Invasão Zumbi

hqdefault

Trem para busão

 

Graças a The Walking Dead houve um renascimento violento do genero zumbi, o que, numa certa medida acabou gerando uma saturação.

E apesar disso, o filme coreano Invasão Zumbi não reinventa a roda, não se propõe a isso, e consegue se destacar num oceano de produções parecidas.

A historia é a seguinte. Seok-woo tem que levar sua filha Su-an até a casa da ex-esposa, em Busan. Isso porque ele é um pai ausente pacas e a menina parece não querer ficar mais com ele. Nessas eles acabam topando com incidentes estranhos e no trem, numa viagem que seria curta, se veem em meio a uma orgia de violencia.

Os outros personagens também são interessantes como o grosseiro Sang-hwa que está com a esposa grávida e o casal de adolescentes.

maxresdefault

O nome inglês do filme, Train To Busan, é obviamente mais descritivo, já que a maior parte dele se passa no ambiente confinado do trem. Isso porque o maquinista recebeu ordens de levar o trem até uma cidade segura. E também porque notaram que parar seria uma ideia muito ruim.

Como era de se esperar, há uma certa dose de critica social, inevitável em boa parte dos filmes de zumbis, mas dois fatores me chamaram a atenção. O fato do filme ter um vilão melhor que os filmes da Marvel e que mesmo assim não caiu naquela coisa de “o maior inimigo não é o zumbi”. E não tem medo de chamar zumbis pelo nome.

Esses são do tipo zumbi parkour, que correm pra caralho, mas com algumas diferenças cruciais, em particular a velocidade da transformação, que, dependendo da area atingida, pode levar apenas alguns segundos para o novo zumbi sair correndo atrás da próxima vitima.

7813516

É, afinal, um filme bem legal. A Coreia do Sul tem geralmente uma produção de filmes de terror ótima, como O Hospedeiro e The Red Eye. É bom ver algo vivo num genero já meio morto.

E também teve uma animação, Seoul Station, que é tipo um prequel.

 

Zweist
05/01/2017