DOOM – Há 20 anos conhecemos o inferno

Há vinte anos o inferno pavimentou o caminho do futuro.

 56148831_640

O ano de 1993 foi marcado por várias idiotisses que as pessoas ficam lembrando, como a eleição do Clinton,o Nobel da Paz do Mandela, o começo do Plano Real e besteiras assim, mas pouca gente dá relevancia ao fato de que, em 10 de dezembro,  foi lançado Doom.

A historia, é até que bem bolada. A humanidade está tentando explorar o espaço, mas não há como. A mais avançada tecnologia criogenica nos permitiu chegar a Marte, mas é inviável para ir mais longe ou transportar grupos grandes de pessoas. A solução parece ter vindo com a pesquisa experimental de portais dimensionais. O portal deveria ligar as instalações de pesquisa nas luas marcianas de Fobos e Deimos.  O problema é que a dimensão que o portal atravessa é o próprio inferno e o seu habitantes saem pelo portal pra tocar o pânico. A instalação em Deimos sumiu. Junto com a lua inteira. E após a morte de todo o seu pelotão, você, como último space marine (fuzileiro espacial) tem que limpar essa zona toda.

Para isso você tem que cruzar os niveis infestados de demonios e os cadaveres possuidos de outros fuzileiros, locais tóxicos e diversos outros problemas. A principio armado apenas com um revolver e seu próprios punhos. É de vital importancia que você explore os labirinticos ambientes em busca de armas melhores, munição para elas, kits de saúde e outros power ups, além de procurar as obrigatórias chaves de acesso.

No primeiro Doom você não pula ou se abaixa e algumas coisas parecerão  estranhas comparados aos jogos atuais, em particular o fato que não é preciso mirar bem. Se o inimigo estiver na frente da sua arma, você o atinge, mesmo que ele esteja acima ou abaixo de você. Outra coisa é o comportamento dos monstros, eles são extremamente agressivos e não usam tática alguma, apenas vem pra cima de você mordendo e atirando como loucos.

Loouucooos.

Loouucooos.

Os combates são frenéticos em razão disso e extremamente agitados. Uma coisa comum em Doom é que, em um certo momento, principalmente nas fases mais avançadas você vai ficar bastante tempo procurando chaves ou passagens em ambientes já vazios, cercado apenas pelos cadáveres dos monstros que você matou. Doom nessas horas recompensa os pacientes e atentos.

Doom é sucessor direto de Wolfenstein 3D, mas muito melhorado, tanto nos cenários quanto na jogabilidade mais afinada, músicas e tudo mais. Por isso é que Doom é mais lembrado como primordio dos FPS do que Wolfenstein 3D. Doom foi também, por muito tempo o bode espiatório favorito por massacres como o Columbine, tanto pela sua violência quanto pelo tema satânico. E a porra dos FUZILEIROS NAVAIS americanos criaram um mod de Doom para “treinamento”.

Vamos aos importantes legados de Doom?

O primeiro FPS  popular. O primeiro a poder ser jogado em rede, e depois realmente online, em cooperação ou Deathmatch. O primeiro a criar uma comunidade de Mods, os lendários WADs.

AINDA HÁ mods de Doom sendo feitos até hoje, um dos mais fantásticos tem o simpático nome de Brutal Doom. Basta ter Doom ou Doom II instalados e essa belezura vai torna-lo ainda mais sangrento, intenso, violento, dificil e foda em geral. Não é dificil de achar. Inclusive eu tenho o link aqui, mas não vou passar. Procurem. É isso que difere FPSs old school dos atuais que te dão tudo mastigado e curam sua energia por se esconder como um bundinha.

Brutal Doom.

Brutal Doom.

Eu realmente gosto de FPSs atuais e tenho vários, mas não dá pra pensar que era mais simples e desafiador simplesmente ser jogado em um ambiente hostil, sem tutoriais, sem cutscenes. O pensamento da industria era “Se vire logo de cara e tente não morrer, você não é um bebê que precisa ser levado pela mão por tutoriais ou recompensado com achievements como um cão sendo treinado.” Se você morresse logo de cara, bem, a culpa é sua.

Sinto muito se você prefere ficar matando os mesmos terroristas e russos, mas eu prefiro me afundar no inferno e sair de lá com a cabeça do demonho torrada de plasma.

 

O ridiculo Doom se fosse feito hoje.

E o trailer de Brutal Doom. Poesia pura.

 

Compre Doom. Baixe Doom. Jogue Online Doom.

  • Reverendo

    Mas o Inferno é do BdE ….

    • O_Comentarista

      Esse Inferno não conta.

      É muito tosco.

  • O_Comentarista

    Jogaço!

    E o 2 era ainda melhor, com a motosserra, a escopeta de cano duplo e os demônios com lança-chamas.

  • Rafael

    Doom? só conheço aquele FILMAÇO, que ainda tinha o Juiz Dredd!

    • Evandro Loco

      #NãoCara!

  • Marko

    ” Outra coisa é o comportamento dos monstros, eles são extremamente agressivos e não usam tática alguma, apenas vem pra cima de você mordendo e atirando como loucos.”

    Isso só aumentava o desespero, principalmente quando tu tava cercado haha. Doom realmente marcou época, e ainda é melhor que muito FPS famoso. E o melhor, essa merda é muito difícil. Do nível que tu chegava a chorar de raiva as vezes (lembro que um dos jogos da serie, o nivel Easy era chamado de “Eu sou um covarde” haha). Junto com Wolfenstein, ainda são imbativeis. Clássicos nunca morrem.

  • cgui

    ótimo post, Zweist…
    Doom é muito amor! :D

  • Slag Autobot

    Coisa que eu só vi em Doom’s e nunca vi em outro jogo era a tetra que rolava entre os outros monstros quando o ataque de um atingia o outro acidentalmente. Gostava de ficar fazendo isso e ver o monstro atacado ir tirar satisfação com o outro. (Titio Slag adora coloca mais lenha na fogueira e assistir de camarote com champagne).

  • Evandro Loco

    “mas não vou passar. Procurem. É isso que difere FPSs old school dos atuais que te dão tudo mastigado e curam sua energia por se esconder como um bundinha”

    Essa passagem do texto foi genial, parabéns Zweist, sintetizou os jogadores atuais muito bem!

  • Anubis_Necromancer

    Doom, para sempre o primeiro fps popular.
    Não importa se vc é putinha de CoD, BF ou caralho às 4, sem esse jogo, você não teria suas merdas de hoje em dia.

    E é melhor você respeita-lo, porque quando tu morrer tu vai pro Inferno, e no Inferno, pra te salvar, tu tem que abraçar o Sargento, seu nerd tetudo gordo filho da puta!

  • O maior e melhor FPS de todos os tempos! Jogo até hoje.=)

  • Jogaço! Doom é um dos jogos mais influentes de todos os tempos.

    Pra quem não sabe, a Valve tinha criado um jogo que segundo eles seria provavelmente o melhor da empresa, foram meses de trabalho e

    tudo mais. Investiram pra caralho nele.

    Aí Doom foi lançado e a Valve simplesmente resolveu jogar o jogo no lixo e começar tudo do zero, todo o empenho pra nada. A ordem agora era lançar algo tão ou mais foda que Doom, que se tornou um sucesso imediato.

    E foi assim que Half Life começou a ser desenvolvido.

  • MaxRicardi

    nunca joguei doom, só joguei duke nukem! preciso corrigir essa falha

  • MaxRicardi

    esse vídeo do dooty é foda, hahaha