Capitão América Fuck Yeah: Maggoteiro Invernal.

Captain-America-Shield-640x360

Vista sua cuequinha bandeirada e vamos debater sobre o melhor filme da Marvel até o momento.

E não é que ele mandou bem?

E não é que ele mandou bem?

Amiches,  como todo mundo sabe, Capitão América: Soldado Invernal está fazendo mais sucesso que gelo em Caruaru.  Será que é essa Valentina Nappi toda? A resposta é simples: ÉSIMPQPQUEFILMEMANEIROEFISTYLEDOCARALHOEUQUEROUMBRAÇOMECÂNICOPRAONTEM!

Vamos começar pela ficha corrida. O filme tem direção dos Irmãos Russo (Joe e Anthony), os produtores da série Community.  Temos como elenco Chris Evans (Capitão América/ Steve Rogers), Samuel L “I Dare You” Jackson (Nick J. Fury), Robert Redford (Alexander Pierce), Scarlett Johansson “Dat ass” (Natasha Romanoff/ Viúva Negra), Cobie “Sparkles” Smulders (Maria Hill), Emily “Revenge” VanCamp (Sharon Carter / Agente 13),  Frank “Quem?” Grillo (Brock Rumlow), Anthony Mackie ( Sam Wilson  / Falcão), Georges St-Pierr ( Georges Batroc) e Sebastian “Chapeleiro Louco” Stan (James Buchan “Bucky” Barnes / Soldado Invernal).

captain-america-the-winter-soldier-chris-evans-scarlett-johansson

Natasha, isso.. é um Chupa DC? – Defiitivamente, Capitão. É um #CHUPADC

Sacanagem. Sem entrar em spoilers ainda,  realmente foi o filme mais adulto da Marvel não que isso queira dizer muito. Se de um lado superficial pode ser considerado um Bourne com superpoderes, ainda assim existe vários pequenos elementos e nuances que permitem uma grande discussão.  Isso não chega a ser grandemente explorado, mas você pode ver que os vilões são aras que justificam seus erros querendo tornar o mundo melhor, segundo a visão autoritária deles. Em tempos onde Sheherazades e Datenas convergem cada vez mais seguidores e admiradores, me pergunto se esse filme não tem um impacto muito mais forte na nossa realidade que na dos Eua pós-11 de Setembro.

Até beijei ele e não ganhei moral.

Até beijei ele e não ganhei moral.

A Ação é dinâmica, na dose certa e ameaçadora. Por mais fodas que sejam os personagens, foi o primeiro filme da Marvel que me passou a sensação de perigo.  Era óbvio que a galera que importa pras franquias não iriam morrer, todavia ficava o tempo todo aquela sensação de “eles podem escapar, mas a que preço?” Outra coisa que me chamou atenção é as coreografias de lutas, perseguições, viradas de rumo, sério o diretor está de parabéns. Chris Evans, ele finalmente me pareceu o Capitão América. Mesmo um Capitão se acostumando com esse novo mundo e se perguntando se todos os sacrifícios que ele fez no passado valeram a pena. Ele não me pareceu tão inseguro quanto no primeiro filme. Apesar de se perguntar que diabos aconteceu com nosso mundo, ele me passou uma determinação mais forte nessa sequência.  Me pergunto se o Evans teve aulas com Redford durante as gravações. O cara amadureceu pra caralho.  Praticamente passou do nível Cigano Igor para o nível Esteban Maroto. E ainda por cima esse filme ter mudou todo o paradigma global da Terra do Universo Marvel nos cinemas.

Escuta filho, estou nessa a pedido dos meus netos que são Marvetes. Então aqui vai uma lição. Cara de cu apertado, não é cara de sério, ok?

Escuta filho, estou nessa a pedido dos meus netos que são Marvetes. Então aqui vai uma lição. Cara de cu apertado, não é cara de sério, ok?

Se não viu o filme, melhor parar aqui. A partir deste ponto começa a bazuca de spoilers. Leia por sua conta em risco. Informação é algo perigoso.

Pitelzinho. Pouco aparece em cena, mas pelo menos não fica um romance forçado.

Pitelzinho. Pouco aparece em cena, mas pelo menos não fica um romance forçado.

Bom, bando de fascistinhas que acham que linchamento resolve algo. Basicamente pulamos dois anos na cronologia pós-vingadores.  Steve Rogers, possui sua própria unidade a S.T.R.I.K.E. , grupo de ações táticas e tal. No oceano, um navio da S.H.I.E.L.D. foi tomado pelo mercenário Batroc ( Georges St-Pierre), enquanto este pede resgate, na verdade aquele lugar era uma base isolada com informações de uma baia de lançamento de satélites. Em meio a missão de resgate, Steve descobre que a Viúva-Negra tinha sua própria missão dentro da missão. O que quase comprometeu tudo, levando o Sr. Rogers a ir buscar respostas. Depois disso temos uma escalada de eventos e traições que culminam em um Nick Fury morto.  Capitão América e Viúva-Negra caçados pelas autoridades. Soldado Invernal sendo usado como principal arma contra os mocinhos. Essa é mais ou menos a linha geral de desenvolvimento da história, se vista da forma mais superficial. Não vou entrar em muitos detalhes para não estragar a experiência de quem ainda não pode assistir. Então vou apenas me focar em alguns pontos que me chamaram atenção.

Alguém ensine o anjo a atirar. DJá!

Alguém ensine o anjo a atirar. DJá!

Sam Wilson. Foi um show a parte. O personagem conseguiu ser divertido, simpático, útil e ainda sim ter uma função. A forma como fizeram ele fazer parte da trama foi convincente e ainda por cima, o lance das asas ficou muito foda. Alguém de um par de pistolas e culhões pro Anjo, pelo amor de Odin. A Viúva e Maria Hill também foram muito boas.  Mais do que rostinhos bonitos elas tem uma grande função. Além de passarem no teste de Bechdel. Foi impressionante ver como ambas ao longo do filme tiveram espaço, tanto de ação como pessoal. Até me fez aceitar o final de How i Met Your Mother. Finalmente entendi que a Robin era uma Bitch que não entrava em relacionamentos por causa do trabalho com S.H.I.E.L.D., ela só estava protegendo o Ted, todos esses anos.

Luta brucutu/rústica.

Luta brucutu/rústica.

Sebastian Stan, roubou a cena. Apesar do visual de Maggot em certas tomadas, o personagem dele era praticamente um “T-800”. Tudo o que jogavam contra ele, ele continuava vindo pra cima. E tanto Stan e Evans, conseguiram passar uma sensação de amizade sem parecer piegas ou forçado.  A pirotecnia do final é sensacional.  Mas vamos ao que interessa. S.H.I.E.L.D. está morta e HAIL HIDRA! Em determinado momento os heróis são confrontados pelo Arnin Zola versão I.A., o que na minha opinião foi uma boa adaptação, que na minha opinião é semente do que vira ser o Ultron. Aparentemente Zola e outros cientistas e qualquer outro membro importante da Hidra, ao fim da segunda guerra, foi convidado a prestar serviços ao governo americano em troca de anistia ou diminuição de pena. Mas o que ocorreu é que enquanto eles estavam dentro do governo, eles começaram a recrutar novos membros dentro das agências, e influenciar a carreira desse pessoal até tomarem a S.H.I.E.L.D. de dentro para fora. O que ocorreu é que a Hidra durante 70 anos vem influenciando o mundo de ambos os lados. Financiando causas terroristas, apenas para poder usar a S.H.I.E.L.D. como uma força cada vez mais agressiva. Mas porque diabos todo esse trabalho?? E é ai, o que me fez abrir as pernas pra esse filme.

MASSAVÉÉÉÉEÉIIII do bem.

MASSAVÉÉÉÉEÉIIII do bem.

A Hidra, como mostrado no primeiro filme era um braço independente do Nazismo. Na realidade a Hidra pretendia usar o Nazismo como ela usou a S.H.I.E.L.D.. A filosofia da Hidra, é que o que atrapalha o desenvolvimento humano é a liberdade. A oportunidade de fazer escolhas é o que estraga o nosso planeta.  O que eles não contavam era que as pessoas iriam resistir (IDIOOOTAAS). Pessoas querem o direito de fazerem merda. Então, eles se infiltraram em todos os meios mais úteis da sociedade para moldar o mundo que temos hoje. Um mundo violento, onde as pessoas estão dispostas a entregar sua liberdade em troca de qualquer pequena garantia de segurança. Ou seja, essa mentalidade de atira primeiro pergunta depois pós-11 de setembro, Ditadura militar, Sheherazades, Datenas, olho por olho, não são soluções pra nada. É só um discurso mentiroso pra se aproveitar do medo. Pois como muito bem disso o Capitão: “Isso não é segurança. Isso é medo.” Se você colocar uma arma apontada para todo mundo, não se resolve problema algum, apenas se aumenta a paranoia de quem vai atirar primeiro.

Perdoada por se separar do Barney e se afastar da gangue. Ela estava protegendo eles da Hydra.

Perdoada por se separar do Barney e se afastar da gangue. Ela estava protegendo eles da Hydra.

A minha principal decepção pessoal foi a participação um pouco apagada da Agente 13. Inicialmente mostrada apenas como uma agente disfarçada como vizinha do Capitão, eles na verdade tem pouca interação. Tanto que o sobrenome dela não é dito em nenhum momento. O Capitão só descobre o nome dela (Sharon) no final do filme, por uma insistência da Natasha. Não digo que a personagem não teve relevância. Pois no final, ela é a responsável por tirar os agentes fieis aos propósitos da S.H.I.E.L.D. da inércia e começar o quebra pau final. Essa cena em si, me deixou uma dúvida. Se o Rumlow tinha os códigos de acesso pra fazer aquela merda funcionar o tempo todo e sabia ligar a parada, pra que infernizar o Agente da T.I. ? VIU! Se tivesse sido mais humilde e simples, os vilões teriam uma puta vantagem por não ter que lutar contra resistência interna.

Eu sou troozão e vou matar todos esses funkeiros liberais.

Eu sou troozão e vou matar todos esses funkeiros liberais.

Enfim, tudo mudou. Temos um Soldado Invernal solto no mundo e sem rumo. Hidra se mostrou ao mundo e tomou tudo o que queria da S.H.I.E.L.D.. O que sobrou da antiga organização foi desativado e os agentes debandaram. E aparentemente, vários ex-agentes poderão ser caçados pelo exercito para prestarem contas ao governo. Então agora, é assim. O jogo virou, a casa caiu.  Não confie em ninguém e se estiver lendo isso, saiba. Você é a resistência.

Aguardando o próximo filme:

 PAGODE

  • Dr. Manhattan

    “Perdoada por se separar do Barney e se afastar da gangue. Ela estava protegendo eles da Hydra.”

    Já eu acho que se ela afastou por OUTRO motivo… ELA FICOU GOOOOOORRRDA!!

    http://fc03.deviantart.net/fs70/i/2010/364/d/f/cobie_smulders___wg_morph_by_mattbrewer-d361gng.jpg

    • Churrumino

      Já fui em piores! hauahuahahuuahauhuauaha!!!

      • Inacreditavel_Neo

        Porra!

        Eu já paguei piores.

      • Coruja, O Elegante.

        É tanta piada pronta que nem dá graça.

    • Rafaelly Safadinha

      gordelicia

  • Dr. Manhattan

    Filme fodapacaraglho mermo. Fecho minha opinião com o cumpádi Coruja.
    E Agents of P.A.G.O.D.E já existe, mas sob o cognome M.O.L.E.J.Ã.O.

    • Harmonia da S.H.I.E.L.D.

      • Dr. Manhattan

        Não esquecendo aquele pagode de raiz, o
        Fundo de Aero-porta Aviões

        • Churrumino

          Saiu um dvd deles com participação especial do Zeca Agentezinho.

          • Coruja, O Elegante.

            E tem aquele clássico da segunda guerra mundial. Comandos da Garoa.

          • Não tinha um Raça Ariana?

          • Churrumino

            Sim!!! Esse grupo fez muitas composições em parceria com o Só Pra Camikazear.

          • Dr. Manhattan

            Bons tempos. Não é este pagode universitário que os jovens cantam hoje em dia, como “Inimigos da KGB”.

  • Omega

    Agents of C.H.U.P.A.D.C.

    • Anubis_Necromancer

      A serie vai ser cancelada.

  • Melhor filme solo da Marvel, só isso!

    • Polvo Aranha

      Quase um Vingadores, e dessa vez o Evans nem foi um ponto negativo.

  • Bizarro

    “vamos debater sobre o melhor filme da Marvel até o momento…”

    Visto os filmes anteriores, não era uma tarefa muito dificil não…

  • O_Comentarista

    Filme foda!

    As cenas de lutas ficaram animais, principalmente quando o Soldado Invernal usava a faca.

    • Dr. Manhattan

  • Renver

    Eu sou troozão e vou matar todos esses funkeiros liberais.

    hauahuahauahau