANTO DESCANSA SENTADO NA CADEIRA DA MORTE OLHANDO PRO INTERIOR DO BAÚ AMALDIÇOADO! =D

      • Sir ViNEYmar MLK pistola

        Báh, vai toma no cú! Parece que você é que é o surdo! Essas coisas não existem!

        Terror mesmo é não ter meus cremes hidratantes ou meu leite de rosas para besuntar minhas madeixas loiras

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Mas um quadrinho que com certeza eu não vou ler.
    Mas eu fico imaginando se um estúdio tivesse culhões de pegar um bom orçamento e reproduzir num filme toda essa perturbação visual.

    • Frogwalken

      Tem o filme de UZUMAKI, A ESPIRAL DO HORROR! =D

      • hellbolha2

        E tem o longa animado do Gyo também!

        • Frogwalken

          Ah eu lembro, tem cenas de SÉCSONS e uma PELADONA que não tinha no original! =D

      • o Inconcebível Bob Balburdia

        NÃO VI E NEM PRETENDO VER!
        Mas, diz aí, é bem feito?

        • Frogwalken

          Tem legendado no YouTubo e apesar de mastigado, o barato é bom! =D

  • JackInDaBox

    Boa Resenha!
    A Darkside vai chamar minha atenção caso lançarem os gibis da EC Comics!