60 anos do Rei dos Monstros – Godzilla

Godzilla-2014-
Esse grande monstro verde que esmaga tudo em seu caminho não foi comprado pela Disney.

 

 

E com as bênçãos de Mothra, jamais será.

 

Em 1945 o mundo viu chocado a destruição atômica nas cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki. Em 1954 o mundo viu chocado novamente outro terror atômico assolar o Japão. O Rei dos Monstros, GODZILLA.

 

Criado como uma metáfora ao terros nuclear, ainda recente (menos de 10 anos!!), Godzilla ou Gojira no original, passou por diversas fases em seus 60 anos de história. De força destrutiva, à herói, anti-herói, e de volta a força destrutiva várias vezes.

Inspirado por King Kong e A Besta de 20.000 Braças (The Beast from 20,000 Fathoms) o diretor Ishiro Honda foi em outra direção e, ao invés de usar um boneco e filmar em stop-motion, colocou um sujeito numa roupa de borracha. Ou dois para ser preciso, devido ao fato da roupa ser pesada e terrivelmente abafada. Os dois em questão eram Katsumi Tezuka e Haruo Nakajima, que foi quem mais interpretou Godzilla, por 20 anos!!

O nome, Gojira é uma mistura entre as palavras japonesas, gorira, gorila, e kujira , baleia. O que é interessante, pois o monstro não parece com nenhum desses animais. Ao invés disso, parece uma mistura de um tiranosauro (de pé, como eram retratados antes)  com as placas dorsais de um estegossauro. O nome em inglês, que ficou sendo conhecido no resto do mundo, Godzilla, seria uma mistura entre as palavras God, Deus e gorila. 

A aparência de Godzilla mudava um pouco de filme à filme, pois estavam sempre tentando melhorar a roupa, que era sempre refeita do zero a cada filme. O tamanho dele também não é fixo, não necessariamente mudando no filme, mas por muito tempo convecionou-se que ele ficava maior a cada filme. Se no primeiro ele tinha 50 metros de altura, em Godzilla Final Wars o bicho tinha 100 metros de altura. E embora seus poderes também mudassem de quando em quando, a constante é a praticamente invulnerabilidade à armamento convencional, ou mesmo nuclear, a regeneração e é claro, o bafo radioativo.

"Para um hálito mais refrescante..."

“Para um hálito mais refrescante…”

 

A filmografia é muito extensa e, embora na minha opinião, quase sempre muito boa, vou focar levemente em alguns filmes mais marcantes das eras (por convenção, os filmes são agrupados nas chamadas Eras, que correspondem a uma contagem de tempo com relação ao imperador do Japão e… é muita coisa)  e uma pequena explicação.

A era Showa vai de 1954 até 1975 e foi a mais extensa, tanto em duração quanto em quantidade, com 15 filmes. Aqui temos, não só a origem (uma das, explico depois) de Godzilla como o aparecimento de muitos de seus adversários e elementos recorrentes.

Os principais filmes dessa era são:

Godzilla (1954): o primeirão. O monstro surge e destrói Tóquio. Ninguém sabe de onde ele veio. A história é mais profunda do que isso, com os humanos discutindo o rumo de ação a tomar, se é que existe algum. Até que um cientista misantropo desenvolve a arma Oxygen Destroyer. Ao ser levado aos EUA e lá receber o nome Godzilla, o filme foi adaptado, inserindo cenas com um ator canadense. Visualmente, em particular nas cenas noturnas dos ataques, é extremamente bem feito, em virtude talvez, da roupa de borracha e das maquetes serem menos óbvias. Fica mais claro esse problema nas cenas diurnas. Essencial e um bom filme até hoje.

Godzilla-1954-4

 

King Kong vs Godzilla (1962): SIIMMM Exatamente o que você está pensando. A Universal (não a igreja, o estúdio) emprestou seu macaco para a Toho e o resultado é um ótimo filme. Sério. Misturando a trama do filme do Kong com a ameaça de Godzilla, os dois monstros vêem um ao outro como um invasor ao seu território. Claro que tiveram que dar um baita upgrade no Kong. Originalmente o macaco tinha o que? Uns dez metros no máximo. Godzilla tinha 50 metros e cuspia radiação. O filme tinha que durar mais de 20 segundos.

"Jenga!"

“Jenga!”

 

Mothra vs Godzilla e Ghidorah, the Three-Headed Monster, lançados no mesmo ano (1964), mostram dois seres que viriam a aparecer com frequencia enfrentando Godzilla. A mariposa gigante Mothra, ser meio divino, acompanhado de duas pequenas fadas (?) gêmeas, as Shobijin, que agem como sacerdotisas. O outro, o dragão de três cabeças King Ghidorah viria a se tornar seu mais frequente e terrível adversário. Os dois surgiram em outros filmes e ficaram vinculados à Godzilla, assim como Rodan, em cujo filme King Ghidorah surgiu. Por si só são excelentes filmes.

À direita, Rodan, sendo inútil novamente.

À direita, Rodan, sendo inútil novamente.

Destroy all Monsters (1968). Originalmente planejado como o último filme de Godzilla. Então, para fechar com chave de ouro, promoveram um battle royale do Grande G contra todos os monstros. As alienígenas Kilaak invadem a Terra, dão aquele ultimato maroto e depois, pra provar que não estão de brincadeira, soltam o controlado King Ghidorah em cima da galere. Não é um dos melhores, mas tem boas cenas de luta.

FODA-SE MINIRA!!!

FODA-SE MINIRA!!!

Claro que Destroy all Monsters não foi o fim de Godzilla e nesse mesmo período outros filmes saíram, não tão bons, mas que apresentaram inimigos famosos como Gigan (Godzilla vs Gigan de 1972, onde ele se alia a seu antigo adversário Anguirus para lutar contra Gigan e King Ghidorah e tem umas partes MAIS bizarras, como o Godzilla trocando ideias com o Anguirus), e MechaGodzilla (Godzilla vs Mechagodzilla de 1974, que dizer ser muito bom, mas não vi).

Em 1973 saiu Godzilla vs Megalon, que é especial por algumas razões. Esse filme já contava com o Godzilla defensor do Japão. Ele apresenta o robô Jet Jaguar, que parece um filho bastardo do Ultraman com o Mazinger Z. E foi o primeiro filme do Godzilla que assisti. Embora seja ruinzinho mesmo, fiquei embasbacado com aqueles monstros destruindo tudo.

 

Jet Jaguar....

Jet Jaguar….

 

A era Heisei começou em 1984 e foi até 1995. Uma característica dessa era foi o retorno do Godzilla como ameaça, já não mais defensor do Japão. A grosso modo sim, ainda faz isso, mas simplesmente porque ele se sente compelido a atacar outros monstros que invadem seu território. Ele não virou amigo da garotada como a porra da Gamera.

FODA-SE TAMBÉM GAMERA!! TOMARA QUE VOCÊ SEJA REBOOTADA PELO LIEFELD E PELO MICHAEL BAY!!

FODA-SE TAMBÉM GAMERA!! TOMARA QUE VOCÊ SEJA REBOOTADA PELO LIEFELD E PELO MICHAEL BAY!!

 

The Return of Godzilla (1984) usa o método Marvel de cronologia. Ignora o que não importa pra trama e segue em frente. Tecnicamente, esse filme é sequência do primeiro filme. O segundo filme do Godzilla que vi, os japoneses vêem outro Godzilla destroçando o país deles e começam uma luta com poucas esperanças contra essa ameaça que retorna.

Mesmo com as obras pra Copa, Godzilla ainda chega cedo no trampo.

Mesmo com as obras pra Copa, Godzilla ainda chega cedo no trampo.

 

Godzilla vs King Ghidorah (1991) A trama desse envolve viagem no tempo e é uma quizumba. Mas com o mínimo de atenção é compreensível. Os efeitos são muito bem feitos e as cenas de batalha estão sensacionais. Esse filme marca o aparecimento do Godzilla gigantesco, com 100 metros de altura.

Como podem notar uma das três cabeças godokou. O resultado é só dois raios.

Como podem notar uma das três cabeças godokou. O resultado é só dois raios.

 

Embora tenha outros bons filmes como Godzilla vs Biollante (1989), essa era acabou com Godzilla vs. Destoroyah (1995) com Godzilla enfrentando duas ameaças, seu corpo está entrando em fusão nuclear, quando irá explodir e possivelmente levar metade do planeta junto. A outra ameaça são criaturas mutadas pela ação da arma Oxygen Destroyer, que foi usada para atacar Godzilla em 1954, gerando o monstro Destoroyah.

"Destoroyah!!"

“Destoroyah!!”

 

A razão para essa era ter acabado tão rapidamente não foi outra senão que a Toho estava abrindo espaço para a superprodução americana Zilla!! Isso mesmo. E no final das contas, todos ficaram tão putos com a iguana serelepe que o monstro acabou sendo acrescentado à cronologia de Godzilla, mas rebatizado como “Zilla” e estabelecido como outro monstro aí.

Admito. Eu estava gostando do filme, apesar do excesso de piadinhas (um mal que atingiu Thor 2 também), dos ovos de monstro e tals. Mas quando aquele lagarto é morto por 4 mísseis comuns de jatos, foi o bastante pra mim. A série animada é boa no entanto.

Zilla, visto aqui segundos antes de se envergonhar e a nós todos.

Zilla, visto aqui segundos antes de se envergonhar e a nós todos.

 

A era Milennium durou de 1999 à 2004, com apenas seis filmes, dois quais vi dois.

Godzilla 2000: Milennium (1999) volta e meia ainda passa nos canais a cabo ( Godzilla vs King Ghidorah e Godzilla vs Biollante também). Não é o mais sensacional dos filmes, embora tenha tenha uma boa trama. o monstro que Godzilla enfrenta, Orga, não é dos mais interessantes.

Godzilla voltou muito puto.

Godzilla voltou muito puto.

 

E para encerrar, em 2004 sai realmente último filme do Godzilla feito pelo estúdio Toho: Godzilla Final Wars.

"Dano colateral?"

“Dano colateral?”

O derradeiro filme de Godzilla, coloca o Rei dos Monstros num quebra-pau de escala planetária. A idéia já foi feita antes, colocar Godzilla contra vários monstros, mas desta vez Godzilla, nadando à velocidades supersônicas, faz uma turnê mundial, indo de um lado ao outro do mundo surrando monstros. Os alienigenas Xilien invadem a Terra e para conquista-la dominam a mente de vários monstros. A EDF (Earth Defense Force) lança várias naves de combate, com graus moderados de sucesso contra os monstros. Apenas a velha nave Gotengo, comandada por Mike Haggar, e tripulada por mutantes (sério) tem algum sucesso e liberta o único monstro que não caiu no controle dos Xiliens, Godzilla. Eles atraem Godzilla de um lado ao outro do mundo, atacando monstros clássicos da franquia como Kamakuras, Kumonga, Hedorah e tendo auxilio dos chégas Rodan e Mothra contra Gigan e Kaizer Ghidorah.

Stalin 2: Back from death

Stalin 2: Back from death

E ocorre também a esperada luta, leste vs oeste, ocidente vs oriente, dinossauro radioativo vs iguana gigante, GODZILLA VS ZILLA!!!!

Já se vão dez anos sem um filme de Godzilla da Toho. É difícil pensar que eles vão simplesmente abandonar a franquia assim, mas as atitudes do estúdio talvez dependam do desempenho do novo Godzilla americano. Se falhar, podem deixar a franquia dormente e tentar ressucita-la depois, como fizeram após o desastre do filme de 1998. Se tiver sucesso, podem deixar a Legendary e a Warner seguirem, ou fazer outros filmes por si mesmos. Claro, não dá pra comparar uma questão de grana de produção da Warner com a Toho.

Em tempo, Godzilla esteve também, entre outros lugares bizarros, na cronologia OFICIAL da Marvel, já tendo saído na porrada com o Quarteto e outros personagens como o poderoso Yetrigar (hehehehe), Batragon (hahahahahaha) e Hank Pym (BWAHAHAHAHAHAHAHAHA).

Infelizmente para os vingadores, esse inimigo não está conectado por wi-fi com uma nave espacial extremamente vulneravel

Infelizmente para os vingadores, esse inimigo não está conectado por wi-fi com uma nave espacial extremamente vulneravel

Mesmo assim, Godzilla perseverou, em 2004 teve sua merecida estrela na Calçada da Fama (mais merecida que a Christina Aguilera por exemplo) e agora, 60 anos depois de destruir Tóquio, 15 de maio ele volta às telas para botar tudo abaixo. Esperemos que não seja a última vez que veremos o Rei dos Monstros fazendo o que faz de melhor.

 

 

Zweist
14/05/2014
  • Polvo Aranha

    Mal posso esperar pra essa sexta.

  • Polvo Aranha

    Polêmica, filosofia, ciência e Regra 13, tudo num mesmo post safado:

    http://hqfanbeta.blogspot.com.br/2014/05/post-sob-encomenda-tese-de-doutorado.html

  • Churrumino

    Me xinguem, mas eu gostava do design da iguana gigante. hauhuahuauhauhuhahuauauhua!!!

    • anos 90 e pouco conhecimento do godzilla causa isso

    • Darth_Agnan

      Você é um verme…
      Sem mais

      • Churrumino

        Desculpa se eu nunca gostei de Godzilla! :p

  • Polvo Aranha
  • Polvo Aranha

    Godzilla vs King Ghidorah foi o primeiro filme do Godzilla que eu assisti. Também foi legal uma referência no desenho do Coragem, o Cão Covarde, onde eles mostram uma das cenas de luta desse filme.

  • O_Comentarista

    Ótimo post!

    Godzilla inspirou vários jogos de tabuleiro, como King of Tokyo e Rampage.

    E tb tinha o jogo de NES que era uma porcaria, só valia pela luta contra os chefes.

  • Felipe P. Silveira

    Belo post.

    Tenho até hoje o VHS de Godzilla vs Biollante, Godzilla sendo FDP ao máximo.

    Tão falando bem desse novo filme, eu to afim de ir sábado!

  • GandalfKenobi

    GODZILLA 2000 foi o único que eu vi até agora. E nem lembro muito da história ( até porque ele é meio ruinzinha, tem um maluco que quer a todo custo salvar um monstro gigante radioativo e totalmente irracional que ja destruiu o país zilhoes de vezes, e outro que quer matar ele pra trazer a paz ao Japão, qual é o vilão do filme segundo o roteiro? O CARA QUE QUER MATAR O GODZILLA, LÓGICO!), mas as cenas de porrada foram ótimas, e me deixaram com vontade de ver mais filmes dele. Pena que seja difícil achar um filme completo em ótima qualidade.
    Em tempo, se esse filme com o Sr. White for mais cenas de luta do que história concisa e coesa, já fico satisfeito!

  • King Ghidorah, eu acho que só vi o filme uma unica vez e me amarrei demais em dragões voadores de 4 cabeças

    • O Impronunciável Zweist

      Quatro cabeças? Mas o King Ghidorah só tem três e…porra Evil Bruno, que errado, ficar manjando a rola do bicho.

      • você também verá quando fizerem um reboot dirigido pelo Michael Bay

        • O Impronunciável Zweist

          Considerando que já vimos as bolas do Devastador em Transformers 2, é possivel. A menos que já esteja planejado mostrar as bengas das Tartarugas Ninjas.

  • Bizarro

    Clássicos nunca morrem. Godzilla é eterno.

  • Fábio H.F.Castro

    Pra quem tive um tempo livre e souber um minimo de inglês nórdico, tem essa maratona de mini reviews do AVGN https://www.youtube.com/watch?v=Avc4AS3AvcA&list=PLAAD30B9523D89FAA

  • Bob_Balburdia

    Você se referiu aquela serie animada onde o godzilla é tipo o bichinho de estimação do cientista? Sempre achei aquilo bizarro.

  • Finalmente terminei de ler, excelente post Zweist, Não sabia dessa que o Godzilla do filme de 98 foi rebatizado de Zilla e virou outro monstro na cronologia do Lagarto!