Jessica Jones

JJ001

Acabou Jéssica? :O

Jessica Jones, serie produzida pela Netflix e pela Marcel, escrita/criada por Melissa Rosenberg, que também nos prestigiou com o roteiro da maravilhosa série Birds of Prey (Mulher Gato no Brazil) e com os roteiros de toda saga Crepúsculo (veja você…). Estrelada por Krysten Ritter, Rachael Taylor, David Tennant, Carrie-Anne Moss, Mike Colter, Eca Darville e Will Traval. Pode ser que você tome uns SPOIELERESES, então TEJE AVISADO.

NEW YORK, NY - MARCH 10: Krysten Ritter filming "Jessica Jones" on March 10, 2015 in New York City. (Photo by Steve Sands/GC Images)

A série começa mostrando Jessica Jones, uma investigadora particular que possui poderes e já tentou ser uma super heroína. Jessica é uma mulher com seus traumas, eles a tornaram uma bronca, durona, solitária e uma pé de cana de primeira.

JJ002

Jessica não está sozinha, mesmo que distante ela possui sua melhor amiga, Trish Walker (Hell Cat, ou Felina no Brazil). Na série ela é uma daquelas crianças famosas que cresceu e continuou uma celebridade, tendo um próprio programa de rádio. Quando criança a família dela adotou Jessica depois do acidente que ela perdeu os pais, as duas cresceram como irmãs. Nos quadrinhos a melhor amiga de Jessica é Carol Danvers (Miss Marvel), mas achei mais da hora na série o fato de ela ter sido instigada a se tornar uma heroína por alguém sem poderes e que queria fazer a diferença.

luke-cage-netflix

Luke Cage é o cara com um passado sombrio, que só quer evitar problemas. Naturalmente ele se mescla a trama da série, os roteiristas criaram uma conexão muito forte entre ele e a Jessica Jones, mas uma das coisas mais maneiras da série é que de uma forma ou de outra Luke Cage é a “mocinha indefesa”.

david-tennant-purple-man-360x220

Kilgrave, o cara é um sociopata com poderes, sabe aquele tipo de vilão que tu tem vontade de correr uns dois quarterões e dar uma cotovelada no olho do cara? Não me entenda mal, não sei como isso vai parecer um elogio, mas ele lembra os vilões do Garth Ennis.

NUKE

Will Simpson é um policial que já foi controlado por Kilgrave, ele faz algumas coisas terríveis e fica com um complexo de culpa e nesse meio tempo ele decide ajudar Jessica. Eu não li quase nada sobre essa série e admito que nunca li Jessica Jones/Alias, então eu não tinha a menor ideia de que o Bazuca ia aparecer na série. Sério, achei foda pra caralho o maluco aparecer de fininho e ir tomando importância até dar no que deu (mas eu sabia que tinha alguma coisa errada com ele, só não sabia que era TÃO errada).

23-jeri-hogarth.w529.h352

Jeri Hogarth é uma advogada sem escrúpulos e sócia de um grande escritório, ela consegue alguns casos para Jessica e acaba envolvida nessa história. Dando uma bisbilhotada dá pra ver que nos quadrinhos Hogarth era um homem, além de ser amigo pessoal e responsável pelo testamento de Wendell Rand (pai do Punho de Ferro).

Eu não encontrei todos os easteregs da série, e nem procurei nas interwebs, mas ela é recheada deles, de piadas referenciando Preacher, Superman, Greys Anatomy até Star Wars. O elenco de apoio manda muito bem, os vizinhos de cima do apartamento dela, o Malcolm, os policiais com os quais ela possui contato. A série além de bem produzida é bastante crítica, envolve temas como estupro, aborto, drogas, bebida, testes científicos e ainda em meio a isso faz uma referencia a Guerra Civil, sobre como as pessoas tem medo de pessoas com poderes e de como esses poderes podem ser usados da maneira errada. De certa forma marca o Universo Cinematográfico da Marvel como expandido e em sintonia, afinal isso também vem ocorrendo de maneira menos sutil em Agents of S.H.I.E.L.D.

Extremamente recomendado aos amiches, principalmente aqueles que possuem uma senhora e que não curte muito gibizinhos/super heróis.

E ai, já assistiu a série? Comenta aí, ou não…

o/

Sir Vinnie
26/11/2015
  • O_Comentarista

    Já vi a série toda. Ela é boa, mas fica a sensação que poderia ser melhor.

    O roteiro possui um furo enorme, mas espero que na próxima temporada expliquem.

    O Tennant e a Carrie Anne-Moss estão perfeitos em suas atuações.

    • Egon – Aroma ito

      qual furo?

      • O_Comentarista

        O fato da mulher do Cage ter o pendrive com as experiências.

        • Egon – Aroma ito

          Acho que isso foi só cliffhanger pra serie do Cage, já que ele disse que ela conseguiu aquele pendrive pra protege-lo e que seus poderes vieram de um experimento, mas realmente vendo só JJ parece ser só “o milagre do cinema”

          Pode ser que relacionem ate com a origem da Jessica e bazuca

  • Felipe P. Silveira

    vo ver não, muita mão

  • Egon – Aroma ito

    o Bazuca não aparece, a unica coisa que realmente se baseou na HQ foi a origem dos poderes da Jessica, o emprego e o Killgrave ter transformado ela em escrava sexual.

    De resto a serie foi original

    • Como que o Bazuca não aparece? Aparecem as capsulas das três cores, elas são explicadas…ele usa ate um isqueiro com a bandeira americana e senta o braço na galera no apartamento. Acho que tu viu outra série.

      • Egon – Aroma ito

        erro meu, quis dizer na HQ da Jessica Jones

  • Anubis_Necromancer

    é mediana, não é lá essas cosias, mas dá pra ver num fds sem nada de melhor para fazer.
    ela tenta ganhar fama por ser um tipo de “spin-off” do demolidor, que este sim, foi bem recebido.
    No máximo, fica uma nota no rodapé.

    • [Better Call Zoro]

      Fiz isso no feriadão, vi uns 3 episódios por dia. Quando chegou no domingo não aguentava mais de tão chata e arrastada que a série ficou

  • [Better Call Zoro]

    Até os 5 primeiros episódios eu achei a série bem foda.

    Gostei do clima de investigação, dos personanges e das suas histórias.

    O problema foi dai pra frente. UM PUTA MIMIMI DO CARALHO DA XÉSSICA COM O VILÃO (Kilgrave é o meu PAUUUU).

    Ela prente o cara três vezes e o cara escapa sem mais nem menos.

    O poder dela varia de acordo com a conveniênica!! Na briga do bar ela bate nuns 5 caras de boaz, depois ela apanha de capangas merdões e fica até no xãum.

    Toda a parte da casa da infância da Xéssica é ridicula, com ela morando lá de boaz e “ensinando um psicopata” a ser bom e lekal.

    O grupo de apoio aos manipulados pelo vilão é a pura vergonha alheia (sério, tirando o crakudo, ninguem precisava de porra nenhuma daquilo, teve um cara que só deu o terno pro Homem Purpura PORRAAAAAA).

    O VILÃPO DEVERIA TER MANDADO OS GÊMEOS ENFIAREM FACAS NO CU UM DO OUTRO PQP MALUKOS CHAAAATOS.

    TEM AINDA O FATO DA “HEROINA” TER MATADO GENTE PRA CARALEO E ATRAPALHAR A VIDA DOS OUTROS MAIS DO QUE AJUDOU .

    Por fim, o FINAL MAIS BROCHANTE QUE JÁ VI NA MINHA VIGA!!!!uma bosta.

    nota: 10 garibinhas

  • Originalmente era pra Trish ser mesmo a Miss Marvel, mas não puderam usar a personagem por causa do filme solo dela.

    Vinnie deve ter curtido que ela não é ruiva como nas HQs (pelo menos nas cenas sitiadas no presente).

  • O_Puto

    Acabei de terminar a série e achei foda pra caralho. As interpretações tão muito boas, as motivações e o clima te prendem. Selo Netflix de qualidade.

    E nas Hqs do Demolidor na época do Bendis rolava uma droga, o MGH (hormonio de crescimento mutante) e na série aparece a sigla IGH, que poderia ser de Inhuman Grownth Hormone.

  • Thomas, The Pink Lantern

    Ainda não vi… (ninguém pediu)

  • Divosa Uplanovytch

    Imagina a merda que num tinha poupado so dela tirar fora a lingua do porra do Dr.C/u.

  • Ficou muito boa, fica arrastada em alguns momentos, mas como um todo ficou show!

  • Pingback: xmt85c4wx5ctwxw3tcerthve56()

  • Pingback: 3tnxyc3ut5x45wmtcy5454tnc3c()