Corrida Mortal – Trilogia

Death Race 1 (5)

Por algum motivo que desconheço, resolvi assistir todos os filmes.

Death Race 1Corrida Mortal (Death Race) filme de 2008 dirigido por Paul W.S. Anderson (responsável pelos horríveis Residents Evils), com Jason Statham, Tyrese Gibson e Ian McShane. É um remake de Death Race 2000, filme de 1975 que tem no elenco David Carradine (Frankenstein) e Sylvester Stallone (Machine Gun Joe).

Quando saiu este filme eu fiquei muito na pilha de assistir, não que eu curta filmes de corridas, mas quando se adicionam armas na receita, eu como um grande fã de Rock ‘n Roll Racing precisava conferir.

Death Race 1 (4)A trama: (Sim ela existe)
No longínquo futuro de 2012 a economia americana entra em colapso, as empresas privadas assumem as penitenciarias e resolvem transformar tudo em entretenimento, Terminal Island é a prisão que transmite pela internet lutas até a morte entre os presos, com a queda na audiência, eles resolvem criar a Corrida da Morte, onde o preso que vencer 5 corridas ganha a liberdade como prêmio.

Frankenstein e Hennessey

Frankenstein e Hennessey

O filme começa com um acidente envolvendo Frankenstein, o piloto mascarado preferido do público, ele morre, mas a diretora omite este fato das pessoas. Jensen Ames (Jason Statham) é um ex piloto que acaba de perder seu emprego em uma metalúrgica, sua mulher é assassinada e armam para ele ser incriminado, 6 meses depois ele é transferido para Terminal Island, Hennessey a diretora, oferece a oportunidade dele pegar o lugar do Frankenstein, ela o convence dizendo que Frank já venceu 4 corridas e Jensen só precisa vencer mais uma para ser livre e poder ficar com sua filha.
Death Race 1 (1)Jensen perde e primeira corrida, mas descobre que o cara que matou sua esposa é um dos corredores e fez isso a mando Hennessey (que precisava de um substituto para Frankenstein), ele consegue mata-lo na segunda corrida, já na terceira corrida só sobram vivos Frankenstein e seu rival Machine gun Joe (Tyrese Gibson), neste momento Joe já sabia que aquele não era o Frankenstein original e os dois armam um plano para fugir da prisão durante a corrida, dá certo e no final os dois fogem e viram best friends, trabalhando juntos em um ferro velho, junto com a filhinha de Jensen e a antiga co piloto do Frankenstein que eu esqueci de mencionar, mas ajudou eles, Hennessey tinha colocado uma bomba no carro de Frank para impedir que ele fugisse, mas o chefe de equipe dele, Coach (Ian McShane) descobriu tudo e resolveu enviar de volta pra ela, fim.

Trenzinho carreta furacão from Hell!

Trenzinho carreta furacão from Hell!

Eu caguei muito pra trama deste filme, o que curti mesmo foram as corridas, onde os carros precisam passar em símbolos no chão para ativar armas ou defesas e também armadilhas na pista, lance bem videogame mesmo, rola muito tiroteio, perseguição, um caminhão gigante blindado, todo mundo morre, até mesmo o Liu Kang (Robin Shou) que era um dos corredores, enfim, um filme até assistível, se eles tivesse parado por aí…

 

Death_Race_2
Corrida Mortal 2 (2010)
dirigido por Roel Reiné (caguei) e escrito por Paul W.S. Anderson
Não é uma continuação, e sim um prequel, mostrando a origem do Frankenstein.
A prisão de Terminal Island foi comprada pelas Industrias Weyland (Ving Rhames), como a prisão era muito violenta eles resolvem criar uma arena cheia de armas para os presos colocarem a raiva para fora, transmitindo tudo pelo pay per view na Tv a cabo.
O piloto de fugas Carl ‘Luke’ Lucas (Luke Cage?) (luke Goss) trabalha para o chefão da máfia Markus Kane (Sean Bean, já sabem que ele vai morrer né?) ele se orgulha de nunca ter precisado disparar uma arma nos assaltos que fez, mas seu chefe descolou um grupo de amadores desta vez, o assalto da errado e Luke acaba matando um policial, depois de uma perseguição ele acaba preso, ele é muito fiel ao seu chefe e pega perpétua por não entrega-lo, Sean Bean pensa diferente e coloca a cabeça dele a premio, antes que ele acabe falando algo.
LucasNa prisão ele conhece Lists (Frederick Koehler) que fazia parte da equipe no primeiro Corrida Mortal e Goldberg (Danny Trejo) e vai trabalhar com eles na mecânica da prisão.
September Jones (Lauren Cohan, a viúva do Gleen) é a organizadora da Luta Mortal e se interessa por Luke, que se nega a participar do show, ela coloca Lists no lugar dele, Luke acaba invadindo a arena para lutar e salvar o amigo, acaba ocorrendo uma rebelião e vai tudo pro caralho, é o fim da Luta Mortal, Jones então resolve criar a Corrida Mortal com todas as regras envolvidas que já foram mostradas no outro filme.

jones

Jones

Luke aceita de boa participar, afinal ele já está ferrado e com a cabeça a prêmio mesmo, ele acaba se envolvendo com Katrina (Tanit Phoenix) sua co-piloto, Vence a primeira corrida, na segunda ele acaba salvando 14K (Liu Kang, quer dizer Robin Shou) de ser morto, com a desculpa que ele é da tríade, única gangue que não quer matar ele na prisão e que não é comandada pelo Sean Bean, Luke sofre um acidente, os equipamentos do carro não funcionam, e ele pega fogo junto com o carro e é declarado morto.

Weyland

Weyland

Na prisão eles precisam arrumar um substituto para o diretor que foi demitido e aparece o nome de Hennessey, lá do primeiro filme, e a transmissão da corrida passa a ser pela internet e ainda anunciam a entrada do misterioso corredor Frankenstein.
Sean Bean é morto (novidade) pela tríade, como pagamento por Lucas ter salvo Liu Kang, e Lists mata o outro cara da equipe deles (que eu nem mencionei) que sabotou o carro causando a morte de Lucas.
Frank2Lucas sobreviveu, com muitos problemas de pele, ele aceita a contragosto a proposta de Jones para ele virar o Frank, já que ela ameaçou Katrina, o filme termina com ele se apresentando para a equipe (Katrina, Lists e Danny Trejo) que não sabem que ele é Lucas, e começando a corrida, mas não sem antes matar September Jones esmagada na parede, já que ela estava atrás do carro dele apresentando a corrida (morte mais idiota de várias). E assim se inicia a lenda de Frankenstein.

O filme em si é bem fraco, acho legal mostrarem a origem de como tudo começou, fechar algumas pontas soltas, mas a execução não é bem feita, as corridas em si demoram muito para começar, não são tão legais e só acontecem duas, sendo que a segunda nem termina, mas funciona para ele explicar como surgiu Frankenstein e chegou até o primeiro filme!

 

Só que não

Death_Race3Corrida Mortal 3 Inferno (2013) Novamente direção Roel Reiné e escrito por Paul W.S. Anderson (eles não sabem quando parar)
Este filme foi o motivo de eu resolver escrever este post, estava passando na tv por assinatura e vi a metade final dele, no outro dia estava passando de novo (Tv é uma merda mesmo) e peguei o começo, percebi que eles fecham várias pontas nesse filme.

Frankenstein é o maior símbolo da corrida mortal, as indústrias Weyland são compradas pela gigante York Global Industries, chefiada por Niles York (Dougray Scott) que quer transformar a corrida em algo global, para isso ele não pode perder Frankenstein o melhor e mais famoso piloto, mas que já venceu 4 corridas.

York

York

Carl Lucas já está com o rosto bem melhor, devido a várias cirurgias experimentais, mas ele continua escondendo o rosto por um acordo que fez com Weyland para proteger e garantir a liberdade dele e de toda sua equipe quando ganhar a 5° corrida, York não está muito inclinado em cumprir com este acordo e transfere ele para uma prisão no deserto do Kalahari na África, junto com sua equipe e o corredor 14K (Liu Kang tá em todas) para divulgar a Corrida Mortal Global.
No meio de uma confusão, Lucas acaba perdendo a máscara e sua equipe descobre que era ele o tempo todo e ficam muito putos.

da esquerda pra direita - Danny Trejo, Katrina, Lists, 14K

da esquerda pra direita – Danny Trejo, Katrina, Lists, 14K

Agora os pilotos tem chips localizadores, para que não possam fugir, já que a corrida é no deserto, tomam um míssel teleguiado na cabeça se tentarem escapar, e as corridas vão do deserto passando por favelas e lugares dominados por milícias, com a galera atirando neles, Lucas fica em segundo na primeira corrida, York ameaçou ele e a equipe.
Lucas conta a situação e faz as pazes com sua equipe, na segunda corrida um míssil é disparado perto da final e acaba acertando a cabine da equipe, matando Danny Trejo. York novamente reforça que Lucas deve perder a corrida.
No terceiro dia ele deixa Liu Kang ganhar para distrair todos, enquanto isso ele invade de carro o túnel onde fica a produção do programa, Niles York está preso na mesa de controle porque a produtora do programa algemou ele após ter sido sacaneada por ele, o carro atinge o lugar explodindo tudo.
drinferno3

Final do filme, Niles York e Katrina são dados como mortos, a enfermeira reconhece o cara queimado que ainda está vivo como sendo o Frankenstein, a Corrida Mortal volta a ser somente em Terminal Island, eles arrumam um novo chefe de equipe pro Frank (Coach, lá do primeiro filme), Niles York é na verdade o cara queimado e fica gritando pra todos que ele não é o Frankenstein, mas Lists o reconhece como sendo, e sua ex assistente que havia sido demitida também confirma isso, o cara era um cuzão ninguém gostava dele, todo mundo queria ver ele se ferrando mesmo.

Esta é a última imagem que salvei.

Esta é a última imagem que salvei.

Em um cidade no litoral estão Lucas, Katrina, Danny Trejo e a enfermeira que era fã do mexicano judeu e ajudou ele a forjar a própria morte, é mostrado que Lucas fez um acordo com Weyland para ferrar com o Niles York, a produtora que prendeu ele na mesa trabalhava para Weyland também, e Lucas e Katrina pularam do carro antes de atingir o cara e explodir.
Por fim, Niles York aceita e assume o lugar de Frankenstein, já que ele mesmo dizia que o piloto era um símbolo, bastava trocar a pessoa por trás da máscara. O novo Frankenstein continuou correndo, provavelmente até ser morto e substituído pelo Jason Stathan.
Este filme é bem desnecessário, mas pelo menos focaram muito mais nas corridas, que desta vez tem mais tempo de tela, muito mais veículos, mais pessoas pra morrer, estas partes achei bem maneiras.
No final das contas só o primeiro filme vale alguma coisa.

Tinha mais uma imagem.

Tinha mais uma imagem.

Uma coisa interessante a se destacar é que eles fecharam o 2° filme onde começaria o 1°, não contentes, eles meteram um terceiro filme no meio e mesmo assim conseguiram terminar ele fechando mais pontas, como por exemplo o Ian Mcshane estar na equipe no lugar do Danny Trejo no 1° filme, mas ainda com o Lists fazendo parte da equipe (já que ele preferiu fica na prisão em vez de fugir com o pessoal).

Isso me faz pensar que uma franquia tão bosta como Corrida Mortal tem uma cronologia melhor que a franquia dos X-Men na Fox, que faz um puta puteiro cronológico do caralho cada vez que lança um novo filme, bagunçando a porra toda, logo, Corrida Mortal é bem melhor que X-men, e eu escrevi todo esse puta texto só para explicar essa afirmação que fiz/vou fazer no próximo podcast! =D AHUAHAUAHUAHUAHUAHUA!!!

Ps – Aguardando um 4° filme focado somente no 14K, mostrando que o Liu Kang sobreviveu e voltou a correr, desta vez como Frankenstein! HAUAHUAHUAHUAHUA!!
Ps – Este ano saiu um Death Race 2050, que seria uma continuação do Death Race 2000 de 75,  o audience score no Rotten Tomatoes está em 33%, preciso assistir e falar mal depois! =D

Abrasssssss!!!!

Evandro Loco
24/01/2017
  • [Better Call Harvey]

    Lembro quando assisti o 1º (e somente esse), e achei um mario Kart da Vida Real.

    Bem que podiam fazer um crossover com Velozes e Furiosos.

    E uma parodia porno. A cena da arrancada nós já temos: http://a5.files.maxim.com/image/upload/MTQzMTM4NzE4MTM0MzE0ODYx.gif

    • Eu nunca curti essa franquia “Caetano +Veloso e +Furioso” acho nível Transformers, mas se eles começassem a equipar os carros com armamento pesado poderia ficar interessante.

      • [Better Call Harvey]

        eu curtia o 1º e 2º filme até os 14 anos.

        Querendo ou não, a ideia de corridas de rua com carros tunados sempre foi bacana. Chorei quando explodiram o Eclipse verde no primeiro filme :(

        Pior é que podiam fazer algo bem melhor no filme do Need for Speed e saiu aquela bosta toda :P

        Peor é que o merda do Vin Diesel tá atrelado a essa franquia, então pra sair algo bom, só criando uma nova, com outro nome mas com a mesma ideia (gangues de racha e carros tunados)

  • O_Comentarista

    “Isso me faz pensar que uma franquia tão bosta como Corrida Mortal tem uma cronologia melhor que a franquia dos X-Men na Fox”

    Até o Superamiches tem cronologia melhor que os X-Men.

    Rock ‘n’ Roll Racing era foda. Bem que a Blizzard poderia voltar a investir na franquia.

    • E a Blizzard ainda fez Steam retirar o Motor Rock que era foda e agora é disponibilizado de graça!

  • Reverendo

    e da-lhe Danny Trejo nos filmes B! Go machete!

    • Frogwalken

      e LEI DE GAGA! =D

  • O Impronunciável Zweist

    Pena que não tem o carros “eu desenhei isso com 6 anos” do filme original.

  • Frogwalken

    Achava que nas Tags ia ter ” Danny Trejo Nu Pelado Pornor ”

    BWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Er, passo longe dessa trilogia, grato.

  • Por algum motivo que desconheço, resolvi assistir todos os filmes.

    Já ouviu falar em masoquismo?

  • Anubis_Necromancer

    Bem que o Anderson poderia ter feito um filme de Twisted Metal.
    Nem precisava de roteiro, só mostrar os carros se caçando e se destruindo^^

  • o Inconcebível Bob Balburdia

    lembro desse primeiro filme com o Statham. A dublagem era cheia de palavrões.

    • Sim, eu dei uma olhada por cima enquanto escrevia o post e notei isso! =D

  • Pingback: xmt85c4wx5ctwxw3tcerthve56()

  • Pingback: x78bn5t37bc45rtb3x45ctbwxds()

  • Pingback: 3tnxyc3ut5x45wmtcy5454tnc3c()