Dunkirk – não o filme

cundall-withdrawal-from-dunkirk-1940

Não vi ainda. Só pra deixar claro. Não é resenha do filme.

Em 1940, o esforço Aliado para deter a Blitzkrieg nazista parecia ser infrutifero. A Força Expedicionária Britanica (BEF), os exercitos Franceses e demais aliados, em particular da Bélgica e os Poloneses que se uniram à eles estavam levando uma tunda por toda parte.

Em maio, Winston Churchill se torna Primeiro Ministro do Reino Unido, substituindo Neville Chamberlain, que havia assinado o Acordo de Munique com Hitler, onde várias concessões foram feitas ao bigode, na esperança que isso acalmasse a sanha do neurotico da Austria.

Chamberlain_m

No entanto, como Stalin descobriu depois, esse documento não prova nada, prova só que o Hitler é um filho da puta.

Voltando. Quando Churchill se tornou Primeiro Ministro, a situação era uma merda. A BEF e o exercito francês estavam cercados por dois poderosos exercitos alemães, o do General Fedor von Bock e do General Gerd von Rundstedt, dois caras que não eram pouca bosta.

Nessas, Hitler resolve visitar a base de Rundstedt, possivelmente levando várias cervejas, bratwurst e o famoso chucrute da Eva Braun, e possivelmente por isso veio a famosa Ordem de Parada. Até hoje se discute a causa dessa Ordem, uma pausa no avanço alemão contra as encurraladas forças Aliadas.

As ruas de Dunkirk (Dunquerque)

As ruas de Dunkirk (Dunquerque)

A teoria mais aceita é que um dos grandes escrotos do Alto Comando, Hermann Göring, comandante e eximio jogador de Secret Weapons of Luftwaffe, pediu para destruir os aliados. Isso, somado ao fato que o terreno ao redor de Dunkirk não era muito simpático aos blindados, que na verdade deveriam ser poupados para uma outra operaçao, teria contribuido para essa parada.

De toda forma, os alemães achavam que os Aliados estavam fodidos e nem esquentaram muito. Afinal, o que iriam fazer, dar um Rage Quit e sair do servidor Europa Continental?

Churchill e seu time, preparando para farmar soldados

Churchill e seu time, preparando para farmar soldados

E foi exatamente o que fizeram.

Os nazistas, a despeito da imagem, eram a pior parte da máquina de guerra alemã, mantida com disciplina e treinamento e foi a incompetencia e cegueira arrogante dos nazistas que felizmente contribuiram para sua derrota. O exercito alemão sempre teve um otimo aproveitamento, muito antes dos nazistas, que basicamente se apropriaram da estrutura da Wehrmatch e na verdade, não eram bem vistos por ali, em especial entre os veteranos do Reichwehr, o antigo exercito alemão.

Os russos por outro lado, eram praticamente o Imperium of Man, e Stalin nao se importava se 1 milhao de caras morressem para conquistar 10 metros de territorio.

d9d8771906a15c1ac6a6956acd126272

Mas voltando.

Depois houve uma luta ferrada para reunir quem fosse possivel em uma retaguarda segura, o que levou a coisas como o massacre de Le Paradis e aos alemães jogarem, de avião, panfletos onde mostravam aos soldados aliados a sinuca onde eles estavam e dizendo que se rendessem.

Os ingleses abriram o jogo com os franceses e os belgas: “Ó, é o seguinte, tamo indo, vamos reunir nossas forças ali na ilha e depois a gente volta. Quem quiser pode ir junto.”

O rei Leopoldo da Bélgica olhou e disse “É, tá serto. Só que a gente tá numa ruim e já deu. Não vou deixar o que resta das minhas tropas e meu povo, então é o seguinte, a gente se rende.”

Ao que a resposta do rei George deve ter sido algo como “Foi mals então, falou.”

"SCREW YOU GUYS I'M GOING HOME!! ."

“SCREW YOU GUYS I’M GOING HOME!! .”

Enquanto isso a BEF continuava se retirando para Dunkirk, levando bombardeios e fogo de artilharia no caminho todo.

Começava a Operação Dynamo.

Resumindo, com um perimetro de defesa criado principalmente pelo exercito frances, em especial o Primeiro Exercito, que sabia que estavam lascados, mas não estavam dispostos a abandonar seu país, cerca de 400 mil soldados foram levados para aquelas paradas.

E para tirar essa galera toda dali, embaixo de todo tipo de merda que a Lutfwaffe não parava de jogar neles?

Muitos barcos Timmy. Qualquer coisa que flutuasse.

Dunkirk-Break

Um dos principais problemas era que as aguas da região eram muito rasas, impedindo que os navios maiores, de grande calado se aproximassem para a retirada. Então um enorme fluxo de barcos menores, civis mesmo, começou a rumar para lá e servir de transporte entre a praia e os barcos maiores.

Então foi tudo que puderam lançar, iates de lazer, pesqueiros, vapores, traineiras e por ai vai.

O saldo foi a evacuação de quase 340 mil soldados, centenas de milhares de toneladas de equipamento e armas abandonada. No entanto, o sucesso do episódio acabou conhecido como o “Milagre de Dunkirk”.

Equipamento abandonado

Equipamento abandonado

Os alemães não demoraram a chamar a evacuação de derrota inglesa no entanto, e o próprio Churchill, apesar do tom otimista, não chamava de vitória, mas era admitido que a operação salvou o grosso do exercito inglês, veteranos treinados e já experientes, que seriam vitais mais pra frente.

E sabem quem esteve em Dunkirk? Sim, ele mesmo! “Mad Jack” Churchill, o lunático brandidor de espadas favorito de todos!

5304191957_275e952ae5_b

Não se sabe se ele foi retirado de Dunkirk num barco ou se foi surfando em cadáveres nazistas.

No fim das contas, ao final de três dias, esse esforço transformou a maior derrota militar inglesa em séculos em um ato de heroismo e simbolo do esforço unido do povo da ilha, dando um boost de moral que seria vital na vindoura Batalha da Grã Bretanha.

Essa imagem 3D de Churchill ainda observa o horizonte.

Essa imagem 3D de Churchill ainda observa o horizonte.

Zweist
07/08/2017
  • O Imatável Polvo Aranha

    Em resumo, os ingleses corajosamente fugiram com o rabo entre as pernas. Muito heroico (ok, muitos lá viriam a ser heróis de guerra, mas essa fuga em massa, mesmo milagrosa, não chega a ser algo heroico não).

    Tão acusando o filme do Nolan sobre essa fuga em massa de whitewashing. Esse dado confere?

    • O Impronunciável Zweist

      O que é apontado como a parte heroica da coisa é a, digamos, logistica da fuga em si. Tirar quase meio milhão de caras das praias em uns poucos dias, com a Luftwaffe mandando bombas neles, trampo.

      É besteira. Do lado dos ingleses haviam soldados Indianos. Mas eram cerca de mil deles e nem eram combatentes, faziam parte das forças de transporte e cuidavam dos cavalos. Do lado frances haviam africanos, mas também não eram muitos e o foco do filme é nas forças inglesas mesmo.

      O que acontece é que Churchill é odiado na India por ter desviado alimentos que iriam para lá para a Europa, pois imaginava que seriam necessarios ali no pós guerra. Essa açao do cara teria causado a Fome de Bengal.

      • Anubis_Necromancer

        Mas o pessoal só enxerga o que os russos fizeram XD
        Igual a Unidade 731 do Japão, que no final, o “Menghele” oriental acabou sendo “perdoado” pelos aliados.

        • O Impronunciável Zweist

          A Unidade 731 é de apavorar.

          • Anubis_Necromancer

            Fiz um estudo sobre ela com detalhes.
            Admito que fiquei normal com as fotos que peguei.

          • Anubis_Necromancer

            Devo ter perdido o tato depois de ter visto muitos filmes do Faces da Morte durante a infancia, ou ter visitado muito o necroterio quando estava no hospital.

      • O Imatável Polvo Aranha

        Como eu disse, não tem nada de heroico nisso. Que foi um milagre, sem duvida foi, mas nada heroico.

  • O_Comentarista

    A famosa retirada estratégica.

  • Glaydson Melo

    Excelente post.

  • PCB

    Me motivou a escrever sobre o filme kkkkk. Pra onde mando o post?

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    Precisamos de mais posts sobre historias de guerra como esse.

    • O Impronunciável Zweist

      Pode ser. É algo que preciso de pouca pesquisa e posso fazer em uma hora em média.

      • o Inconcebível Bob Balburdia

        Pouca pesquisa? Eis um sommelier de historias de guerra?

        • O Impronunciável Zweist

          Em geral mais pra lembrar de alguma ou detalhes.

  • Pingback: » DUNKIRK – SIM, O FILME por PCB()