Filmes vistos em Janeiro – por Evandro

Mais uma série de posts para tentar chegar ao fim!

Salve galera! Na preguiça e falta de tempo em escrever posts, resolvi fazer mini resenhas do filmes que eu for assistindo em 2018, assim tento escrever pelo menos 1 vez por mês em vez de só ficar editando podcast! =D

Estes são os filmes que assisti em Janeiro, não necessariamente são filmes que saíram nesta época, logo vocês vão perceber.

Bright
Comecei mal o ano, o filme é bem meia boca, a premissa é interessante, mas a execução é fraquíssima, terminando de forma muito óbvia, Will Smith está atuando no automático faz algum tempo, fazendo o mesmo personagem chato pra cacete, o Orc é um personagem legal até, mas burro pra porra e isso incomoda no filme.

Disaster Artist – O Artista do Desastre

I DID NAAAAAATTT!!!

Que filme amiches, que filme! Sensacional, James Franco está excelente no papel, quem já viu entrevistas do Tommy Wiseau sabe que ele é daquele jeito mesmo. O filme é uma sucessão de bizarrices, que até nos ajuda a entender, porque The Room é um clássico incompreendido.
E no final ainda rola uma comparação entre as cenas de The Room e Disaster Artist, dá muita vontade de ver a versão inteira do james Franco!

Battle Royale Batoru rowaiaru (2000)

Como eu pude viver até hoje sem ver esse filme lindo, 40 alunos, muitas armas, 1 sobrevivente, todo reality show deveria ser assim, o filme é tão bom quanto o mangá que eu pago muito pau, e ainda preciso ler o livro, mas estou corrigindo esse desvio de caráter da minha pessoa, altamente recomendado.
Também fui alertado para que não assistisse a continuação por ser extremamente ruim, vou deixar quieta.

A VILÃ – Ak-Nyeo – The Vilainess (2017)
Esse filme Coreano foi indicado pelo “Cavalo da Mônica Mattos” (HAUHAUAHUAHUAHUAHA!!!!) nos comentários do podcast do Gremlin Latino, assisti o trailer e pirei, puta filme de ação bem feito, lutas do caralho, com uma câmera frenética operada por ninjas, tem uma sequencia inteira em 1° pessoa no inicio, a única parte chata é que tem um romance na metade que dá uma esfriada até a finaleira quando retoma a ação.

Kingsman: O Círculo Dourado (2017)

Não esperava nada do primeiro filme e adorei, este foi quase a mesma coisa, me divertiu bastante, mas não achei tão bom quanto o anterior, pelo menos não tentaram repetir aquela sequencia fodástica na igreja do 1° filme, ou se tentaram eu não percebi. filme assistível, tem a mesma vibe. Comecei a ver em 2017 mas dormi e terminei em 2018, então tá valendo na lista.
Fiquei feliz pelo Galahad ter sobrevivido, pena que morre outro personagem maneiro. :(

A morte te dá parabéns – Happy Death Day, (2017)

Eu adoro filmes de looping no tempo sem explicação, estilo Dia da Marmota com o Bill Muray, sempre acabo assistindo, (vi até mesmo aquele Nu com o Marlon Wayas que tem no Netflix) neste filme, a garota babaca do colégio é assassinada no dia do seu aniversário, mas em vez de morrer ela fica revivendo o mesmo dia até descobrir seu assassino.
Não é um filme que vai mudar sua vida, mas dá pra desligar o cérebro e curtir por 1 hora e meia, passaria fácil na sessão da tarde se a protagonista não morresse tantas vezes.

Killing Hasselhoff – 2017

Chris Kim (Ken Jeong) é um dono de nitghclub que tem um bolão de apostas com os amigos, em que eles apostam nas celebridades que vão morrer (também conhecido como Deadpool), todo ano ele sempre aposta no David Hasselhoff, Um dia tudo dá errado e ele acaba perdendo tudo, esposa, dinheiro, reputação, o nigthclub pega fogo e a única solução óbvia é ele ir pessoalmente matar o The Hoff e conseguir o dinheiro do bolão pra se reerguer.
O filme é mais ou menos, não é tão engraçado quanto eu imaginaria para um filme desses, ou meu humor não estava dos melhores, mas tem algumas partes legais quando mostram o Hasselhoff se achando um puta ator, e criando uns filmes malucos na cabeça dele e a legião freak de fãs.

Conheçam Nick Fury Bucchannon!

Blade of immortal – Mugen no jûnin (2017)
Curti demais essa adaptação, apesar de colocarem muita coisa no filme o que acaba deixando ótimos personagens com pouco tempo de tela, e algumas lutas muito esperadas sendo extremamente resumidas e sem graça, mesmo assim, rola umas brigas maneiraças, o amiche Hellbolha já fez uma ótima resenha sobre o filme.

O rei da polca – The Polka King (2017)

Fui induzido a assistir este filme, certo dia estava pesquisando sobre Tenacious D e algumas horas depois apareceu no feed do android a trilha sonora de Polka King, nem sabia o que era só deu pra ver que tinha o Jack Black na capa, 1 dia depois a Netflix me esfrega na cara o filme como indicação pra assistir.
Baseado na história real de Jan Lewan o rei da Polca da Filadélfia, que chegou a ser indicado a um grammy em 95. Jack Black interpreta o imigrante polonês que além da banda de polca gerenciava diversos negócios como loja de souvenirs, agencias de turismo, e um esquema milionário de pirâmide financeira que o levou pra prisão.
Jack Black está muito bem no papel, sendo carismático e canastrão o bastante para enganar os velhinhos todos, alguns acontecimentos são tão absurdos que se não tivessem mostrado as imagens nos créditos não dava pra acreditar. Não sei se dá pra classificar como comédia, mesmo assim achei um bom filme. No Netflix também se encontra o documentário que este filme se baseou The Man Who Would Be Polka King vale dar uma conferida.

Tempestade: Planeta em Fúria – Geostorm (2017)

Olha este poster, não tem como ser ruim!

Fui assistir já sabendo o que esperar, um filme de catástrofe com todos os clichês possíveis, Terra indo pro saco, cachorro em perigo, garotinha inteligente, parentes que não se dão bem, governo recrutando o fodão aposentado para que ele resolva a treta, planos idiotas que funcionam no último segundo, auto-sacrifício e muita destruição em pontos conhecidos do planeta (rola até uma onda congelante nas praias do Rio).
Se esse é o tipo de filme que te faz feliz, vai fundo!

vende-se essa casa – The Open house

PASSEM LONGE DESSA BOMBA, É SERIO!!!!

 

Então é isso galera, estes foram os filmes deste mês, espero ter dado pelo menos uma dica útil, e espero que consiga trazer mais coisas no mês que vem.

Evandro Loco
01/02/2018
  • Anubis_Necromancer

    Só filmão XD

  • O_Comentarista

    Mais uma série de posts q não irá terminar…

    • Considerando que começou Fevereiro e ainda não vi nada, não sou capaz de opinar.

      • [Harvey]

        Evandro não liga pra essa gentalha gentalha, genitalha, gentalha pfffff afinal vc deve utilizar o CALENDÁRIO AMICHE 2018 :D então vai conseguir programar TODOS TODOS TODOS os seus posts

  • Strider_Tag

    Sou mais um que reforça o pedido de FIQUE LONGE DE BATTLE ROYALE 2.

    • Obrigado amiche!

    • Anubis_Necromancer

      Como fizeram uma coisa daquelas…
      Se bem que a continuação do mangá é tão ruim quanto.

  • PCB

    Cê vê esse tanto de filmes e ainda grava podcast e festeja? Cê é bichão memo…

  • [Harvey]

    Blight me pegou pelo trailer, achei bacana essa de mundo magico do Gueto, com os Orcs sendo os negros da vez.

    Mas achei esteriotipado demais (da mesma forma na qual esteriotipam os negros e acho um absurdo), não explicam qualé desse mundo mágico, as regras dessa porra não funcionam e o principal O FILME É CHATO.

    Sobre o Sr. Willard “Will” Smith, sempre fui fã dele desde Um Maluco No pedaço, mas confesso que desde Hancock ele só vem fazendo bosta (alias desde que entrou pra cientologia) e esse filme ele nao é exceção

  • Onofre Ricardo

    Boas dicas de filme. Curti principalmente o Blade (o que não mata vampiros). Ainda não conhecia o mangá mt menos o filme.
    Alias, nada a ver com isso, mas a Saraiva tá de promoção de quadrinhos. Reino do Amanhã + Piada Mortal tá saindo R$ 65 Temers.

    • PCB

      Kkkkk aproveitem o jabá pra comprar o mangá do Blade. Comecei do nada, e hoje é um dos senão meu favorito dos que estão sendo lançados.

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Num vi ninhum.

  • Luis Fernando Volkweis Filho

    Essas mini-resenhas funcionam hein? Acho que tu tinha que fazer um por mês. hehehe
    Já tô até baixando Villainess e Geostorm! hahahaha