Amagi Brilliant Park

De vez em quando é bom dar um tempo no nonsense, nos robôs, ninjas, fanservice e aproveitar uma comédia apenas.

amaburi_zps7eb635f7

Seiya Kanie é um sujeito que acredita ter muita sorte. Ele tem boa aparência e é brilhantemente inteligente. Talvez por isso recebeu um convite para um encontro de Isuzu Sento, a mais gata da escola.

As coisas começam a dar errado quando ela sugere que o encontro seja no Amagi Brilliant Park, o que Seiya recusa. O passo seguinte é Isuzu colocando um trabucolão na testa dele e o ameaçando caso não vá com ela.

Amagi-Brilliant-Park-light-novel-image-002

Chegando lá, o lugar é uma tragédia. Quase não há gente, mas é porque o lugar está incrivelmente caído, com várias atrações vazias ou fechadas, sujeira, mato, ferrugem, até os mascotes são desmotivados.

Seiya resolve ir embora, mas é convencido a ir até Latifah Fleuranza , a gerente, uma garotinha de aparência delicada. Ela explica que, se o parque não tiver 250.000 visitantes até 1 de junho, daqui a três meses, o local será fechado. E pede que ele assuma o cargo e use sua inteligência para ajuda-los.

amagi4

 

Latifa joga a real para ele. O parque é na verdade habitado por pessoas de um mundo mágico, Maple Land, que vieram à Terra. Eles não podem voltar e se alimentam da energia gerada pela alegria dos visitantes. Para eles é magica e vital. Segundo Latifa, alguns outros parques tem habitantes de outros reinos.

Se o parque fechar, eles irão desaparecer para sempre, basicamente morrer. É possível permanecer vivo se continuar sendo lembrado (achando emprego em pequenas lojas ou sei lá, como mascote no Trenzinho Carreta Furacão) mas é um paliativo fraco e serviria para poucos deles.

Amagi Brilliant Park - 05 - Large 01

Leva tempo para Seiya acreditar na historia e ainda mais para resolver ajudar. A despeito de ser um prodígio (ou por causa disso) Seiya é extremamente arrogante. Mas devido a alguns fatos do passado, resolve ajudar.

Não aqui. Nisso ele não ajuda Isuzu

Não aqui. Nisso ele não ajuda Isuzu

A série é produzida pelo estudio KyoAni (Kyoto Animation), que conquistou fama principalmente com o anime K-On, e reconhecida por suas garotas de aparência fofinha e, até o anime Free, com poucos personagens masculinos. Amagi é bastante diferente pros padrões da produtora, com um pouco mais de fanservice (nada demais, garotas mais curvilíneas que nas séries anteriores e uma única cena de nudez), mais ação e presença mais constante de homens na historia. Mas uma coisa que não se pode acusar o KyoAni é de baixa qualidade na animação.

vqtBYai

As fadas do Elementário, elas não atuam assim na atração

A parte sonora, outro setor de destaque da produtora, desta vez não é nada notável, mas não deixa cair a bola de toda forma. Isso pode ser uma influencia cosmica negativa vinda da escolha dos nomes dos personagens. Seiya Kanie é inspirado no Gay Fish, Kanye West. Isuzu Sento tem o Sento tirado do 50 Cent e a princesa Latifa, obviamente de Queen Latifah.

Mesmo assim, Amagi Brilliant Park é uma boa comédia, com alguns momentos surpreendentes e com aquela qualidade difícil de achar, de parar para assistir e só depois perceber como parece passar rápido. E há, além do anime com 13 episódios, três séries de mangá, e duas de Light Novels, onde a história começou.