Hardcore Henry – Harcore: Missão Extrema

8968110_hardcore-henry-review_10ec3308_m

This is war baby!

 

No começo do filme, Henry acorda em um laboratório. Uma cientista que diz ser sua esposa e que ele sofreu um acidente fatal, mas foi reconstruido como um ciborgue. Ela o leva para os ajustes finais, inclusive seu módulo de voz quando a porta do lugar é destroçada numa explosão.

Ambos fogem, mas ela acaba sequestrada por um cara chamado Akam, que aparentemente está interessado na tecnologia cirborgue. Então Henry começa uma corrida pra resgatar a esposa e se manter vivo, já que precisam do corpo dele, não necessariamente dele respirando.

E então ele resolve que ninguem mais respira também.

E então ele resolve que ninguem mais respira também.

O filme é completamente visto em primeira pessoa, do ponto de vista de Henry. O diretor, Ilya Naishuller, já havia feito o clipe “Bad Motherfucker” da sua banda Biting Elbows, usando cameras GoPro para as filmagens e o software Blender para os efeitos. O filme, russo, mas a maioria dos dialogos está em inglês e foi feito com um orçamento de dois milhões de doláres amerikantsov e parte dessa grana veio pelo site IndieGoGo. A outra parte veio da equivalente russa da lei Rouanet e …. ah. Não existe lei rouanet na Russia. É uma merda de pais frio em crise e eles não precisam de mamadeira do governo para fazer um filme que é melhor que 98% pra produção de cinema nacional.

Mas estou divagando.

O cara comprou umas cameras, montou umas traquitanas e saiu recolhendo premios.

O cara comprou umas cameras, montou umas traquitanas e saiu recolhendo premios.

Praticamente todas as convenções de FPSs estão ali, desde os sujeitos que ajudam o protagonista a progredir, dando direções ou “missões”, o fato do cara fazer um monte de feitos superhumanos e matar centenas de inimigos e coisas do tipo. E claro, armas, muitas armas. É mais facil tentar lembrar de um tipo de arma que não está no filme do que listar todas que estão.

160713042259669914

É impossivel não lembrar de FPSs pelos tiroteios e Mirror´s Edge pelas perseguiçoes e parkoures que Henry faz pelas ruas de Moscou. Há poucos momentos de pausa na ação e geralmente nesses a trama é explicada. Certamente não é uma história que vá ganhar um prêmio Nebula, mas como nos jogos, ela é a desculpa para a diversão. E é incrivel que mesmo sendo 90% ação, o filme não se torna chato por sobrecarga.

hardcore-henry-STX-Entertainment

Outro detalhe que me lembrei, não sei se foi proposital do diretor é que a mão esquerda de Henry tem uns detalhes de metal visiveis e me lembrou a capa de um joguinho ótimo de Nes, Shatterhand.

Shatterhand_cover

Um detalhe ainda mais legal. Foda-se o MCU ou o DCU ou o CU. Hardcore Henry faz parte do mesmo universo de Caçadores de Emoção, John Wick, and Hotline Miami e Pay Day, uma nata da bandidage,

maxresdefault

 

Teve gente que passou mal assistindo. Por isso, segue o trailer.

Zweist
26/07/2016
  • O_Comentarista

    Esperar sair no Netflix.

  • Renver

    Morro de vontade de ver esse filme

  • Bob Balburdia

    ULTIMATE MOTHAFUCKA IN YOUR ASS MOVIE!!!!

    MIM DÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Caralho, finalmente saiu! Baixando agora mesmo

  • hellbolha2

    Tenho a séria impressão que este filme funciona melhor (ou UNICAMENTE) no cinema, em 3D ou IMAX, e que na telinha corre o risco de ficar cansativo….

  • Renver

    Quem tem Labirintite não pode ver esse filme. Senão convulsiona.